-->

5 de fevereiro de 2016

Mulher tem celular tomado de assalto na calçada de casa em Russas



A poucos instantes, na Rua: Dr. José Ramalho, próximo ao Colégio Matoso Filho, um indivíduo armado assaltou uma moça que estava na calçada, levando seu aparelho celular.

Sem mais detalhes!

Em operação conjunta, PM, Guarda Municipal e Demutran realizam apreensão de veículos irregulares em Russas

Nesta Quinta-feira, 04, por volta das 20h00min, com vistas a prevenir ações delituosas na cidade de Russas, foi desempenhada, por determinação do Cmt do 1º BPM, o Ten. Cel. Jair Matias Queiroz, uma operação conjunta das forças de segurança pública local, contando com apoio da Guarda Civil Municipal e do Departamento Municipal de Transito - DEMUTRAN, estes que realizaram juntamente com a Polícia Militar do Ceará, blitz em vários pontos da cidade, resultando, além das várias abordagens e a sensação de segurança, a apreensão de alguns veículos, estes que estavam sendo utilizados por seus possuidores sem observância das normas e cuidados devidos, sendo por tais razões apreendidos e posteriormente sendo encaminhados aos órgãos competentes para os devidos procedimentos. 

Com Informações do 1ºBPM

Dois assaltos a mão armada registrados no dia de ontem em Russas


Nesta Quinta-Feira, 04, foram registrados pelo 1ºBPM, dois roubos à pessoas na cidade de Russas. o 1º assalto aconteceu por volta das 18h30min, na Travessa Pe. Estevão, nas proximidades da igreja Bom Retiro, onde a vítima, senhor FRANCISCO FRANCIVALDO ALVES DOS SANTOS, natural de Russas, de 42 anos, residente na localidade do Córrego da Catita, zona rural de Russas, foi surpreendido por um indivíduo, em uma moto de cor azul, trajando blusa vermelha e capacete azul, armado a revolver, que lhe subtraiu a carteira contendo todos os seus documentos e cartões de benefício previdenciário, tendo em seguida empreendido fuga rumo a estrada da fruta. 

Um pouco mais tarde, por volta das 19h45min, no Beco do Leleo, foi vítima de roubo o senhor MARCUS AURÉLIO DE SANTIAGO GONÇALVES, natural de Russas, residente nas proximidades do ocorrido, este que foi abordado por dois indivíduos que estavam em uma bicicleta, armados a revólver, subtraindo da dele a moto HONDA FAN 150, de cor vermelha e placa OID 3224, em seguida fugiram tomando rumo ignorado.

A Polícia Militar compareceu aos locais das ocorrências, e encontra-se realizando diligências no intuito de identificar e prender os autores dos delitos, porém, sem êxito até o presente momento.

Com Informações do 1ºBPM

Casal é preso por tentar abandonar os 4 filhos, em Russas

Nesta Quinta, 04, por volta das 09h30min, na Rua São Vicente, 35, centro de Russas, os conselheiros tutelares José Wilk e Rita Maria, solicitaram apoio policial em uma ocorrência de abandono de incapaz, onde os referidos conselheiros flagraram abandonados pelos pais os menores de idade M.C.O.S de 05 anos de idade, C.H.O.S de 04 anos de idade, J.R.O.S de 02 anos de idade e M.E.O.S de apenas 08 meses de idade. Ao chegarem no local os policiais militares encontraram os conselheiros tutelares bem como os pais das crianças, sendo eles: JOSÉ JOSILEUDO DA SILVA, natural de Russas, 23 anos, residente na Rua São Vicente, centro de Russas, e MARIA EUDERLENE SILVA OLIVEIRA, 21 anos, natural de São João do Jaguaribe, residente na Rua São Vicente, centro de Russas. Os mesmos foram conduzidos até a Delegacia de Polícia Civil de  Russas e apresentados a autoridade competente para serem tomadas as medidas necessárias.

Com Informações do 1ºBPM

Ex-prefeito Dilmar continua na mira da Justiça Federal.

Trata-se de Ação de Improbidade Administrativa ajuizada pelo DEPARTAMENTO NACIONAL DE OBRAS CONTRA AS SECAS - DNOCS em face de JOÃO DILMAR DA SILVA, objetivando a condenação deste nas sanções previstas no art. 11, II e IV, e art. 12, III, ambos da Lei nº 8.429/92, em virtude de supostas irregularidades praticadas pelo réu na aplicação de recursos do Convênio PGE nº 04/2005 (SIAFI nº 527020), firmado entre o DNOCS e o Município de Limoeiro do Norte/CE.

Em síntese, aduz o DNOCS que, a época da gestão do réu como Prefeito de Limoeiro do Norte/CE, durante os exercícios de 2005/2008 e 2009/2012, houve irregularidades na execução do Convênio nº PGE 04/2005, o qual previu o repasse de recursos federais ao citado Município com o objetivo de possibilitar a execução de obras complementares do perímetro irrigado Jaguaribe-Apodi.

Liminarmente, a indisponibilidade dos bens do requerido, na forma em que requestou a Autarquia Federal, fora decretada às fls. 327/335.

Devidamente notificado, o réu sustentou, em manifestação apresentada às fls. 392/396, que inexistem elementos para o recebimento da presente ação, aduzindo que, conforme consta no Relatório Técnico nº 002/2014/CEST-CE/TEC/SRH (fls. 397/398), "(...) os serviços de recuperação e pavimentação da rede viária de uso comum que complementa o perímetro irrigado Jaguaribe-Apodi estão concluídos e que não há mais pendências relevantes que impeçam a prestação de contas do município em pauta. (...)". Requereu, ainda, a revogação da liminar que determinou a indisponibilidade de seus bens.

O DNOCS, por sua vez, juntou aos autos, às fls. 485/488, a Nota Técnica nº 06/2015/CRF/CO e o Relatório nº 16/2015 (Reanálise de Prestação de Contas do Convênio PGE 04/2005), documentos que, em seu sentir, indicariam a persistência de irregularidades na prestação de contas do convênio em discussão.

Confira na íntegra no site:

Tv Jaguar

Coelce lucra líquido R$ 363 milhões em 2015, alta é de 44,3%


Em 2015, a Companhia Energética do Ceará (Coelce) obteve uma receita bruta de R$ 6,3 bilhões, o que representou um crescimento de 36,1% em relação aos R$ 4,6 bilhões registrados em 2014. Já o lucro líquido da empresa cresceu 44,3% no ano passado, passando de R$ 251,5 milhões, em 2014, para R$ 363 milhões em 2015. Segundo a Companhia, o aumento da receita é, em grande parte, resultado das revisões tarifárias aprovadas pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), em março e abril, além da entrada em vigor do sistema de bandeiras tarifárias, em janeiro, que estabeleceu a cobrança de valor adicional por kWh consumido.

A Coelce fechou 2015 com 3.757.580 consumidores no Estado - número 3,7% superior aos 3.625.137 clientes listados em 2014. Dos cerca de 132 mil novos clientes conectados no ano passado, aproximadamente 20 mil são da classe residencial e cerca de 62 mil da classe rural, segundo informa a Companhia.

Investimentos

Ao longo do ano de 2015, a Companhia investiu R$ 426,6 milhões, um aumento de 55,3% em relação aos R$ 274,7 milhões investimentos em 2014. Deste total, R$ 164,3 milhões foram destinados à conexão de novos clientes, e R$ 131,3 milhões na própria rede (combate às perdas e qualidade do sistema, dentre outras aplicações).

"Nosso compromisso é continuar implementando um programa de investimentos expressivo em 2016, principalmente para atender à crescente demanda por novas ligações no Ceará, enquanto aprimoramos ainda mais os atuais níveis de excelência do serviço da companhia com a automação da rede elétrica", disse o diretor presidente da Coelce, Abel Rochinha, em comunicado enviado à imprensa. Procurada, a Coelce informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que não daria mais detalhes sobre os planos de investimentos em 2016 nem comentaria os resultados obtidos em 2015.

Vendas

As vendas e o transporte de energia no acumulado de 2015 alcançaram 11.365 GWh, o que representou um acréscimo de 1,2% em relação a 2014. A Companhia diz que o crescimento é fruto da maior base de clientes. Por outro lado, o consumo de energia per capita no mercado regulado e no mercado livre registrou queda de 1% e de 5,3%, respectivamente, na comparação com 2014, resultado que, segundo a Coelce, é reflexo da desaceleração econômica do país.

Além das revisões tarifárias e da implantação do sistema de bandeiras, a companhia atribui o crescimento das receitas à decisão regulatória (despacho 4.621 da Aneel, em novembro de 2014), que permite às distribuidoras de energia contabilizar, nos seus resultados financeiros, os créditos a receber nos próximos reajustes tarifários. Esses créditos foram incrementados ao longo de 2015 e refletem, sobretudo, os maiores custos de compra de energia.

Custos

Os custos e as despesas operacionais totalizaram R$ 3,6 bilhões em 2015, valor 16,7% superior ao registrado em 2014. Esse incremento reflete os maiores custos com a compra de energia, em função do acionamento das usinas térmicas pelo Operador do Sistema Elétrico Nacional, devido à redução da disponibilidade de água nos reservatórios das hidrelétricas.

O Ebitda (geração de caixa) da Coelce alcançou R$ 648,7 milhões em 2015, número 6,7% menor do que os R$ 695,5 milhões registrados em 2014. A empresa diz que a redução se deve aos valores da tarifa de energia destinados à sua remuneração, conforme estabeleceu a Aneel para o atual ciclo de revisão tarifária da companhia, que compreende o período de abril de 2015 a abril de 2019. O Ebitda foi impactado ainda pelas maiores perdas de energia registradas no período.

Diário do Nordeste

Carnaval no Ceará movimenta receita de R$ 211 milhões

O feriado de Carnaval promete movimentar positivamente a economia do Estado. O Departamento de Estudos e Pesquisas da Secretaria do Turismo do Ceará (Setur) estima uma arrecadação de R$ 121,1 milhões de receita direta, que deve resultar em R$ 211,9 milhões de renda gerada em toda cadeia produtiva do turismo. Este valor representa 9,2% a mais que no ano passado. O gasto médio diário fica em torno de R$ 173 per capita.

Serão cerca de 90 mil turistas circulando pelo Ceará, chegando via Fortaleza, em sua maioria, famílias que estão fugindo da agitação do período como acontece em Salvador e no Rio de Janeiro. Este número também é superior a 2015, em 5,1%, quando vieram 85 mil visitantes no feriado de Carnaval do ano passado.

Deste total de turistas, 42.608 utilizarão a rede hoteleira formal de Fortaleza. Isso reflete diretamente na ocupação do setor, que, segundo a Setur, está com ocupação estimada em 88,9%. Tendo os flats maior taxa de lotação (93%), seguidos pelos hotéis (92,6%), pousadas (68%) e albergues (55%).

Destino preferido

Para o coordenador de estudos e pesquisas da Setur, José Valdo Mesquita, este aumento é creditado a vários fatores, entre eles a alta do dólar, que inibi os brasileiros de viajarem para fora e atrai os estrangeiros para o Brasil; o marketing e propaganda nas feiras do setor e na mídia com veiculação nacional; e as parcerias com voos extras captados com a CVC e companhias aéreas, exclusivamente para esta este Carnaval. "Fortaleza tem liderando os rankings de cidade preferida nos feriados nas pesquisas do setor turístico", comemora Valdo Mesquita. Segundo o coordenador, a expectativa para o feriado da Semana Santa também é positiva e esperam-se muitos turistas.

Hospedagem informal

A procura por locação de apartamentos alugados nos principais corredores turísticos de Fortaleza (Meireles, Mucuripe, Praia de Iracema e Aldeota) também apresentam boa ocupação. Conforme levantamento da Setur, 87,5% desses imóveis estão ocupados para o Carnaval.

Outros destinos

Além de Fortaleza, outras cidades do litoral e da serra estão tendo grande procura por parte dos viajantes. A praia de Canoa Quebrada lidera o ranking, com uma taxa de ocupação hoteleira estimada em 94,8%. Em seguida, aparecem Jijoca de Jericoacoara (93,6%), Porto das Dunas/Prainha (93%) e Guaramiranga (88%). Logo depois vem Cumbuco (86%) e Praia das

Fontes/Morro Branco (82,9%). Neste feriado, os turistas estão vindo, em sua maioria dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Minas Gerais, Pernambuco e Distrito Federal. Os estrangeiros, que representam 7% do total, estão vindo da Itália, Portugal, Alemanha, França e Argentina. E para eles, além de Fortaleza, os locais mais desejados são Canoa Quebrada, Jericoacoara, Aquiraz e Cumbuco.

272,5 mil passageiros

De acordo com a Infraero, a movimentação estimada para o Aeroporto Internacional de Fortaleza Pinto Martins é de 272.568 embarques e desembarques para o período de 5 a 15 de fevereiro. Este número é 41,7% maior do que o registrado no período do carnaval do ano passado, quando foram registrados 192.252 passageiros. Estão previstas 125 operações extras entre pousos e decolagens para o período. No total, os aeroportos da Infraero devem receber cerca de 5 milhões de passageiros em 60 terminais, número equivalente à movimentação de passageiros durante o Carnaval do ano passado, quando foram registrados 5.095.018 turistas.

Diário do Nordeste

BR-222 é a quinta com mais acidentes graves, segundo dados da PRF


O trecho da BR-222, do quilômetro zero a 10 (em Caucaia), foi listado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) como o quinto com mais acidentes graves em 2015 em todo o País. A rodovia entra no ranking nacional graças ao elevado número de ocorrência registradas, principalmente, no município. Ao todo, foram 78 registros. O município de Caucaia também possui trechos das BR-020 e BR-116. Carlos Derickson, chefe de Policiamento da PRF, afirma que grande parte dos acidentes são ocasionados por motos. "Cerca de 50% a 60% das ocorrências têm o envolvimento de motos. Os motociclistas não mantêm uma distância de segurança e não respeitam a sinalização, ocasionando grandes colisões".

De acordo com levantamento do Núcleo de Registro de Acidentes e Medicina Rodoviária (Nuram), em 2015, em toda a extensão BR-222 foram registrados 363 acidentes e 21 atropelamentos. Outros dados que chamam atenção são os números de saída de pista (19), queda de moto (15) e tombamento (8).

Em 2016, a PRF já registrou 21 tipos de acidentes que vão desde colisões, atropelamentos de pessoas e animais, entre outros. Parte dessas rodovias que passam por Caucaia levam às principais praias do Litoral Oeste. Pensando nisso, durante o Carnaval, a PRF iniciou à 0h desta sexta-feira, a Operação Carnaval 2016, que se estenderá até as 24h do dia 10 de fevereiro. Nesse período, policiais rodoviários federais estarão distribuídos em pontos estratégicos para orientar os viajantes e retirar o bloco dos infratores de circulação.

A abertura da Operação ocorre às 10h de hoje (05), na Superintendência da PRF, no km 6 da BR-116. A operação tem o objetivo de diminuir o número de acidentes graves, feridos e mortos durante o período carnavalesco, onde há um aumento do fluxo de veículos e passageiros nas estradas. Neste contexto, a PRF atuará sob esquema especial, com reforço de policiamento e fiscalização, objetivando o somatório de forças no enfrentamento à violência nas estradas, e também desenvolvendo atividades de educação para o trânsito.

Prioridade

Serão priorizadas ações preventivas para a redução de acidentes relacionados ao excesso de velocidade, à alcoolemia ao volante, às ultrapassagens indevidas, não uso da cadeira para transporte de crianças e ocorrências envolvendo motocicletas ou ciclomotores, historicamente, infrações com índices elevados de letalidade no trânsito.

As viaturas em serviço estarão equipadas com etilômetros, portanto, a fiscalização de embriaguez ao volante nas rodovias federais poderá acontecer a qualquer momento. Radares serão utilizados no combate ao excesso de velocidade. Além disso, com o intuito de direcionar e otimizar as abordagens, será utilizado um novo equipamento: o OCR com sistema inteligente. Ainda em fase de testes, ele consegue, através da leitura da placa do veículo, identificar se há alguma restrição de circulação, tais como licenciamento atrasado, registro de roubo/furto, restrição judicial, entre outras.

Diário do Nordeste

Estado registra quatro mortes por microcefalia em 2016


O Ceará contabiliza, até o momento, quatro mortes confirmadas por microcefalia decorrentes de infecção congênita, ou seja, cujos diagnósticos foram conclusivos para ligação com o vírus zika ou outro agente infeccioso. No total, sete ocorrências da anomalia sob as mesmas circunstâncias foram confirmadas no Estado, de acordo com boletim epidemiológico divulgado ontem pela Secretaria da Saúde (Sesa).

Um dos óbitos foi registrado no município de Tejuçuoca, o único em que foi realmente constatada a ação do vírus zika, enquanto os outros três ocorreram em Fortaleza, nos quais ainda há dúvidas sobre o agente infeccioso motivador do quadro neurológico. Há ainda outras duas mortes sob investigação, sendo uma em Canindé e outra em Crateús.

Dos sete casos confirmados de microcefalia, cinco partiram de Fortaleza, um no Eusébio e um em Tejuçuoca. A Secretaria da Saúde diferencia-os em quatro grupos. O primeiro deles, trata de recém-nascidos com a anomalia relacionada à infecção congênita, que soma quatro confirmações, e outras 216 crianças sob investigação.

O segundo grupo contempla natimortos com microcefalia e/ou malformações do sistema nervoso central sugestivas de infecção, que traz uma confirmação. Outro aspecto trata de aborto espontâneo sugestivo de infecção, que ainda não apresentou notificações, enquanto o último quadro trata do diagnóstico da anomalia ainda em fetos, contando com duas confirmações e outros 18 casos em análise.

Totalizando os números, o Ceará notificou, até o último dia 29 de janeiro, 251 suspeitas nos quatro grupos, o que representa um aumento de 22 casos em relação ao boletim divulgado anteriormente pela Sesa, quando 229 suspeitas haviam sido observadas. Os registros partem de 59 municípios cearenses.


Vigilância

Motivados pelo surto de microcefalia e da relação com o vírus zika, o poder público vem apostando em ações de combate ao mosquito Aedes aegypti, vetor da dengue e do zika vírus. A Prefeitura de Fortaleza está produzindo um termo de notificação e uma regulamentação para iniciar a entrada nas residências, terrenos e prédios fechados que são geradores de focos do mosquito. Esse processo visa facilitar a entrada dos agentes de endemias nos mais de 2 mil imóveis que estão fechados na Capital.

Nélio Morais, Coordenador da Vigilância Ambiental de Riscos Biológicos, afirma que a Prefeitura deve fiscalizar os imóveis fechados depois do Carnaval. Mesmo com a autorização do Governo Federal, através de Medida Provisória publicada no Diário Oficial da União, na segunda-feira (1º), é necessário criar uma regulamentação local. Ontem, a Assembleia Legislativa discutiu o assunto, que deve ser votado hoje e virar lei.

De acordo com o coordenador, a assessoria jurídica da Prefeitura está trabalhando na produção desses documentos para que possam agir nas residências sem ferir a legislação. 

"A lei da presidente Dilma facilitou o acesso a esses locais fechados e nossa regulamentação irá somar. Mas precisamos atuar com profissionais e segurança para não deixar esses patrimônios abertos ou danificados".

Na sexta-feira (5), Nélio irá se reunir com 200 supervisores para analisar tecnicamente cada item do termo de notificação. A Secretaria Municipal de Saúde de Fortaleza (SMS), com o apoio da Célula de Vigilância Ambiental e de Riscos Biológicos, está produzindo o termo que será anexado nas residências em que os moradores não forem encontrados. No documento, está estabelecido o prazo de 10 dias para que o dono do imóvel ou representante legal entre em contato com a Prefeitura para liberar o acesso ao local. Após o prazo, caso o morador não entre em contato, os agentes de endemias irão entrar no imóveis com o apoio de um chaveiro.

Com o termo de notificação e a regulamentação aprovados pelos órgãos, o próximo passo é contratar as empresas especialistas em confecção de chaves. As regionais irão arcar, inicialmente, com recursos próprios. Segundo o coordenador, as regionais II e VI possuem o maior número de residências fechadas.


Fique por dentro

Além de zika, outros agentes causam anomalia Apesar da suspeita de ligação entre o zika vírus e a microcefalia estar em evidência, a anomalia também pode ser ocasionada a partir de outras infecções congênitas, tais como sífilis, toxoplasmose, rubéola, citomegalovírus e herpes viral, dentre outros agentes.

Dessa forma, o Ministério da Saúde adotou a classificação "microcefalia e/ou malformação do sistema nervoso central sugestivos de infecção congênita", agregando não só os casos provocados por zika, mas também dos outros possíveis agentes infecciosos.

Diário do Nordeste

Quadrilha rouba banco e faz clientes reféns


Um bando armado com um fuzil, uma escopeta, pistolas e revólveres realizou um assalto em uma agência do Banco do Brasil no município de Novo Oriente (distante 398Km da Capital) e fizeram os clientes da instituição de reféns durante cerca de 40 minutos, conforme informações da 1ºCia do 7º BPM (Crateús). Até o momento, ninguém foi preso ou identificado, mas estão sendo feitas diligências a procura dos suspeitos.

Segundo informações da PM, dois homens ficaram do lado de fora da agência efetuando disparos para inibir a aproximação da Polícia. O restante do bando, formado por cerca de dez pessoas, estava dividida em dois automóveis, que seriam um Fiat Pálio e um Celta. Eles conseguiram chegar ao banco e renderam funcionários e reféns.


Os bandidos conseguiram levar o dinheiro que estava nos caixas da agência e tentaram abrir o caixa-forte, mas não conseguiram. "A maior parte do dinheiro estava no cofre. Eles fizeram algumas tentativas, mas não conseguiram abrir e fugiram. O banco confirmou que o dinheiro dos caixas foi levado pelos bandidos, mas disse que ainda está contabilizando quanto" afirmou o titular da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), Raphael Vilarinho.

Ainda de acordo com o delegado, os suspeitos usaram reféns como 'escudo' para chegarem até os carros, para afastar qualquer possibilidade de tiroteio com a Polícia. Segundo Vilarinho, o bando fugiu pela BR-020, em direção ao Estado do Piauí.

Já na rodovia, os reféns foram liberados. O Pálio e o Celta usados pela quadrilha foram abandonados e incendiados. O suspeitos continuaram a fuga em uma caminhoneta Hilux, de cor prata que não teve as placas anotadas.

"Eles atearam fogo nos carros para tentar fechar a rodovia e fugir com mais tranquilidade. Este é um procedimento padrão nestes assaltos a banco, para eliminar pistas" disse o delegado.

Raphael Vilarinho afirmou que os criminosos que participaram do assalto estavam encapuzados e ainda não foram identificados. Porém, o banco tinha circuito interno de segurança e as imagens podem ajudar na elucidação do fato. As imagens estão sendo analisadas por policiais da DRF que estão na Cidade apurando o caso.

Quadrilha interestadual

O delegado da DRF disse acreditar que a quadrilha que agiu em Novo Oriente, ontem, seja interestadual e tenha ramificações no Piauí. "Já entramos em contato com a Polícia do Piauí para ajudar nesta captura. A possibilidade que esta quadrilha atue assaltando nos dois Estados é muito alta", afirmou.

Vilarinho ressaltou que as armas utilizadas pela quadrilha são de alto poder de fogo e que isto atesta um certo nível de organização. "Eles tinham um fuzil, armas longas. Estavam preparadas para aquela ação".

O delegado disse que o os culpados pelo roubo, praticado na modalidade Novo Cangaço, que tem por fim aterrorizar as cidade, serão presos. "Estamos nos esforçando muito para dar uma resposta rápida a estes criminosos que querem amedrontar a sociedade com o 'Novo Cangaço'. Vamos continuar trabalhando para prendermos todos, como vem acontecendo na maioria dos ataques no Estado".


Ana Lídia Coutinho
Diário do Nordeste

Furto da rede de água causa prejuízo de R$100 mi à Cagece

De janeiro de 2013 a dezembro de 2015, a Companhia constatou 5.273 ligações fraudulentas

Em tempo de estiagem e racionamento, apesar das últimas chuvas, diversos consumidores aderem ao famoso "jeitinho brasileiro'" para tentar burlar a lei e adquirir, de forma ilegal, um dos bens mais necessários e estimados: a água. Segundo a Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), nos últimos três anos, foram flagrados 5.273 casos de furtos de água, os chamados "gatos". Somente em 2015, foram detectadas 1.336 fraudes, que resultaram em um prejuízo de mais de R$ 100 milhões no ano.

De janeiro de 2013 a dezembro de 2015, equipes da Cagece percorreram mais de 14 mil quilômetros realizando ações de combate a furtos em diversas cidades cearenses. Neste período, foram constatadas 5.273 ligações fraudulentas. O número é o equivalente a 146 casos por mês. Os 1.366 flagrantes feitos no ano passado- média de 113 por mês- foram confirmados após a Companhia investigar encanações fraudulentas em quase cinco mil quilômetros no Estado.

Conforme a Cagece, os locais com maior incidência de furtos de água são Capital e os municípios da Região do Cariri, abastecidos pela bacia hidrográfica do Rio Salgado, principalmente as cidades de Juazeiro do Norte, Barbalha e Várzea Alegre.

A maioria dos casos de furtos são realizados, principalmente, em encanações externas e em hidrômetros, que são os aparelhos medidores do consumo. Em 2015, foram encontradas 1.183 irregularidades desta natureza. O restante dos casos (113) foram fraudes realizadas sob a terra, detectadas somente com o uso de geofones, equipamentos capazes de registrar ondas sísmicas. O gerente do núcleo de Controle de Perdas e Eficiência Energética da Cagece, Luiz Celso Braga, explica que um dos gatos mais comuns é a ligação clandestina, que ocorre quando o fraudador faz uma ligação direta da rede de distribuição da concessionária. Deste modo, o criminoso rouba a água sem qualquer registro e, portanto, sem qualquer cobrança pelo seu uso.

Além das ligações clandestinas, também foram mapeadas fraudes por Derivação de Ramal e By-Pass. No primeiro caso, a pessoa faz uma ligação irregular, usando uma conexão antes da passagem pelo hidrômetro. Assim, a água que passaria totalmente pelo equipamento de medição acaba passando pelo "gato", abastecendo parte da rede de alimentação da propriedade sem a medição. Já no by-pass, o fraudador faz uma conexão fraudulenta também antes da passagem pelo hidrômetro e liga ao ramal predial. Deste modo, a água que passaria totalmente pela micromedição deriva para a conexão irregular e abastece a rede de alimentação da propriedade, sem cobranças.

Crime

Conforme o titular da Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF), delegado Jaime de Paula Pessoa Linhares, esses casos de desvio ilegal de água, seja no hidrômetro ou diretamente na rede de distribuição, é caracterizado como crime de furto, previsto no artigo 155 do Código Penal Brasileiro, e tem pena de um a oito anos de reclusão, caso seja caracterizado como qualificado, além de multa.

A Cagece criou um Comitê de Controle de Perdas para tentar frear essa prática. Celso Braga ressalta que estão sendo intensificadas ações no intuito de minimizar prejuízos ocasionados por ligações irregulares. "Estamos realizando um monitoramento em toda a rede de distribuição. Além da fiscalização, foi desenvolvido um aplicativo para receber denúncias".

Transtornos

O engenheiro civil e sanitarista Francisco Vieira Paiva, diretor da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (Abes) no Ceará, destaca que quem pratica o furto não tem o controle da água que está sendo gasta. Com isso, pode causar um dano grande ao meio ambiente, provocando, por exemplo, a falta d'água para seu vizinho, rua e até bairro inteiro", pontua o especialista. Francisco Paiva ainda explica que o prejuízo causado pelas fraudes à Cagece resultam em uma cobrança tarifária mais cara. No final, quem acaba pagando a conta é o cidadão.

Mais informações:

Denúncias
Alô Cagece: 0800 2750195
Aplicativo Cagece Mobile

Ellen Freitas
Diário do Nordeste

Cunha diz que não deixa comando da Câmara


O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), voltou a afirmar ontem que vai continuar no cargo sob “qualquer circunstância”.

Cunha foi questionado sobre a decisão do ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Teori Zavascki, que afirmou na última terça-feira, 2, a intenção de julgar primeiro a abertura de denúncia contra o peemedebista por suposto envolvimento no esquema de corrupção da Petrobras, antes de analisar o pedido de afastamento de Cunha da presidência da Casa.

“Já fui réu quando era líder do PMDB. Me tornei réu sob a relatoria de Gilmar Mendes e fui absolvido na sequência. Tem vários que estão aqui que são réus. Eu espero que não possa ser aceita a denúncia, inclusive há uma discussão jurídica que vai ser posta lá. O fato de aceitar a denúncia não significa que eu sou condenado”, disse o presidente da Câmara.

“Acredito que possa não ser aceita porque meus argumentos são muito fortes. Vou continuar em qualquer circunstância.”

Protesto

Enquanto respondia a perguntas de jornalistas, Cunha voltou a ser alvo de uma manifestação de uma já conhecida adversária política, a deputada Clarissa Garotinho (PR-RJ), que gritou “Fora Cunha”, “devolve o dinheiro da Suíça” e “o nosso povo merece respeito”. Cunha chegou a se atrapalhar no início do protesto da deputada, mas seguiu como se nada ocorresse.

Seguranças tentaram retirá-la do Salão Verde, ao que ela contestou, afirmando ser parlamentar, e continuou com o protesto. “Se eu fosse me preocupar com uma manifestação solitária, não estaria exercendo a vida pública. É para isso. Ainda bem que são só solitárias”, comentou Cunha.

O peemedebista também falou sobre a convocação, pelo presidente do Conselho de Ética, José Carlos Araújo (PSD-BA), de uma reunião do colegiado ontem. Para aliados de Cunha, há irregularidades na marcação da reunião, a começar por nem todos os membros terem sido avisados.

Nova sessão

Um deles, o deputado Paulinho da Força (SD-SP), que é um dos mais empenhados defensores de Cunha na Casa, disse que até por volta das 17 horas não havia sido avisado de nenhuma reunião. Afirmou que a sessão teria todas as condições de ser anulada novamente.

“O presidente do Conselho parece agir a meu favor e acaba me prejudicando. Basta ele obedecer ao Regimento. Na medida que ele age assim, age para que o processo seja livrado de imunidade, acabe sendo retornado, e ele possa permanecer na mídia e acaba como manobra minha. 

Se alguém não cumpre o regimento, deveria ser cobrado por não cumprir o regimento. Vou perder meus direitos regimentais, vou atropelar o meu processo legal para fazer valer aquilo que alguém acha melhor porque com isso você desobedece o regimento?”, 
questionou o deputado. (Folhapress)

Saiba mais

Delcídio

Em duas manifestações protocoladas no STF nesta semana, a defesa do senador Delcídio do Amaral (PT-MS) afirmou que sua atuação como “opositor ferrenho” do esquema do mensalão, quando presidiu a CPI dos Correios entre 2005 e 2006, “custou a falta de apoio político do próprio Partido dos Trabalhadores ao seu nome, para as eleições ao governo do Mato Grosso do Sul, o que resultou na sua derrota nas urnas”.


O senador perdeu a disputa em 2006 para André Puccinelli, do PMDB.

O Povo Online

Militar em serviço na Coreia do Sul assiste ao nascimento de filhos quádruplos via Face Time


O oficial do exército americano Tony Burch estava em serviço na Coreia do Sul, mas não perdeu o nascimento dos quatro filhos, em Illinois, nos EUA. A transmissão do parto dos quádruplos foi feita via Face Time, e a foto do momento viralizou nas redes sociais.

"Ele podia ver os bebês enquanto eles eram levados para as incubadoras e ele recebia atualizações de como eles estava indo e quanto pesavam", escreveu a esposa de Tony, Mary Pat Burch. 

Além dos quádruplos, o casal tem uma filha de 2 anos, chamada Alice. Inicialmente, Mary achava que esperava trigêmeos, mas um novo exame mostrou o quarto feto. Tony era lotado no Texas, mas foi instalado na Coreia desde setembro de 2015 para uma missão especial. 

A família dele se mudou para Illinois, pois Mary quis ficar mais perto dos pais. Na última terça-feira, Henry, Nathaniel, Samuel e Molly receberam pela primeira vez a visita do pai: 


O Povo Online 

Ceará deve receber 90 mil visitantes no Carnaval deste ano


O movimento de turistas que devem chegar ao Ceará – via Fortaleza – para aproveitar o feriado prolongado de Carnaval pode superar as 90 mil pessoas. Esse número é 5,1% maior que o registrado no ano passado, quando o Estado recebeu 85 mil visitantes no feriadão. Com isso, a ocupação da rede hoteleira, de maneira geral, está estimada em 88,9%. O levantamento foi realizado pelo Departamento de Estudos e Pesquisas da Secretaria do Turismo do Ceará (Setur).

De acordo com o estudo, esta movimentação turística deve representar uma injeção de R$ 121,1 milhões de receita direta na economia cearense, o que deverá resultar em R$ 211,9 milhões de renda gerada em toda cadeia produtiva do turismo (táxis, locadoras, bares, restaurantes, entre outros serviços). O número é 9,2% maior que no mesmo período de 2015. Na rede hoteleira, os flats têm a maior taxa de ocupação (93%), seguidos pelos hotéis (92,6%), pousadas (68%) e albergues (55%).

Na Capital

Além da hotelaria formal em Fortaleza, os apartamentos alugados por temporada também estão com boa ocupação. Conforme o levantamento da Setur, 87,5% desses imóveis – localizados nos principais corredores turísticos (Meireles, Mucuripe, Praia de Iracema e Aldeota) – estão ocupados para o Carnaval. Isso também representa um volume considerável de renda extra para os locatários.

Do total de visitantes, 42.608 utilizarão a rede hoteleira formal de Fortaleza (hotéis, pousadas, flats e albergues) e permanecerão na Capital para aproveitar as praias e a programação cultural da cidade. Os principais mercados emissores neste Carnaval são os estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Minas Gerais, Pernambuco e Distrito Federal. Também há um volume considerável de turistas oriundos da região Norte, especialmente Amazonas e Pará.

Em relação aos outros destinos com maior ocupação hoteleira no Estado, a praia de Canoa Quebrada, mais uma vez, lidera o ranking com taxa de 94,8%; seguida por Jijoca de Jericoacoara (93,6%); Porto das Dunas/Prainha (93%); Guaramiranga (88%); Cumbuco (86%) e Praia das Fontes/Morro Branco (82,9%). Outras cidades interioranas, mas com percentual bem menor de ocupação – situadas no Sertão Central e na região do Cariri –, também receberão turistas no período momino.

O Estado CE

Ceará tem redução de 25,3% nas mortes violentas em janeiro


Ceará teve 322 assassinatos no primeiro mês do ano. Dados divulgados, na manhã de ontem, pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), mostram que houve uma redução de 25,3%, comparado a janeiro de 2015, que teve 431 mortes violentas.

De acordo com o governador Camilo Santana, a redução no índice comparado ao ano passado, já era esperado. “Era natural uma queda maior nesse mês de janeiro, por todo o trabalho continuado que foi feito em 2015. Portanto, vamos continuar o trabalho integrado de muita dedicação dos órgãos de segurança pública, mantendo os investimentos que vêm sendo feitos em pessoal, equipamentos, estratégia e focando nas regiões mais críticas”, pontuou.

Fortaleza foi a cidade com maior redução nos homicídios, o índice caiu pela metade. Enquanto em janeiro do ano passado foram 192 crimes do gênero, este ano foram 96. Já as cidades da Região Metropolitana, tiveram queda de 7,7%, passando de 91 para 84, segundo dados da pasta.
A única região que não registrou queda no número de mortes violentas foi o Interior Sul, que continuou com os mesmos índices de janeiro do ano passado, 82. Já no Interior Norte, o número de homicídios diminuiu 9,1%, passando de 66 para 60.

Camilo Santana destacou que apesar dos dados serem positivos, não há tempo para comemorações. “Nós não temos tempo nem para comemorar nem para lamentar. Segurança pública é uma questão que a gente precisa dedicar 24 horas do dia, com muita inteligência, sabendo das limitações que o Estado tem”, enfatizou.

O governador enfatizou os resultados obtidos na cidade de Sobral, localizada na Região Norte do Ceará, após os investimentos em segurança. “A partir do momento que o Estado fez o investimento da implementação do Raio e da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer), nós tivemos uma queda considerável nos homicídios, no mês de outubro de 2015 foi 40%, novembro 10% e dezembro 70%”, destacou Camilo.

Messejana

Questionado sobre as investigações em torno da chacina, que ocorreu novembro do ano passado na Grande Messejana, o Governador revelou que já poderia ter divulgado alguns dados, mas que, no entanto, prefere ter segurança sobre o que foi apurado. “Nós já poderíamos ter anunciado alguns resultados em relação a isso, mas eu sou uma pessoa muito cautelosa. Nós temos que ter toda segurança possível, para que a gente possa anunciar os resultados dessa investigação. Nós estamos com a Policia Federal nos auxiliando, para que a gente possa da resposta à sociedade com muita responsabilidade e clareza”, justificou.

2015

Na comparação com 2014, o Estado reduziu o número de crimes violentos em 9,5% em 2015. Conforme a SSPDS, foram 420 mortes a menos. Essa redução ultrapassou a meta de 6% que o Governo tinha estabelecido.

O Estado CE