-->

27 de maio de 2015

Prefeito de Russas, sofre mais uma derrota na Câmara


Estando em eterna queda de braço com o executivo municipal, a bancada de oposição na Câmara de Vereadores de Russas, liderada pelo Vereador Paulo Santiago (Paulo da CODAGRO), conseguiu na sessão ordinária da terça-feira, 26 de maio, mais uma importante vitória no parlamento municipal, mostrando que além de crescer politicamente, e no conceito popular, a oposição continua unida, o que poderá atrapalhar os planos de reeleição do prefeito Weber Araújo.

Na ordem do dia, da referida sessão, foi realizada a leitura da mensagem de veto, de nº 01/2015, comunicando aos vereadores que nos termo do artigo 50, Parágrafo 1º da lei orgânica do município, o executivo decidia por vetar integralmente por inconstitucionalidade e contrariedade ao interesse público, o projeto de lei 9/2015, de autoria do vereador Paulo Santiago, que dispõe sobre a definição de locais para a realização de eventos na cidade de Russas e adota outras providencias.

Seguindo os tramites regimentais, o veto do executivo ao projeto de lei 9/2015 foi posto em votação conforme o artigo 50 parágrafo 4 da lei orgânica do município, com votos secretos. Sendo os vereadores chamados por ordem alfabética até a mesa diretora, para receber a chapa de votação com as alternativas de SIM para concordar com o veto do prefeito e NÃO pela derrubada do veto do executivo.

A votação seguiu sigilosa na sala dos vereadores e as chapas eram introduzidas em uma Urna de Acrílico transparente na mesa diretora. No final foram contabilizados 8 votos desfavoráveis ao veto do projeto e 6 votos em concordância com o veto.

A decisão da maioria dos parlamentares, mostrou mais uma vez, que os tempos mudaram e agora com oposição e fiscalização a administração deverá ser bem diferente da época em que a Câmara tinha 19 vereadores e 14 estavam cobertos pelas becias do rico lençol da administração municipal. 

fonte TV jaguá