-->

12 de setembro de 2017

PSDB VAI SE CALAR SOBRE O CHEFE DA QUADRILHA?



Até agora, os principais caciques tucanos, que se pintaram de moralistas para promover o golpe de 2016 e assaltar o poder, ainda não se manifestaram sobre o inquérito aberto contra Michel Temer por roubos no porto de Santos e o organograma que o aponta como chefe do quadrilhão; Aécio Neves, mais sujo que pau de galinheiro, não deu um pio; FHC, idem; os presidenciáveis Geraldo Alckmin e João Doria também não se manifestaram. E o motivo óbvio: é o PSDB quem dá sustentação à quadrilha (segundo a PF) que governa o Brasil

Brasil 247

PF RETRATA TEMER COMO CHEFE DO QUADRILHÃO



Gráfico montado pela Polícia Federal retrata Michel Temer como o chefe de uma máfia montada para assaltar o Estado; a PF fez um organograma do "quadrilhão do PMDB" da Câmara no qual indica flechas para Temer, ao lado do ex-deputado Eduardo Cunha (RJ), no comando da "gestão do núcleo político" da quadrilha; a Temer se reportariam deputados e ex-deputados que atuaram no Planalto, como Geddel Vieira Lima, Henrique Alves, os dois já presos, e Eliseu Padilha, acusado de receber R$ 10 milhões da Odebrecht; na descrição da PF, o gráfico "tem como referência o presidente Michel Temer, por ser sua excelência justamente o ponto comum entre essas pessoas"; Temer é acusado de ter recebido R$ 31,5 milhões em propinas

Brasil 247


Barroso autoriza inquérito contra Temer por Decreto dos Portos


Temer foi à China tentar vender Amazônia por R$ 1,99

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou nesta terça-feira a abertura de um inquérito para investigar suposto favorecimento do governo do presidente Michel Temer (PMDB) à empresa de terminais portuários Rodrimar S/A por meio do decreto 9.048/2017, que modificou a regulamentação do setor. A decisão de Barroso atende a um pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que solicitou a abertura da apuração em junho, junto da denúncia contra o presidente por corrupção passiva.

“A ninguém deve ser indiferente o ônus pessoal e político de uma autoridade pública, notadamente o Presidente da República, figurar como investigado em procedimento dessa natureza. Mas este é o preço imposto pelo princípio republicano, um dos fundamentos da Constituição brasileira, ao estabelecer a igualdade de todos perante a lei e exigir transparência na atuação dos agentes públicos. Por essa razão, há de prevalecer o legítimo interesse social de se apurarem, observado o devido processo legal, fatos que podem se revestir de caráter criminoso”, afirma Barroso na decisão, em que ele pondera que a abertura de inquérito “não implica qualquer prejulgamento nem tampouco rompe com a presunção de inocência” dos investigados.

As investigações da Polícia Federal na Operação Patmos flagraram conversas do ex-deputado federal e ex-assessor presidencial Rodrigo Rocha Loures ao telefone em que ele articula com executivos da Rodrimar sobre o decreto e conversa com integrantes do governo, incluindo o presidente, sobre o assunto. A empresa opera no Porto de Santos, tradicional área de influência política de Temer.

Em um telefonema a Gustavo do Vale Rocha, subchefe para assuntos jurídicos da Casa Civil, Rocha Loures tenta convencer o interlocutor sobre a necessidade de discutir uma medida que beneficiaria empresas com concessões anteriores ao ano de 1993, a exemplo da Rodrimar, que tem um contrato nestas condições no Porto de Santos.

“Realmente é uma exposição muito grande para o presidente se a gente colocar isso… já conseguiram coisas demais nesse decreto”, advertiu Gustavo Rocha, que ouviu de Rocha Loures que era importante ouvir os interessados.

Notório por ter sido flagrado pela PF após receber uma mala com 500.000 reais do diretor de relações institucionais da JBS, Ricardo Saud, o ex-assessor presidencial também tratou com Temer sobre a medida. Poucos minutos depois, ligou para Ricardo Mesquita, diretor da Rodrimar, para atualizá-lo sobre a edição do Decreto dos Portos. “É isso aí, você é o pai da criança, entendeu?”, disse Mesquita a Rodrigo Rocha Loures.

No pedido de abertura de inquérito, Janot lembra que, em conversas gravadas por Saud, Rocha Loures sugeriu o nome de Ricardo Mesquita como alternativa para receber o dinheiro de propina da empresa, ideia que não agradou a Saud. “O problema é o seguinte. Que… a gente já fez muito negócio lá com o Ricardo e com o Celso”, explicou o delator, em referência também a Antônio Celso Grecco, dono e presidente da Rodrimar.

Para Janot, há provas de que Rodrigo Rocha Loures “atuou para produção de ato normativo que beneficiara justamente a sociedade empresária possivelmente ligada às figuras de ‘Ricardo’ e ‘Celso’, no caso a Rodrimar S.A., nas pessoas de Ricardo Conrado Mesquita, diretor, e Antônio Celso Grecco, sócio e presidente”.

Na decisão em que autoriza a abertura do inquérito, Luís Roberto Barroso afirma que “de tudo o que até aqui se viu, há razoabilidade em a Procuradoria-Geral da República considerar haver nos autos elementos suficientes para a instauração de inquérito. Os elementos colhidos revelam que Rodrigo Rocha Loures, homem sabidamente da confiança do Presidente da República, menciona pessoas que poderiam ser intermediárias de repasses ilícitos para o próprio Presidente da República, em troca da edição de ato normativo de específico interesse de determinada empresa, no caso, a RODRIMAR S/A”.

Blog Erivando Lima


Duas alunas têm resultados anulados após fraude em prova do Enem no Ceará


enem

Treze participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2015 e 2016 terão os resultados anulados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) por terem sido indiciados por crime de fraude em certames de interesse público. Entre eles estão duas estudantes que realizaram o certame no Ceará e aprovados em universidades cujos nomes não foram revelados.

Dos 13 indiciados, três fizeram o Enem em 2015. Os outros dez participaram da edição de 2016. A maioria está matriculada em cursos de Medicina e Odontologia em universidades federais das regiões Norte e Nordeste.

O indiciamento é resultado da conclusão de inquérito policial instaurado pelo Departamento de Polícia Federal. A operação batizada como Jogo Limpo foi deflagrada pela Superintendência Regional no Maranhão e foi dividida em duas fases. A primeira apurou os casos de 2015 e a segunda, os de 2016.

Anulação

Para a Polícia Federal, a exclusão desses participantes da base de dados do Enem é suficiente para a manutenção da lisura do exame. Além da anulação dos resultados, a Polícia Federal sugeriu ao Inep o reforço dos procedimentos de segurança na administração dos cadernos de provas.

De acordo com o artigo 311-A do Código Penal, a pena para esse tipo de crime é de multa e reclusão de até seis anos. O Ministério da Educação notificará as instituições nas quais esses participantes estão matriculados para que tomem as medidas administrativas cabíveis.

Operação Jogo Limpo

Dois irmãos e um primo se inscreveram para fazer a prova do Enem em uma pequena cidade do Maranhão, a 310 km de seu município de origem, a capital São Luís, em 2015. Os três solicitaram atendimento específico para sabatistas para se beneficiarem do confinamento e realizarem a prova em mesma sala, após o pôr do sol. Esses participantes tiveram gabaritos idênticos no primeiro dia de prova, sábado; e divergentes no segundo, quando não havia confinamento para sabatistas.

Um dos indiciados foi selecionado para Medicina em uma universidade estadual do Nordeste. Outro foi selecionado, também no mesmo curso, em uma instituição da mesma região. O terceiro foi selecionado, a partir das notas obtidas no Enem, para uma universidade federal do Nordeste em três cursos: Educação Física, Enfermagem e Ciências Biológicas.

Já em 2016, uma mulher e um homem foram presos em flagrante após o segundo dia de prova, em Santarém (PA) e em Macapá (AP), respectivamente. A participante foi selecionada para Medicina em três instituições de educação superior do Sul do país, duas delas federais. A indiciada está matriculada em umas delas, tendo acessado por meio do Programa Universidade para Todos (ProUni). 

O homem foi selecionado para cursar Medicina em uma federal do Norte do país. Outras duas mulheres envolvidas na fraude também foram indiciadas. Uma foi selecionada para Medicina em uma federal do Norte, onde está matriculada, e também em uma instituição federal do Nordeste. Outras duas participantes indiciadas fizeram prova no Ceará. Uma delas foi selecionada para curso de Medicina em universidade federal do Norte e em Odontologia em uma federal do Nordeste.

Outro participante indiciado fez prova no Piauí e foi abordado logo após o exame com cola escrita. Também foram colhidas evidências de fraude de mais duas mulheres e um homem. Uma delas foi selecionada para Odontologia em uma universidade federal do Nordeste e em medicina em outra instituição federal na mesma região, na qual está matriculada. Outra indiciada foi selecionada em Medicina em um centro universitário e em duas universidades federais do Nordeste.

Red; DN

Fato Policial


Segundo informações extras oficiais elementos renderam de 3 a 4 vigilantes armados na troca de plantão na fábrica de cimento Apodi entre os municípios de Quixere e baraunas no rn . 
Agradando mais informações sobre esse s13

Ressaltando que se proceder mesmo é bom todas força polícias Civil e Militar e de fronteira ficarem ligados pq ja hoje roubaram explosivos de Alto poder de destruição da carbomil e ágora essa armas e munições, possíveis explosões de Bancos podem acontecer na região. 


Grupo ocorrências do vale do jaguaribe.

Definido árbitro que irá comandar jogo entre Fortaleza e Tupi neste sábado



O árbitro paulista Marcelo Aparecido de Sousa irá comandar o primeiro jogo do mata-mata entre Fortaleza e Tupi, neste sábado, ás 16 horas, na Arena Castelão. A informação foi divulgada pelo dirigente do Tricolor do Pici, Marcello Desidério, através das redes sociais.

A escolha se deu por meio de sorteio realizado pela CBF no início da tarde desta terça-feira. Marcelo Aparecido é o mesmo que apitou Fortaleza e Brasil de Pelotas em 2015, no jogo de volta do mata-mata, também na Arena Castelão, onde o time cearense acabou sendo eliminado.

Red; DN

Camilo diz que edital do Detran/CE sai nesta sexta-feira e anuncia novo concurso



O governador do Estado, Camilo Santana, deu uma boa notícia para quem está aguardando o concurso público do Dentran-CE, que deve ofertar 300 vagas para níveis Médio e Superior. Em bate-papo ao vivo com internautas no Facebook nesta terça-feira (12), o gestor estadual garantiu que o edital será divulgado nesta sexta-feira (15) e que a seleção será realizada ainda neste semestre.

No mês passado, o governador já havia garantido que o edital sairia em setembro, como de fato ocorrerá. A solicitação do concurso foi encaminhada pelo Detran-CE em janeiro deste ano, com previsão de criação de mais de 400 vagas para cobrir a defasagem no quadro atual de funcionários do órgão, mas, quatro meses depois, o governador anunciou que o certame ofertaria apenas 300 vagas. 

A expectativa é que a seleção ofereça oportunidades para Analista de Transporte e Trânsito, entre outros cargos contemplados, e remuneração inicial de R$ 3 mil. O último concurso público realizado pelo Detran-CE ocorreu em 2006, ofertando 200 oportunidades nas funções de Agente Fiscal e Fiscal de Transportes.

Além do concurso do Detran-CE, Camilo também anunciou outra seleção pública para "breve", mas não divulgou outros detalhes.

Blog Erivando Lima / DN

Vereador Jr; Martins diz que não apoia politicagem na saúde de Russas CE

O vereador Jr; Martins levantou a voz durante a seção da câmara de Russas na manhã de hoje 12 apoiando o que falou o vereador João Paulo Moreira que disse na tribuna que estar acontecendo  muita politicagem dentro do departamento de saúde do município (Auditoria). o vereador João Paulo, chegou a dizer que flagrou um vereador fazendo encaminhamento de pacientes dentro do órgão, e o vereador Jr; Martins disse não apoiar esse sistema, até porque a saúde é para todos não se pode fazer esse tipo de atendimento ao publico, ou seja atender por cara ou fazer jogo politico tem que ser igual para todos. O vereador Jr; Martins aproveitou para cobrar do prefeito que diz que vai fazer investimento de um ( 1 MILHÃO), na área da saúde o parlamentar pediu para o prefeito investir mais na compra de equipamentos para atender melhor os pacientes do município

Blog Erivando Lima.

Russas CE

ATENDENTE DE LANCHONETE
AUXILIAR DE LIMPEZA
COBRADOR EXTERNO
COZINHEIRO DE RESTAURANTE
VENDEDOR DE COMÉRCIO VAREJISTA
VENDEDOR PORTA A PORTA
VENDEDOR PORTA A PORTA

SINE/IDT de Russas  localizado à Av. Cel. Araújo Lima, 1458-A – Centro.   Atendimento - 07:30 às 16:30

Blog Erivando Lima

PF diz que Temer recebeu R$ 31,5 milhões de 'vantagem' por participar de organização criminosa


Michel Temer

O relatório conclusivo da Polícia Federal sobre o chamado 'quadrilhão' do PMDB da Câmara indicou que o presidente Michel Temer recebeu R$ 31,5 milhões de vantagens por participar da organização criminosa formada por políticos, que atuou na Petrobrás e na administração federal. As conclusões da polícia, às quais o Estado teve acesso, foram encaminhadas hoje ao Supremo Tribunal Federal (STF). O relatório da investigação, que teve início em 2015, era aguardado pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, para finalizar a segunda denúncia contra o presidente Michel Temer.

Para concluir que há indícios da formação de uma organização criminosa, a Polícia Federal considerou no relatório que os peemedebistas investigados possuem poder sobre os demais membros do grupo e capacidade de repartir o dinheiro obtido através de práticas ilícitas como corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro, fraude em licitação e evasão de divisas.

Foram indicados pela PF como nomes que participaram da organização criminosa, pela ramificação do PMDB da Câmara: o presidente Michel Temer, os ex-presidentes da Câmara Eduardo Cunha e Henrique Eduardo Alves; o ex-ministro Geddel Vieira Lima; e os ministros Moreira Franco e Eliseu Padilha.

De acordo com a PF, Temer possuía poder de decisão do PMDB da Câmara para indicar pessoas para cargos estratégicos e também para fazer a articulação com empresários beneficiados nos esquemas e receber valores de doações eleitorais. Para os policiais federais, o presidente conta com terceiros para atuar no controle do grupo político. Nesse cenário, os ministros Moreira Franco e Padilha e o ex-ministro Geddel seriam "longa manus" de Temer para obter recursos de empreiteiras e grandes empresas, como a JBS.

Ao quantificar a vantagem indevida que Temer teria recebido, a PF elenca R$ 31,5 milhões, sendo R$500 mil por meio de Rodrigo Rocha Loures, R$ 10 milhões da Odebrecht, R$ 20 milhões do contrato PAC SMS da diretoria de Internacional da Petrobras e R$ 1 milhão entregue ao coronel João Baptista Lima Filho, amigo pessoal do peemedebista.

A PF cita ainda o repasse de R$ 5,4 milhões para a campanha de Gabriel Chalita, dinheiro que teria sido solicitado por Temer. No caso envolvendo a campanha de Chalita, contudo, o presidente não é citado o remetente dos valores. Os investigadores apontam ainda que foram feitas doações oficiais e em sistema de caixa dois para Paulo Skaf, em 2014, após o candidato ser apadrinhado por Temer para campanha ao governo de São Paulo.

A investigação mostrou, no entendimento da PF, que na organização hierárquica do PMDB da Câmara Temer seria uma figura semelhante a Eduardo Cunha. Para os investigadores, enquanto Cunha desenvolvia a parte obscura das negociações, Temer tinha como função oficializar os atos praticados pelo ex-deputado atualmente preso em Curitiba.

A conclusão dos trabalhos da Polícia Federal vai permitir que Janot finalize a segunda denúncia contra o presidente Michel Temer. O procurador-geral pretende enviar ainda nesta semana - a última de seu mandato à frente da Procuradoria-Geral da República - uma denúncia contra Temer por formação de organização criminosa. Para isso, a equipe de Janot aguardava a conclusão dos trabalhos da polícia. Temer será denunciado ao lado de seu grupo de aliados.

Em agosto, o ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato, rejeitou o pedido de Janot para incluir o nome de Temer na investigação do "quadrilhão" do PMDB da Câmara. O ministro, no entanto, permitiu que houvesse compartilhamento de informação dos dois inquéritos. A PF aponta no relatório que com isso foi possível ampliar do objeto do inquérito e que recebeu a autorização do ministro para incluir Temer na investigação.

PERSONAGENS. Além de Temer, a Polícia Federal destina um capítulo para esmiuçar a participação de cada personagem, com identificação do nome, foto, histórico político, núcleo a que pertence e quais vantagens indevidas foram recebidas.

QUADRILHÕES. Para Janot, a organização criminosa por políticos formada para atuar na administração pública é composta por integrantes do PP, PT, PMDB do Senado e PMDB da Câmara. O procurador-geral já ofereceu denúncia, nos últimos dias, para todos os ramos da investigação - exceto o PMDB da Câmara.

OUTRO LADO. O presidente Michel Temer e os ministros Moreira Franco (Secretaria-Geral da Presidência) e Eliseu Padilha (Casa Civil) rebateram nesta segunda-feira as conclusões da Polícia Federal em inquérito conhecido como o "quadrilhão" do PMDB da Câmara dos Deputados. Segundo relatório final da PF, há indícios de prática de corrupção por parte de Temer, Moreira e Padilha.

O documento foi encaminhado ao Supremo Tribunal Federal e pode embasar nova denúncia da Procuradoria Geral da República contra Temer.

O presidente afirmou que "não participou nem participa de nenhuma quadrilha" e que "lamenta insinuações descabidas com intuito de tentar denegrir sua honra e imagem pública". Moreira Franco disse que "repudia a suspeita" levantada pela PF e que "nunca participou de qualquer grupo para prática de ilícito". Eliseu Padilha não quis se pronunciar.

Leia abaixo a íntegra das notas

Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República

O presidente Michel Temer não participou e nem participa de nenhuma quadrilha, como foi publicado pela imprensa, deste 11 de setembro. O Presidente tampouco fez parte de qualquer "estrutura com o objetivo de obter, direta ou indiretamente, vantagens indevidas em órgãos da administração pública". O Presidente Temer lamenta que insinuações descabidas, com intuito de tentar denegrir a honra e a imagem pública, sejam vazadas à imprensa antes da devida apreciação pela justiça.

Casa Civil

O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, informa que só irá se pronunciar quando e se houver acusação formal contra ele que mereça resposta.

Secretaria-Geral da Presidência da República

Jamais participei de qualquer grupo para a prática do ilícito. Repudio a suspeita. Responderei de forma conclusiva quando tiver acesso ao relatório do inquérito. Lamento que tenha que falar sobre o que ainda não conheço. Isto não é democrático.

Blog Erivando Lima

JAGUARIBE-CE PRISÃO POR TENTATIVA DE HOMICIDIO


Ontem dia 11/09/2017, por volta de 20h 20 min, foi informado via 190 a  polícia de Jaguaribe-CE, que havia acontecido uma lesão corporal a faca na Rua projetada 5, s/n, Bairro: expedito Diógenes (mutirão), tendo como vítima a pessoa de Mateus da silva,  natural de Jaguaribe-CE,  residente no mesmo  bairro, que estava consciente e foi atendido pelo SAMU solicitado pela composição atendente da ocorrência,  Após isso, por volta das 20:40 min, outra ligação anônima ao 190 informou que o suspeito de causar a cutilada, o senhor Francisco José Peixoto Correia, natural de Jaguaribe-CE, residente na Rua projetada 5, expedito Diógenes (mutirão) mas encontrava-se na rua Pedro domingos da Silva,  expedito Diógenes (mutirão), informação esta que foi repassada a outra composição composta pelos PMs  a qual lograram êxito na captura do acusado, onde foi encaminhado para a delegacia para a tomada de medidas cabíveis.

Blog Erivando Lima

RUSSAS-CE PRISÕES POR ROUBO, FURTO E TRÁFICO DE DROGAS


Ontem dia 11/09/17, por volta das 18h, na rua Amâncio Mariano, bairro Tabuleiro da Vaquejada, Russas-CE, durante uma patrulha de rotina da equipe RAIO 03, ao realizarem uma abordagem na pessoa de FRANCISCO LANDIM DA COSTA BARROSO 19 anos solteiro, desocupado,  natural de Russas-CE, residente na rua Samuel Fernandes Ribeiro, Russas-CE), seguiram até a residência do acusado e lá recuperaram uma moto Honda Biz 125 de cor vermelha, ano 2008, de placa NRA-9915, a qual havia sido roubada no dia 10.09.2017, sendo que LANDIM confessou ser o autor do roubo juntamente com  um individuo identificado como JOÃO, sendo que na sequencia das diligencias seguiram até a casa de JOÃO PEREIRA DA COSTA 25 anos solteiro, desocupado,  natural de Russas-CE, residente na rua Samuel Fernandes Ribeiro Russas-CE), onde foi encontrada uma  moto Honda CG 125 de cor verde, ano 2002, de placa HWF-9957, a qual havia sido furtada no dia 07.09.2017, na rua Cel Perdigão sobrinho, além de 02 baterias ZETTA de 12 volts e 90 papelotes de maconha pronta para venda, mais 258 (duzentos e cinquenta e oito) embalagens para drogas e R$ 2,50 (dois reais e cinquenta centavos). Os dois presos falaram ainda que a arma (simulacro) estaria na casa de um terceiro individuo de nome FRANCISCO HYEGO DOS SANTOS ALVES natural de Russas-CE, residente na avenida Cel Antônio Cordeiro, Russas-CE), o qual havia também participado do roubo da Biz e do furto da moto. Os três acusados, bem como o material apreendido foram conduzidos à DRPC para os devidos procedimentos. 

Blog Erivando Lima