-->

28 de março de 2015

Ceará registra mais duas mortes por dengue em 2015


O Ceará registrou mais duas mortes por dengue em 2015, nos municípios de Aquiraz e Maracanaú. Somados ao caso de Barbalha, já chega a três o número de óbitos pela doença neste ano.
De acordo com o boletim epidemiológico divulgado ontem pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), já foram confirmados 2.365 ocorrências de dengue no Ceará, notificados em 73 municípios, o que representa metade das localidades do Estado. O número é mais de 50% maior do que os dados divulgados no último dia 13, quando 1.560 casos haviam sido confirmados, em 64 municípios.
A quantidade de casos relevantes também aumentou, passando de 44 para 66 confirmados. No total, 58 pacientes apresentaram dengue com sinais de alarme, enquanto oito tiveram a doença na modalidade grave. Detalhando o índice, 27 dos casos mais graves estão em Fortaleza, e os outros 39 foram diagnosticados no interior.
Há ainda cinco óbitos sob investigação. Conforme a Sesa, os casos predominantes estão na faixa etária entre 20 e 29 anos, com 19,9% do total de casos.
Sarampo
Em relação ao sarampo, dados da Sesa divulgados ontem apontam o aumento de 23 casos se comparado ao último boletim epidemiológico, divulgado no dia 13 de março. O índice saltou de 67 ocorrências confirmadas em 2015 para 90. O Ceará possui também outros 49 casos sob investigação No total, 788 pacientes já foram diagnosticados com sarampo desde dezembro de 2013, quando o surto da patologia foi retomado. O município com maior incidência em 2015 foi Itaitinga, com 21,7 casos a cada 100 mil habitantes. Caucaia, com 16,1 e Maranguape, com 14,5 vêm em seguida.
A Prefeitura de Fortaleza promove, neste fim de semana, o Dia D de vacinação contra sarampo. Todos os postos de saúde da Capital estarão abertos, das 8h às 17h, sábado e domingo, para vacinar a população de 5 a 29 anos de idade.
fonte DN