-->

15 de março de 2016

Polícia Civil prende sete pessoas envolvidas no tráfico de drogas


Sete pessoas foram presas numa operação da Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD), nos últimos dias em Fortaleza. Os policiais daquela Especializada conseguiram, inclusive, desmantelar uma rota de tráfico entre São Paulo e a Capital cearense.

Informações da Polícia Civil indicam que existia uma conexão entre as  capitais paulista e cearense. Maconha era trazida de  São Paulo e aqui vendida em bairros da zona nobre, como Aldeota, Dunas, Varjota, Dionísio Torres, Papicu e Praia do Futuro.

Nas diligências, a Polícia deteve cinco pessoas acusadas de envolvimento neste esquema criminoso. Elas foram identificadas como Cristiano Venâncio Rodrigues, 28 anos; Elísio Bruno Raupp Guedes, 31; Marluce de Lima Siqueira, 28; Kátia Cordeiro, 21, e Valdemir Forte de Sousa Júnior, 21 anos.

Em outras duas operações distintas, mais duas pessoas acusadas de comercializar drogas foram também capturadas. Jorge Gabriel Lopes Gomes, 23, foi detido na Barra do Ceará. Já Douglas Pereira foi preso no Jangurussu.

Cerca de 25 quilos de drogas, como maconha, crack e cocaína foram apreendidos. 

Blog do Fernando Ribeiro

"Operação Emenda" leva PF a vasculhar apartamento de luxo no Papicu em busca de provas do desvio de verbas públicas


Dois “camburões” da Polícia Federal amanheceram, nesta terça-feira (15),  na porta de um condomínio de luxo localizado na esquina das ruas Gilberto Studart e Valdetário Mota, no bairro Papicu, zona nobre de Fortaleza.  Era uma diligência policial. Os agentes vasculhavam um apartamento em busca de provas de um desvio milionário nos cofres públicos.

Trata-se da “Operação Remenda”, desencadeada, nesta manhã,  em, pelo menos, três estados brasileiros (Ceará, Pernambuco e Rio de Janeiro), além do Distrito Federal.  O foco da PF e da Controladoria Geral da União (CGU) é descobrir quem embolsou criminosamente  cerca de R$ 4 milhões de recursos dos ministérios da Agricultura e do Turismo. Indícios apontam envolvimentos de cearenses na falcatrua.

Para desviar o dinheiro público, segundo as investigações da CGU, os fraudadores usaram uma organização não-governamental  (ONG)  como fachada. A apuração teve início há cerca de três anos.

O trabalho teve por base a fiscalização da Controladoria, que apurou irregularidades  no processo de contratação da entidade. A operação verificou que recursos dos dois ministérios eram desviados por diretores  da entidade não-governamental e pelo assessor de um ex-deputado federal de Pernambuco, responsável pelas emendas parlamentares dos convênios.

Lavagem

A PF cumpre nesta manhã 13 mandados de busca e apreensão, sete de prisão temporária e um de prisão preventiva. Também estão sendo cumpridos mandados de condução coercitiva para o depoimento imediato de pessoas investigadas. Além disso, medidas cautelares de seqüestro de bens estão sendo adotadas para garantir o ressarcimento ao erário de cerca de R$ 700 mil.

Cerca de 90 policiais federais e membros da CGU estão trabalhando na operação, que visa o recolhimento de provas dos crimes de formação de quadrilha, peculato, apropriação indébita e lavagem de dinheiro.

A “Operação Remenda” faz alusão a um trocadilho de palavras pelo fato de os recursos terem sido liberados por emenda parlamentar, remendar um problema com outra emenda.

Blog do Fernando Ribeiro

Assassinatos de adolescentes crescem no Ceará. Já são 76 casos em 2016

Dois adolescentes foram mortos, na noite de ontem, no bairro Montese 

Subiu para 76 o número de adolescentes mortos no Ceará neste ano. Somente nos últimos quatro dias, seis garotos com idades entre 14 e 17 anos foram executados sumariamente. O mais recente caso ocorreu na noite passada, no bairro Montese, na Capital.

Os adolescentes identificados como Iuri Pereira de Sousa, de apenas 14 anos de idade; e José Elias Santiago de Andrade, 15, foram  assassinados, a tiros de pistola, no cruzamento das ruas Eusébio de Queiroz e Romeu Martins.

O fato ocorreu por volta das 22 horas.  Segundo moradores, um homem adulto que estava próximo dali também foi baleado e socorrido por uma ambulância do Samu. Trata-se de Antônio Enoque de Freitas, de 45 anos.

Testemunhas contaram que o crime foi praticado por dois homens que estavam em uma motocicleta. Eles fugiram após o crime e agora estão sendo procurados por inspetores da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Outros casos

No último fim de semana, mais quatro adolescentes foram executados na Grande Fortaleza. Dois deles, identificados, como Yuri Pires Guimarães, 16 anos; e Willame Barbosa Gomes, 17, foram mortos dentro de uma casa na Rua Nova, na comunidade Jardim Jatobá, no bairro Siqueira, zona sul da Capital. Ambos foram atingidos a tiros.

Na Rua 7 do Conjunto Mirassol, no bairro Serrinha, próximo ao Itaperi, o corpo de um adolescente foi encontrado com várias marcas de tiros. O cadáver estava em um matagal e a Polícia acredita que o rapaz tenha sido assassinado noutro local e o corpo “desovado” no terreno. Tratava-se de Denilson Silva de Oliveira, 17 anos.  Conforme a Perícia Forense (Pefoce), o menor recebeu, pelo menos, 10 tiros à queima-roupa.

Já no cruzamento das ruas 136 e Maria Galdino, no Conjunto Timbó, em Maracanaú (Grande Fortaleza), um jovem identificado como Leonardo , ou “Léo”, foi morto, a tiros, na noite do último domingo. Informações dão conta de que os assassinos ocupavam um carro prata.

Indíces

Em apenas dois anos, nada menos que 1.701 adolescentes foram assassinados no Ceará, conforme registrados da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). Em 2014, foram 884 crimes. Em 2015, mais 817, sendo que destes, 429 somente em Fortaleza, conforme registros da Secretaria da Saúde (Sesa).

Veja a seguir os números dos homicídios vitimando adolescentes no Ceará:

2014 ......  884
2015 ...... 817
2016
Janeiro ...... 24

Blog do Fernando Ribeiro

Mulher é presa ao traficar drogas em carrinho de bebê


Uma mulher foi presa suspeita de traficar drogas utilizando um carrinho de bebê. A prisão foi feita pela equipe de policiais civis do 5º DP (Parangaba), por volta do meio-dia, desta terça-feira, 15, na Rua Elcia Lopes. 

Segundo o titular da Distrital, delegado Renê Andrade, Ana Karoline da Silva, de 23 anos, foi abordada no limite entre os bairros Parangaba e Itaoca, em uma comunidade chamada Vila Azul.

Conforme o delegado, denúncias afirmavam que a mulher utilizava o carrinho de bebê para despistar as ações policiais. Ela foi encontrada na via com o carrinho. No entanto, não havia criança no equipamento, mas uma sacola com drogas. 

A Polícia apreendeu 33 pedras de crack e dinheiro em moedas, que estavam em uma bolsa infantil, dentro do carrinho. "Ela não possui antecedentes criminais e nega todas as evidências. Diz que a droga não é dela, que alguém colocou na bolsa dela. Mas a equipe já saiu daqui com o nome dela. A informação é que outras pessoas da família também são envolvidas com o tráfico", relatou o titular. 

Ana Karolina foi encaminhada ao 5º DP, onde foi realizado o flagrante por tráfico de drogas. Em seguida, ela foi levada à cela da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa, onde permanecerá a disposição da Justiça.

O Povo Online

Lula deve acumular ministério com comando de 'Conselhão'


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse a amigos que aceita assumir a Secretaria de Governo, hoje ocupada por Ricardo Berzoini, mas aguarda a conversa com a presidente Dilma Rousseff, ainda nesta terça-feira, 15, para saber se terá carta branca para fazer as mudanças que julga necessárias, até mesmo na política econômica. Além de cuidar da articulação política do governo com o Congresso e da relação com os movimentos sociais, na ofensiva contra o impeachment, Lula também ficará responsável pelo Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social.

O Conselhão, como é conhecido, foi montado em 2003, no primeiro mandato de Lula, reunindo representantes do governo, trabalhadores e empresários. Foi praticamente esquecido por Dilma até que, no auge da crise política, ela pediu para o ministro da Casa Civil, Jaques Wagner, reativá-lo. Recentemente, porém, o Conselhão voltou a ficar subordinado à Secretaria de Governo.

Pouco antes de chegar a Brasília para a conversa definitiva com Dilma, Lula disse a um deputado de partido aliado: "Quero saber o que ela espera de mim". Berzoini sempre foi um dos maiores defensores da entrada de Lula no governo e pode ser deslocado para a secretaria executiva da Pasta que hoje comanda.

ESTADÃO conteúdo

Princípio de rebelião na Cadeia Pública de Russas


Desde as 8h00min da manhã desta terça-feira(15), a cadeia pública de Russas se encontra interditada por ação dos detentos que quebraram os cadeados, pegaram algumas facas na cozinha e encontram-se nesse momento no pátio interno, reivindicando melhoria no sistema carcerário, e há informações de que eles ameaçam queimar colchões. São no total 87 presos ocupando um espaço destinado a pouco menos de 20. Nenhuma fuga foi registada até o momento.

Policiamento em deslocamento.

Representantes do governo do Estado também estão se deslocando de Fortaleza pra Russas para tentar negociar com os rebelados.

Recuperação de moto roubada em Russas


Nesta segunda-feira, dia 14, por volta das 19h30min, na localidade de Bom Sucesso, através de informações de populares, a polícia localizou abandonada uma moto Honda CG 150 Titan de cor preta, de placa HYH-6044, que segundo informações havia sido roubada na noite do último domingo, no sitio Ingá, zona rural de Russas. O veículo foi levado à DRPC local para as providências de devolução ao legítimo dono.

Com Informações do 1ºBPM

Adolescente de 15 anos atira na própria mão ao manusear um revólver em Russas


Nesta segunda-feira, dia 14,por volta das 19h20min, deu entrada na UPA, um adolescente de 15 anos, natural de Russas-CE, que estava lesionado com um tiro na mão direita, o qual ao ser indagado sobre o ocorrido, afirmou a polícia ter atirado na própria mão quando manuseava um revólver, arma esta que não foi encontrada pela polícia e nem apresentada pelo menor, estando o caso ainda sob investigação.

Com Informações do 1ºBPM

Policlínicas de Limoeiro e Russas terão atendimento especializado à crianças com microcefalia

Policlínica de Limoeiro do Norte, responsável pelo antedimento de 11 municípios (Foto: Agência TVJ1)

O Governo do Estado lançou, na manhã desta segunda-feira, 14, um projeto de atendimento que irá capacitar equipes multiprofissionais para atender crianças com microcefalia, o intuito é oferecer ações de intervenção precoce nas policlínicas.

A princípio, 95 profissionais da saúde serão treinados pelo Núcleo de Tratamento e Estimulação Precoce (Nutep), instituição ligada à Universidade Federal do Ceará (UFC), que presta assistência a crianças com distúrbios do desenvolvimento neuropsicomotor.

Na primeira fase do programa serão investidos mais de R$1,1mi.

O projeto foi articulado pela primeira-dama do Estado, Onélia Maria Leite de Santana, idealizadora do Programa Mais Infância Ceará, e contou com a colaboração do secretário da Saúde do Estado, Henrique Javi.

Na primeira fase, o projeto capacitará 19 policlínicas regionais, do Governo do Estado, para garantir assistência as crianças com distúrbios do desenvolvimento neurotransmissor, como os provocados pela microcefalia.

A ideia é que todas as policlínicas regionais possuam seus Centros de Intervenção Precoce, formada por uma equipe de cinco profissionais de fisioterapia, terapia ocupacional, fonoaudiologia, psicologia, enfermagem ou assistência social, para o tratamento e reabilitação das crianças atendidas.

Na primeira fase do projeto, 19 policlínicas regionais, do Governo do Estado, vão garantir assistência a crianças com distúrbios do desenvolvimento neurotransmissor, como os provocados pela microcefalia.

Todas as policlínicas regionais terão seus Centros de Intervenção Precoce, com equipe de cinco profissionais de fisioterapia, terapia ocupacional, fonoaudiologia, psicologia, enfermagem ou assistência social, para o tratamento e reabilitação das crianças atendidas.


A primeira capacitação ocorrerá desta segunda-feira,14, até o sábado,19. As equipes de dez policlínicas regionais — Caucaia, Baturité, Pacajus, Russas, Limoeiro do Norte, Barbalha, Sobral, Crateús, Camocim e Tianguá – serão capacitadas.

TVJ1

Terra volta a tremer entre Jaguaribe e Solonópole

Distrito de Nova Floresta, em Jaguaribe, onde ocorreu tremores de terra nesta segunda-feira (14)

A terra volta a tremer no Interior do Ceará, entre os municípios de Solonópole e Jaguaribe. O mais recente tremor foi sentido na manhã desta segunda-feira, 14, na localidade de Nova Floresta. 

De acordo com o Centro de Sismologia da Universidade de São Paulo (USP), o tremor ocorreu às 6h48, com magnitute estimada em 3.9 graus na Escala Richter.

No sábado passado, foi registrado outro tremor na mesma região, com magnitude 2.3. Os dois eventos foram também registrados pelo Laboratório de Sismologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (Labsis).

Na manhã desta segunda-feira, foi sentido um forte abalo que derrubou objetos de prateleiras na localidade de Nova Floresta, em Jaguaribe, na fronteira com Solonópole, segundo informou a dona de casa, Maria de Souza.

No domingo, dia 6, por volta das 17h30, houve dois tremores seguidos, sentidos em Nova Floresta, Feiticeiro, e outros sítios da região.

Técnicos da Comissão Estadual de Defesa Civil visitaram a região para orientar os moradores, esclarecer sobre os abalos sísmicos e distribuíram cartilhas com informações básicas.

“Estamos assustados”, disse a dona de casa, Luíza Alves. “Moveis e objetos da casa tremeram”.

As professoras Evênia Maia e Geza Jacinto, do distrito de Nova Floresta, confirmaram que antes do tremor estava chovendo e houve um forte estrondo. “Parecia um trovão”, disse Evênia Maia. “Estava sentada na cama, passando protetor, quando senti a terra tremer e a cama de madeira também balançou”.


O armário da casa da professora, Geza Jacinto, tremeu. “Parecia que tudo estava se quebrando”, contou.

Desta vez, o tremor também foi sentido por moradores da cidade de Solonópole, segundo vereador Thiago Bastos.

Diário do Nordeste

Governo anuncia Eugênio Aragão como novo ministro da Justiça

O subprocurador-geral da República Eugênio Aragão, anunciado pelo Palácio do Planalto como novo ministro da Justiça (Foto: Roberto Jayme/TSE )

A Presidência da República anunciou nesta segunda-feira (14) que o o subprocurador-geral da República Eugênio Aragão assumirá o cargo de ministro da Justiça no lugar de Wellington César Lima e Silva, empossado há 11 dias.

Eugênio Aragão, 56 anos. entrou no Ministério Público Federal em 1987 e é um dos 73 sub-procuradores-gerais da República. Ele coordenou áreas como Direitos das Populações indígenas, Defesa do Patrimônio Publico e já foi dirigente da Associação Nacional dos Procuradores da República. Segundo a Procuradoria-Geral da República, é formado em direito pela Universidade de Brasília (UnB), mestre em direito e internacional dos direitos humanos pela Universidade de Essex (Inglaterra) e doutorando em direito internacional público pela Universidade de Bochum (Alemanha).

Procurador de Justiça na Bahia, Wellington Lima e Silva foi empossado no último dia 3, mas, no dia 9, o Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu, com base na Constituição Federal, de 1988, que membros do Ministério Público, como promotores e procuradores de Justiça, não podem exercer cargos fora da instituição, a não ser como professores.

No julgamento, o Supremo estipulou prazo de 20 dias, a partir da publicação da ata do julgamento, que se deu nesta segunda, para Lima e Silva decidir se continuaria no Ministério Público ou se pediria exoneração definitiva do MP para continuar como ministro da Justiça.

Embora também seja procurador, Aragão foi indicado ministro, segundo informou a Casa Civil, porque entrou no Ministério Público Federal antes de 1988, quando ainda não havia a proibição que, no entendimento do Supremo, a Constituição determina.

Os ministros do Supremo argumentaram que o exercício de cargo no Executivo por membro do MP leva a uma situação de "subordinação". “Quem exerce função de Estado, como é o caso do membro do Ministério Público, não deve poder exercer função de governo. Função de Estado exige distanciamento crítico e imparcialidade. Função de governo exige lealdade e engajamento”, afirmou o ministro Luís Roberto Barroso, do STF.

Segundo informações de ministros do Supremo, não há vedação para Eugênio Aragão assumir a função porque ele entrou na carreira no Ministério Público antes de 1988, e a Constituição autoriza expressamente no artigo 29 do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias.

Na semana passada, Wellington Lima e Silva disse que só decidiria se permaneceria ou deixaria o governo após uma conversa com Dilma, o que, segundo a assessoria do Ministério da Justiça, já aconteceu.

Nesta segunda-feira, mais cedo, antes da confirmação do novo ministro da Justiça, o chefe da Casa Civil, Jaques Wagner, um dos responsáveis pela indicação de Wellington Lima e Silva, disse que, diante da decisão do STF, não achava "justo" pedir para o ministro permanecer no cargo.

“O que é racional neste momento? Ele trocar 25 anos de Ministério Público por três anos [de governo]? […] Eu jamais pediria para ele ficar [no governo] porque não acho justo. Mas, sim, eu fico pesaroso porque ele é um tremendo quadro. Mas tudo bem. Se não pode, não pode”, declarou Wagner.

Nota

Leia a íntegra da nota da Presidência

Nota à imprensa

A presidenta da República, Dilma Rousseff, informa que o ministro da Justiça, Dr. Wellington César Lima e Silva, deixará a pasta, tendo apresentado seu pedido de demissão.

Assumirá o Ministério da Justiça, o sub-procurador geral da República Dr. Eugênio José Guilherme de Aragão.

A presidenta agradece ao ministro Dr. Wellington César Lima e Silva pelo seu compromisso e desprendimento.

Secretaria de Imprensa
Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República

G1

Wellington César pede demissão do Ministério da Justiça


O Palácio do Planalto confirmou nesta segunda, 14, em nota, que o ministro da Justiça, Dr. Wellington César Lima e Silva, deixa a pasta após apresentar pedido de demissão. Lima e Silva, que é procurador no Estado da Bahia, estava há 11 dias no cargo.

Na semana passada, o Superior Tribunal Federal (STF) decidiu que ele não poderia acumular o cargo de ministro com o de procurador e deu o prazo de 20 dias para que ele decidisse se largaria a carreira para permanecer no governo da presidente Dilma Rousseff. "A presidenta agradece ao ministro Dr. Wellington César Lima e Silva pelo seu compromisso e desprendimento", diz a nota assinada pela Secretaria de Imprensa. Na nota, o Planalto informou ainda que assumirá a pasta o sub-procurador-geral da República Dr. Eugênio José Guilherme de Aragão.

ESTADÃO conteúdo

Agências dos Correios não vão mais abrir aos sábados


A partir do próximo sábado, 19, a maioria das agências dos Correios não vai mais abrir aos sábados. A medida é uma forma de reduzir os gastos da empresa e tentar chegar ao fim do ano com o orçamento em dia. Apenas as agências com grande movimentação, como em aeroportos e rodoviárias, continuarão abertas aos sábados.

O presidente dos Correios, Giovanni Queiroz, diz que até o fim do ano, a empresa espera economizar R$ 1,6 bilhão com ações de redução de despesasValter Campanato/Agência Brasil

“Queremos fazer um ajuste financeiro para, que ao final deste ano, os Correios não tenham deficit como no ano passado”, explicou o presidente dos Correios, Giovanni Queiroz. O balanço de 2015 da empresa ainda não foi concluído, mas no final do ano passado, Queiroz estimava que o deficit da estatal chegaria a R$ 2 bilhões.

Segundo o presidente, muitas agências são deficitárias e com baixo fluxo de clientes aos sábados, como a de Teófilo Otoni (MG), onde a receita média aos sábados é R$ 416 e a despesa para abrir é R$ 6,6 mil. “Não há nada que justifique estar aberta ao sábado”, diz. A medida não vale para as agências franqueadas dos Correios, só para as agências próprias. Atualmente, os Correios têm 6.471 agências próprias e 1.011 franqueadas.

Redução de despesas

Até o fim do ano, a empresa espera economizar R$ 1,6 bilhão com diversas ações de redução de despesas. Os Correios estudam a possibilidade de fundir agências que estejam próximas, realocando os funcionários e fechando as que dão prejuízo. Ainda neste mês, um projeto-piloto deve começar a funcionar no Distrito Federal e depois pode ser levado para outras cidades do país.

Queiroz deu o exemplo de sua cidade natal, Redenção (PA), onde atualmente há duas agências dos Correios, mas uma delas é pequena e deficitária. “Tem uma agência maior, em que faltam funcionários, e tem muito mais condições, fica a 800 metros da outra. Não faz sentido manter essa outra, porque tem um custo muito alto”, diz. Ele garante que nenhum município ficará sem pelo menos uma agência dos Correios.

O presidente fez uma recomendação para que todas as agências reduzam o pagamento de horas extras e o trabalho noturno dos funcionários. No ano passado, a empresa pagou R$ 720 milhões com hora extra. “Em nenhuma circunstância vamos prejudicar o serviço, vamos fazer um ajuste de gestão”, garante.

O corte pela metade dos gastos com publicidade e patrocínio, que no ano passado significou R$ 380 milhões, também é objetivo dos Correios para economizar. Outras medidas administrativas, como revisão de contratos de aluguel, redução do uso de carros, telefone, viagens e diárias serão adotadas. Também será feita uma auditoria na folha de pagamento para detectar pagamentos irregulares de benefícios.

Aumento de arrecadação

Para aumentar as receitas, os Correios vão começar a prestar os serviços de telefonia móvel virtual, chamada de MVNO (Mobile Virtual Network Operator). A concorrência para escolher a operadora de celular que irá fazer a parceria com os Correios para vender o chip com a marca da empresa será feita nesta semana. Com o serviço, a empresa pretende arrecadar R$ 282 milhões nos cinco anos de contrato.

Outra medida para aumentar a arrecadação dos Correios será a ampliação do número de agências que oferecem a venda de consórcios, como de veículos e imóveis, de 190 para 3,2 mil até o fim do ano. A estatal também vai investir no setor de logística e já iniciou a negociação para ser o operador logístico oficial de todos os setores do governo federal, como já faz com a distribuição de livros didáticos e de medicamentos.


Agência Brasil