-->

24 de março de 2017

Comunidade de alma recebe adutora de água em palhano

A comunidade de alma que fica a 10 quilometro da sede do município de Palhano e, tem em torno de 25 famílias teve a sua adutora de água inaugurada hoje 24 o evento aconteceu por volta das 13 hs e contou com as presenças do Prefeito Ivanildo Nunes (DIN), do secretario de desenvolvimento agrário Dedé Teixeira, do presidente da eme terce, Vice Prefeito , vereadores e, Lideranças comunitárias. A obra e um investimento aproximadamente R$ 180,00 Mil reais.

Blog Erivando Lima


Fachin deve anunciar 423 denunciados por Janot amanhã e Cid teme ter nome confirmado

Ex-governador foi citado na planilha da Odebrecht como “O Falso” ao lado de R$ 200 mil


O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), deve divulgar os 423 nomes denunciados na lista entregue pelo procurador geral da República, Rodrigo Janot, na noite de amanhã (24).

Brasilia treme às vésperas da divulgação da lista da “delação do fim do mundo”. O levantamento do sigilo abala, inclusive, a política cearense. O ex-governador Cid Gomes (PDT) deve estar entre os denunciados.

Cid foi citado na planilha da propina da Odebrecht como “O Falso”, ao lado de R$ 200 mil. Caso a denúncia contra o ex-governador seja comprovada, deve causar um forte abalo nos preparativos para às eleições 2018 na família Ferreira Gomes.

Cid planeja concorrer ao Senado, enquanto o irmão Ciro Gomes articula sua candidatura à presidência.

Fonte Ceara News


CE registra mais de 24 mil raios

A última quarta-feira (22) foi o dia com a maior incidência de raios no Estado em 2017. Segundo informações da Enel Distribuição Ceará, foram observadas 3.424 descargas elétricas atmosféricas na data, cerca de 13% do total de raios que caíram desde o início de janeiro até agora (24.664). A cidade de Santa Quitéria, na região Norte, concentrou a maior parte das ocorrências, contabilizado 190 raios. Granja e Morada Nova também aparecem na lista dos municípios mais afetados, com 159 raios registrados cada.

Conforme explica o gerente de operação da Enel, Eduardo Gomes, o mês de março, assim como os demais meses da quadra chuvosa cearense, possui, historicamente, grande incidência de descargas elétricas. "Os raios estão muito associados às nuvens 'cumulonimbus', que são mais escuras. E é nessa época do ano que vemos mais esse tipo de nuvem carregada. Depois de abril, as ocorrências ficam mais difíceis", diz.

Gomes afirma que ainda não se sabe quais fatores levam à maior incidência desse fenômeno em determinadas regiões. No Ceará, segundo ele, a Região Norte é a área mais afetada. "A ciência ainda não conseguiu identificar por que certas áreas têm mais raios que outras. Se fosse pela altura, as serras serias as campeãs no Estado, mas não é assim. Se fosse pela maior quantidade de edifícios, Fortaleza teria mais raios, o que também não acontece", ressalta.

Com uma ferramenta desenvolvida pela Universidade de São Paulo (Usp), a Enel monitora as descargas elétricas que caem sobre o Estado, localizando os pontos atingidos. A empresa utiliza as informações para verificar se eventuais problemas na rede de fornecimento de energia estão relacionados aos raios, desde pequenas oscilações a perdas de subestações e quedas de postes. Os dados também funcionam para orientar as equipes sobre possíveis emergências.

Na quinta-feira, segundo o gerente de operações da Enel, a grande incidência de raios causou falta de energia em áreas da Região Metropolitana, como Beberibe e Cascavel. Gomes não soube precisar a quantidade de ocorrências registradas, mas disse que os casos foram pontuais.

Cuidados

O gerente explica que, nesta época do ano, a população precisa estar alerta. Ele lembra que os raios possuem forte corrente elétrica, podendo causar queimaduras e ferimentos ou até levar pessoas atingidas à morte.

Segundo ele, durante uma tempestade com descargas elétricas, é necessário tomar cuidados especiais dentro e fora de casa. Até mesmo se houver para-raios nas proximidades. "O para- raios nada mais é que um equipamento projetado para tentar drenar a energia do raio. Mas às vezes a carga é tão alta que ele não conseguir fazer isso, e a energia pode escoar pelas ferragens do edifício, por exemplo", frisa.

"Em uma tempestade de descarga atmosférica, o melhor lugar para estar é dentro de uma estrutura de alvenaria, evitando contato com equipamentos que possam propagar energia do meio externo para interno, como fogão, geladeira, ferro", destaca Gomes. "Fora de casa, é preciso evitar ficar exposto, evitar contato com grades e evitar se abrigar em árvores. Se estiver descampado, o melhor a fazer é ficar agachado", completa.

Fique por dentro 

Temperatura na Capital cai e chega a 22ºC

Também na quarta-feita (22), Fortaleza registrou a segunda menor temperatura do ano, com os termômetros apontando 22ºC. O clima mais ameno foi observado no horário entre 23h e 00h. No restante do dia, a temperatura média ficou em torno dos 27ºC, ainda considerada baixa para os padrões da Capital.

Segundo o meteorologista Raul Fritz, da Fundação Cearense de Meteorologia (Funceme), a queda na temperatura pode ser atribuída à sequência de dias chuvosos e com nebulosidade em todo o Estado. De acordo com ele, se estas condições se mantiverem nos próximos dias, conforme indicam as previsões do órgão, o clima também deve permanecer mais frio.

Fonte DN


Advogado é detido suspeito de envolvimento em morte

O advogado Victor Henrique da Silva Ferreira Gomes, que representava o agente da Guarda Municipal de Fortaleza (GMF) José Gonçalves Fonseca, 51, foi preso, ontem, por força de um mandado de prisão temporária cumprido pela equipe da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). O guarda foi encontrado morto, em um matagal, no bairro Manoel Dias Branco, no último dia 9, e o advogado é considerado suspeito de ter envolvimento no caso.

Além do mandado de prisão, foram cumpridos mandados de busca e apreensão, em endereços que incluíam a casa e o escritório de Victor. Conforme levantamentos feitos sobre o caso pela reportagem, o advogado foi uma das últimas pessoas que foram vistas com a vítima, no dia 6 de março, quando ela desapareceu. Além disso, ele teria dado informações desencontradas em seu depoimento.

A suposta participação de Victor Gomes no caso da morte do guarda municipal não foi revelada, mas nos 30 dias em que ele deve ficar preso será ouvido novamente pelas autoridades para que alguns pontos sejam esclarecidos. Ainda conforme a reportagem apurou, algumas informações que envolvem Victor estão sendo analisadas pela DHPP.

Outras pessoas provavelmente surgirão como suspeitas do assassinato, mas até o momento não há outros mandados para serem cumpridos. Os próximos passos das diligências e o material que foi recolhido não foi detalhado, para não haver prejuízo nas investigações.

O advogado foi conduzido à DHPP, na tarde de ontem, depois submetido a um exame de corpo de delito na sede da Perícia Forense do Ceará (Pefoce) e levado para o Departamento de Inteligência da Polícia Civil (DIP), na Delegacia Geral da Instituição, no Centro, onde será custodiado por 30 dias, como ordenou a Justiça.

Procurado pela reportagem o advogado Leandro Vasques, que representa Victor Gomes, informou que só irá se pronunciar após a obtenção de cópias integrais dos autos do inquérito, mas adiantou que "o inquérito policial ainda não foi encerrado e também tomei conhecimento que a vítima vinha sendo ameaçada por terceiras pessoas, acerca de um negócio envolvendo a aquisição, por parte da vítima, de uma casa que esta embaraçada num processo de inventário".

O caso

O guarda municipal desapareceu no dia 6 de março e foi encontrado no dia 9, morto em um matagal. A equipe da Pefoce, que esteve no local informou que não havia marcas visíveis de tiros ou facadas, mas não descartava a hipótese de que o laudo da necropsia fosse conclusivo sobre uma morte violenta.

O agente sumiu quando saiu de casa para ir a uma imobiliária e depois sacar uma alta quantia em dinheiro, para pagar uma casa que ele estava negociando. A namorada da vítima registrou um Boletim de Ocorrência (B.O.) dizendo que ele tinha sido visto pela última vez quando saía da casa da avó do advogado dele, no bairro de Fátima, para encontrar um corretor de imóveis e um dos herdeiros do imóvel que pretendia comprar.

Conforme depoimentos de testemunhas prestados à Polícia, José Fonseca levava consigo a quantia de R$ 120 mil em espécie. O carro da vítima foi localizado defronte a um condomínio, no Bairro de Fátima, no dia 10.

   
Fonte DN


CARNE MOÍDA PARA REVENDA R$ 10,00

RETALHO DE CARNE PARA MOER

BOLINHA DE CARNE TEMPERADA

ENTREGAMOS EM DOMICILIO

FONE WATT ZAPE  88 9 9902 50 69