-->

14 de março de 2014

Em jogo fraco tecnicamente, Ceará e Guarani de Juazeiro empatam


Em campo, um Ceará com uma equipe de 10 reservas. Do outro lado, o Guarani de Juazeiro, lanterna da segunda fase do Cearense. Nesta sexta (14), na Arena Castelão, as duas agremiações fizeram um jogo fraco e ficaram no 0 a 0.
Com o resultado, o Vovô alcançou os 6 pontos. A equipe dirigida por Sérgio Soares continua na 4º posição. O time do Cariri também somou um ponto e permanece na 6º posição na tabela de classificação.
Pouca luta e também nível técnico baixíssimo no primeiro tempo de partida. Torcedores de Ceará e Guarani de Juazeiro tiveram que torcer por lampejos dos principais jogadores. Mas nem isso teve evidência. Só três finalizações foram de destaque.
Aos 19 minutos, Gabriel roubou a bola e tocou para Rogerinho. O meia alvinegro arriscou de fora da área, levando perigo ao gol de Clay. Depois da oportunidade, o Vovô caiu de produção. Deu espaço para o Leão do Mercado se lançar ao ataque. Aos 28 minutos, William Carioca dominou e bateu de dentro da área. Jaílson encaixou e evitou o tento.
Perto do fim dos 45 minutos iniciais, Glauber chegou com perigo. O atleta do Guarani de Juazeiro finalizou e o goleiro Jaílson espalmou. Foi a última chance real de gol da primeira etapa.
Segundo tempo
Mais intenso, o Ceará voltou do vestiário buscando abrir o marcador. Após cruzamento na área, Diego Ivo colocou a bola para dentro. Contudo, o árbitro Paulo Marcelo marcou falta de Amaral, que estava também dentro da área.
Aos 11 minutos, Gabriel lançou Bill. O atacante tentou driblar o goleiro Clay, que deu rebote. Na sobra, Robério quase abriu o placar. A defesa do Guarani de Juazeiro mandou para escanteio.
Sempre pela direita, o Ceará caiu mais uma vez. Marcos cruzou e Bill cabeceou com perigo. Clay evitou mais uma vez o gol do Alvinegro de Porangabuçu. O Vovô continuou criando. Robério deu passe em profundidade para Bill, mas o atacante não aproveitou. O Guarani de Juazeiro ainda levou perigo ao gol de Jaílson. No fim, placar apático de 0 a 0.
O próximo jogo do Ceará será no domingo (16), na mesma Arena Castelão, contra o Horizonte. Já o Guarani de Juazeiro enfrentará o Guarany de Sobral, no Junco, também no mesmo dia.

Ficha técnica 
Ceará 0 x 0 Guarani de Juazeiro
Local: Arena Castelão
Data: 14/3/2014
Árbitro: Paulo Marcelo
Cartões amarelos: CEA (Bill, Gabriel Santos)

Ceará: Jaílson; Marcos, Sandro, Anderson e Vicente; Amaral (Samuel Xavier), Michel, Gabriel (Tadeu) e Rogerinho; Luiz Henrique (Robério) e Bill. Técnico: Sérgio Soares
Guarani de Juazeiro: Clay; Glauber, Edvan, Domingos e Thiaguinho; Lincoln, Marcinho Guerreiro, William Carioca e Sadrak (Arthur); Netinho (Luiz Henrique) e Henry Kanu. Técnico: Maurílio Silva
Créditos ao blog Tribuna do Ceará.

Senador Enilcio Oliveira já está na serra


Neste sábado dia 15 de março vai acontecer na serra Ibiapaba na cidade de Croatá o décimo encontro do PMDB, o senador Enilcio Oliveira já se encontra na região da serra em conversa com vários prefeitos da região. Já é uma grande movimentação na cidade e há uma expectativa muito grande para realização desse evento. Notada a presença de vários profissionais da imprensa de todo o estado do Ceará. O encontro está previsto para começar as 22h00min.

Prefeito foi vaiado em escola


O prefeito de Russas Weber Araújo foi fazer uma visita ontem a escola Lino Gonçalves na comunidade de Poço Redondo, ao chegar à escola o prefeito foi surpreendido com vaia e palavras de baixo calão pelos próprios alunos da escola. Revoltados com a qualidade e a condição que é dada a eles como, por exemplo: Uma delas merenda escolar que não é de boa qualidade. O prefeito saiu muito chateado, pois chegou a ser chamado de ladrão, segundo informações de funcionários da própria escola.


Com reforma ministerial, Dilma enfrenta PMDB da Câmara e tenta cercar Minas

Ao anunciar a conclusão da reforma ministerial, a presidente Dilma Rousseff sinalizou que não cederá às pressões da bancada peemedebista na Câmara, liderada por Eduardo Cunha (PMDB-RJ). No entanto, Dilma teve que ceder para o PMDB de Minas Gerais e recuou da intenção de nomear para a pasta do Turismo o ex-prefeito de Ouro Preto o peemedebista Ângelo Oswaldo.

Nenhuma das indicações tem a digital de Eduardo Cunha, nem nas mudanças nas pastas já comandadas pelo PMDB, como Agricultura e Turismo. Embora alguns dos novos ministros sejam filiados ao partido, politicamente o PMDB acabou perdendo a pasta do Turismo.

O que pesou na escolha dos nomes foi garantir apoio político em Minas, estado onde Dilma enfrentará um embate político acirrado com seu adversário, o candidato tucano à Presidência da República, Aécio Neves.

A indicação do Ângelo Oswaldo havia sido articulada pelo petista Fernando Pimentel, candidato ao governo de Minas, em conjunto com o atual ministro da Agricultura, Antônio Andrade, que também deixará a pasta para concorrer às eleições. O descontentamento na bancada mineira foi grande e, ao avaliar que perderia mais do que ganharia em seu próprio estado, Dilma optou por uma solução técnica: nomear Vinícius Lages, atual gerente de assessoria internacional do Sebrae, para o cargo.

Ponto nevrálgico

O ponto de enfrentamento a Eduardo Cunha, no entanto, não chegou a ser anunciado como parte das mudanças. Dilma deu por encerrada a reforma sem mexer na Secretaria de Portos, principal ponto causador da crise com o PMDB. A fúria de Eduardo Cunha e de parte do PMDB contra a presidente é atribuída à resistência de Dilma em ceder a pasta ao partido.

O controle da pasta continuará sob o comando de Antonio Henrique Pinheiro Silveira, técnico do Ministério da Fazenda, indicado para o cargo pelo ex-secretário-executivo da pasta, Nelson Barbosa.

Dilma também não mexeu no Ministério da Integração Nacional, pasta que chegou a ser oferecida pela presidente ao senador Eunício de Oliveira (PMDB-CE), que a rejeitou. Eunício é candidato ao governo do Ceará e ficou irritado com a oferta que, em sua opinião, tinha o claro objetivo de limpar caminho para a candidatura a ser indicada pelo atual governador, Cid Gomes e seu irmão Ciro, ambos do PROS.

A presidente também não concordou com a sugestão do PMDB de colocar no cargo o senador Vital do Rêgo (PMDB-PB). 

Palanque

Para a Agricultura, Dilma convidou o atual secretário de política Agrícola da pasta, Neri Geller, ligado ao senador Blairo Maggi (PR-MT) e indicado para o cargo por Antonio Andrade. Geller é técnico e se filiou ao PMDB no final do ano passado.

Com as indicações, Dilma procurou isolar parte do PMDB de Minas Gerais que tem flertado com a candidatura presidencial do senador tucano. Entre os líderes desse grupo estão o senador Clésio Andrade, o deputado estadual Saraiva Felipe e o deputado federal Leonardo Quintão, que chegou a ser indicado pelo PMDB para a pasta da Agricultura, mas teve seu nome rejeitado pela presidente. Em contrapartida, Dilma se preocupou em fortalecer o grupo liderado em Minas por Antonio Andrade, ala que tem feito, ao longo dos anos, a interface com o PT.

Outro indicado para compor a equipe de Dilma é Clélio Campolina, reitor da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Ligado ao PMDB, Campolina também tem relações estreitas com o atual ministro interino do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Mauro Borges. Os dois são organizadores do livro Economia e Território, que reúne artigos de autores nacionais e internacionais sobre problemas territoriais do desenvolvimento. As duas indicações são produto da articulação política de Pimentel com vistas a viabilizar seu próprio palanque e a campanha de Dilma em Minas Gerais.

A presidente também confirmou os nomes do líder do PRB no Senado, Eduardo Lopes para substituir o ministro Marcello Crivella, na Secretaria de Pesca e Aquicultura. Para o Ministério das Cidades, pasta que também foi alvo de pedidos do PMDB, Dilma anunciou Gilberto Magalhães Occhi, funcionário de carreira da Caixa Econômica Federal desde 1980 e atual vice-presidente de governo da Caixa. Para o Ministério do Desenvolvimento Agrário, Dilma anunciou a volta de Miguel Rossetto, que comandou a pasta no primeiro mandato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Todos os novos ministros tomarão posse na segunda-feira (17)


Créditos ao blog Miséria

Quadrilha tenta explodir BB de Hidrolândia e troca tiros com a polícia


Um bando formado por oito homens tentou roubar a agência do Banco do Brasil do município de Hidrolândia, no Noroeste Cearense, a 250 quilômetros de Fortaleza.
A quadrilha chegou na cidade durante a madrugada, disparou contra o destacamento da Polícia Militar e na fuga, se deparou com uma viatura que fazia a ronda no momento da ação. Houve troca intensa de tiros.
Os elementos fugiram pelo matagal e estão desaparecidos até agora. Policiais de Hidrolândia e de municípios vizinhos vasculham a região.
Mais informações em instantes. Créditos Ceará News.

Ivo mantém diálogo permanente com professores através das redes sociais


Cobrança 24 horas e diálogo permanente. A dose dupla de responsabilidade é aplicada no cotidiano dos professores da rede de ensino da Prefeitura de Fortaleza pelo secretário Ivo Gomes. Uma diretora de escola da periferia conta que o secretário mantém em diferentes Facebook, conversas permanentes com professores e diretores.
“Nós somos separados pelas redes sociais”, explica. “Conversamos e até discutimos pela Internet”, conta a professora que ocupa cargo de diretora sobre os diálogos com Ivo Gomes.
Ela informa ainda que a cobrança sobre os resultados é grande. Muitos não gostam, mas a maioria concorda. “Ele está tentando oferecer tudo e será nossa obrigação compensar com os resultados”, comenta a diretora que trabalhou no mesmo cargo na gestão da prefeita Luizianne Lins mas quer se envolver na discussão e considerar que são gestões diferentes. Créditos ao Blog de Roberto Moreira.

PMDB PROMOVE 10 Encontro Regional em Croatá.


O senador Eunício Oliveira capitaneia neste sábado, dia 15, no município de Croatá, região da Ibiapaba, o 10º Encontro Regional do PMDB no Ceará. O evento em Croatá reunirá lideranças e caravanas de várias cidades que formam a Serra da Ibiapaba, bem como deputados estaduais, federais, prefeitos e vereadores.
De acordo com Eunício, que preside a sigla no Estado, “o encontro do PMDB é aberto ao público, sendo uma oportunidade para aqueles que querem discutir o Ceará”.
Além das discussões em torno das ações para convivência com a seca, o encontro também e debate a interiorização dos investimentos para as cidades do Interior como saída para o desenvolvimento socioeconômico em todas as regiões do Estado.
O “PMDB Itinerante” vem sendo realizado em várias regiões do Estado, com o objetivo de debater as principais demandas e soluções para melhorar o Ceará. Essa será a segunda edição do Encontro em 214. O primeiro foi realizado no dia 15 de fevereiro, em Banabuiú, no Sertão Central.
Em 2013, o PMDB cearense promoveu oito encontros, realizados nos municípios de Morada Nova, Nova Russas, Caririaçu, Varjota, Barreira, Santa Quitéria, Iguatu e Crato.
Em Croatá o evento está marcado para iniciar às 9 horas, no Espaço Cultural, rua Vitoriano Ribeiro, 1354, Centro.Créditos ao BLOG Roberto Moreira.