-->

9 de dezembro de 2016

Tasso Jereissati é o mais cotado para assumir Planejamento e 'equilibrar' poder de Meirelles

O senador Tasso Jereissati (PSDB) é o nome mais cotado para assumir o ministério do Planejamento e "equilibrar" o poder do ministro da Fazenda, Fernando Meirelles.

Caso Jereissati assuma, de fato, o cargo, o PSDB terá mais um ministério no governo Michel Temer (PMDB), uma provável resposta às crises enfrentadas pelo Palácio do Planalto nas últimas semanas.

Dyogo Oliveira, atualmente à frente do Planejamento, assumiu a pasta após o senador Romero Jucá (PMDB) ser forçado a renunciar por envolvimento no escândalo das gravações do ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado. Dyogo era secretário executivo do peemdebista.

Outro tucano, o deputado federal Antônio Imbassahy, líder do PSDB na Câmara dos Deputados, assumiu, nesta quinta-feira (8), a Secretaria do Governo, cargo vago desde a renúncia de Geddel Vieira, acusado pelo ex-ministro da Cultura Marcelo Calero de pressioná-lo por benefícios a um empreendimento em Salvador

Maurício Moreira
Com informações do O Antagonista