-->

28 de março de 2014

Cid e Eunício: Desabafos, desconversas e muito mistério




De longe, um Eunício Oliveira atento.
Da reunião que Cid Gomes (Pros) travou, nesta sexta-feira, no Palácio da Abolição, com o presidente estadual do PMDB, senador Eunício Oliveira, pouca coisa de concreto, mas muito desabafo. Cid, por exemplo, não quis falar nada do conteúdo do almoço, onde frituras predominaram. 
Chegou a recomendar a turma da imprensa que procurasse o Eunício Oliveira, porque foi ele, governamentável do PMDB, que pediu a conversa. Já Eunício saiu rápido, dizendo que ia pegar seu carro, que estava mais distante do Palácio.
Enfim, ainda vai rolar muita conversa, mas ficou uma certeza: Cid ainda pensa em renunciar como forma de abrir caminho para que seu irmão, Ciro Gomes, possa disputar o Senado.
A partir de agora, é Cid reunir seu bloco e ouvir outros aliados até o dia 4, um dia antes da desincompatibilização – a data final, 5, caiu num sábado, e Eunício conversar com seu bloco. 
Créditos ao Blog Eliomar.