-->

2 de setembro de 2015

PF abre inquérito para apurar danos na reitoria da UFC


Polícia Federal no Ceará vai instaurar inquérito para apurar os fatos relacionados à ocupação feita ontem (1º) por estudantes na reitoria da Universidade Federal do Ceará (UFC). Os alunos que ocuparam o prédio fazem parte do movimento grevista estudantil, que começou no último dia 19 de agosto. Eles reivindicam equiparação das bolsas estudantis da UFC ao salário-mínimo e reajuste do auxílio-residência, entre outros pontos.

A Procuradoria-Geral da UFC também deve providenciar denúncia contra estudantes que tenham provocado danos ao patrimônio durante a ocupação. A informação foi dada hoje (2) pela coordenadoria de comunicação social da universidade.

A ocupação teve início no fim da tarde de ontem e terminou hoje pela manhã de forma pacífica, após negociação com a Polícia Federal. Os estudantes quebraram portas, usaram móveis como barricadas e picharam paredes do salão nobre da reitoria com frases de ordem e reivindicações. “Quebramos uma porta, por que ninguém ocupa uma reitoria tocando campainha. Nenhum móvel da exposição do salão foi danificado. Pichamos as paredes com palavras de ordem e algumas de nossas pautas. Deixamos o lugar limpo, não nos foi dado tempo para a arrumação completa do recinto”, explica o comando de greve por meio de notas enviadas pelo Facebook.

A Polícia Federal fez perícia no local hoje de manhã para levantar os danos. O laudo será usado para a instrução do inquérito.

Na manhã de ontem, o comando de greve esteve com o vice-reitor Custódio Almeida, que está no exercício da reitoria, e entregou uma carta com as reivindicações do movimento. Segundo nota da instituição, foi acertado no encontro que um “diálogo permanente” seria mantido.

Por sua vez, o comando de greve diz que não houve tal abertura. “O vice-reitor não se mostrou, de forma alguma, acessível e solícito às nossas pautas. A reitoria permanece com as contas fechadas, o que nos impede de saber a real situação das verbas.”

No fim desta tarde, os estudantes grevistas fizeram uma reunião para avaliar a ocupação e definir as próximas ações da greve.

Servidores do INSS decidem continuar em greve


Os servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) decidiram em assembleia geral realizada nesta quarta-feira, 2, pela continuidade da greve. A reunião ocorreu no prédio da Gerência Executiva do órgão e contou com aproximadamente 200 trabalhadores. A categoria reivindica concurso público, condições de trabalho para um melhor atendimento da população e incorporação das gratificações.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores Federais em Saúde, Trabalho e Previdência Social no Estado do Ceará (Sinprece), uma delegação formada por oito servidores seguiu, logo após a assembleia, rumo à Brasília para participar de uma plenária organizada pela Federação Nacional dos Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social (Fenasp). 

Conforme os dados do Sindicato, mais de 95% dos cerca de 2.500 trabalhadores federais do INSS aderiram ao movimento grevista no Ceará. O Estado conta com 87 agências do Instituto, distribuídas em três gerências (Fortaleza, Juazeiro do Norte e Sobral).

O POVO Online

Senado proíbe doação de empresas a candidatos e a partidos


O plenário do Senado aprovou na noite desta quarta-feira, 2, uma proposta do pacote da reforma política que proíbe empresas a doarem a partidos. A Casa já havia recusado anteriormente a possibilidade de pessoas jurídicas fazerem contribuições diretamente para partidos políticos. A mudança, que passou com o apoio de 36 votos contra 31, ocorreu a partir da aprovação de uma sugestão apresentada pela senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM).

Os senadores permitiram doações de pessoas físicas. Contudo, houve um acordo para permitir que, em vez de limitado a 10% dos rendimentos que elas tiveram no ano anterior à eleição, as pessoas físicas não terem nenhuma limitação para fazerem contribuições eleitorais.

Embora sem teto de doações para pessoas físicas, a senadora Vanessa Grazziotin elogiou a decisão de acabar contribuição de pessoa jurídica. "Pessoas físicas, essas, sim, têm todo o direito de doar para quem quer que seja, porque elas são pessoas físicas, elas atuam votando e ajudando os candidatos que apoiam, e não as pessoas jurídicas", defendeu Vanessa.

Em votação simbólica, o plenário do Senado já havia aprovado o texto-base da reforma política. No momento, os senadores discutem novas alterações ao texto. Ao final da votação, o texto terá de voltar para a Câmara. Os deputados anteriormente aprovaram doações de empresas a partidos, com limitações.

O povo Online

Dupla é suspeita de realizar quatro assaltos em apenas quatro dias em Fortaleza


Pelo menos quatro estabelecimentos comerciais na rua Torres Câmara, na Aldeota, foram assaltados desde a última sexta-feira,29. O vídeo de um dos assaltos foi divulgado em redes sociais e, de acordo com comerciantes, os homens que aparecem nas imagens são os mesmos de todos os roubos. A Polícia ainda não pode afirmar que os autores são os mesmos, mas afirma que está investigando os casos.


Na sexta-feira, entre as 14h30min e as 15h30min, duas lojas, localizadas a um quarteirão de distância uma da outra, foram assaltadas. A dinâmica do crime, de acordo com os comerciantes, é a mesma: dois homens, um entra fingindo ser cliente, tira uma arma (que segundo testemunhas parece ser um revólver calibre 38) e anuncia o assalto. Clientes e vendedores são feitos reféns e, em seguida, o outro suspeito entra no estabelecimento. 

"O gordinho que aparece no vídeo colocou a arma na minha cabeça e rendeu mais três clientes. Ele levou R$ 60 mil do caixa, telefones celulares, relógio, alianças... depois mandou a gente ficar de joelho, sempre dizendo que o revólver estava engatilhado", contou o sócio-proprietário de uma loja de alimentos e bebidas, que preferiu não se identificar, assim como os outros comerciantes. 

Na segunda loja assaltada, minutos depois, a proprietária lembrou que, em 15 anos de comércio, nunca havia sido alvo de bandidos. "Colocaram todo mundo no banheiro. Os dois eram muito frios e calmos. Como eu cheguei no meio do assalto, me assutei e acabei desmaiando", contou.

Na segunda-feira, 31, um estabelecimento de venda de suplementos alimentares também foi alvo da dupla. O vídeo foi feito neste local e divulgado entre os comerciantes da rua. O dono do comércio afirma que o prejuízo chega a R$ 18 mil, entre aparelhos eletrônicos, produtos e alianças. "É um absurdo a gente ficar sujeito a isso. As mesmas pessoas assaltam lojas quase vizinhas em menos de uma semana", considerou. Outro comércio, um pet shop, também foi assaltado. A proprietária preferiu não falar sobre o ocorrido.

De acordo com o titular do 2º Distrito Policial, na Aldeota, Ricardo Romagnoli, ainda não há como confirmar que os suspeitos são os mesmos em todos os assaltos. "Temos BO (Boletim de Ocorrência) de todos os estabelecimentos e estamos investigando", destacou.



O povo Online

Polícia desarticula quadrilha chefiada por espanhol e apreende 108 kg de maconha


A Polícia Civil, através da Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD), prendeu cinco homens, entre eles, dois espanhóis, e apreendeu 108 kg de maconha, nesta terça-feira, 1. A quadrilha de tráfico de drogas atuava em Fortaleza, Maracanaú e Caucaia. O chefe do esquema criminoso é o espanhol José Torres Torrecilia, 46, conhecido como "Gringo".

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), as ações policiais tiveram início no bairro Cidade Nova, em Maracanaú. Na região, a equipe da DCTD flagrou uma entrega de drogas e capturou dois homens: Gustavo de Lima Uchoa (23), vulgo “Pé de Pano”, e Sérgio dos Santos Castro (38), o “Sérgio da Pavuna”. A Polícia Civil apreendeu 30 kg de maconha no momento em Gustavo entregada o carregamento para Sérgio. Os dois carros usados na entrega - um Punto de placas NQS 4683 e um Honda CRV de placas NQZ 8919 - foram apreendidos. 

Em seguida, os policiais seguiram para a residência do chefe da quadrilha, o "Gringo", no bairro Macunã, em Maracanaú. Foram capturados o líder do grupo criminoso e Júlio Martinez Uceda, 54, também espanhol, que já responde por tráfico. A equipe da Polícia prendeu a dupla e aprendeu 70 kg de maconha no local.

Após as prisões dos espanhóis, os policiais foram até a casa de Sérgio, localizada no bairro Pavuna, em Pacatuba. Conforme a SSPDS, na residência, cinco quilos de maconha foram apreendidos. Finalizando a operação, os policiais se deslocaram até a praia do Cumbuco em Caucaia, onde o mineiro Clayton Gomes Quaresma, 21, foi capturado. Lá, a Polícia encontrou mudas de maconha. 

Todos os presos foram encaminhados à sede da Divisão, onde foram autuados em flagrante por tráfico e associação para o tráfico de drogas, além de associação criminosa. 

O Consulado da Espanha foi comunicado sobre a prisão dupla espanhola e informou a Polícia que eles constavam como desaparecidos e eram procurados pela Polícia Federal.

O POVO Online

Quadrilha assalta banco e troca tiros com a Polícia em Independência


Uma quadrilha com cerca de dez homens, fortemente armados, assaltou uma agência do banco Bradesco, em Independência, a 309 km de Fortaleza, na noite desta quarta-feira, 2. Segundo informações da delegacia do município, os homens chegaram por volta de 18 horas e invadiram o local, fazendo funcionários de reféns.

Houve troca de tiros e um policial foi baleado no braço. O militar foi encaminhado ao hospital da região e passa bem.

Ainda conforme a Polícia, os criminosos estavam em dois carros; um Fiat Uno e uma L200, ambos de cor branca. A quadrilha fugiu nos veículos, levando ainda o carro do gerente da agência, modelo Kia Cerato, de cor vinho. 

O destacamento da Polícia Militar (PM) de Monsenhor Tabosa, município da região, confirmou que o grupo chegou ao local armado com metralhadora e fuzil.

O Batalhão da Polícia Militar (BPM) de Crateús foi enviado para cobrir o assalto e recebeu apoio do policiamento da região de Monsenhor Tabosa, Tamboril e Tauá. A Polícia não confirmou a quantia em dinheiro levada da agência e segue em perseguição à procura dos criminosos.

O povo Online

Governo prevê salário mínimo de R$ 865,50 em 2016


O governo estima que o salário mínimo, hoje em R$ 788,00, será elevado para R$ 865,50 no ano que vem e chegará a R$ 1.020,80 em 2019, primeiro ano do próximo governo.


Os prognósticos foram incluídos na proposta para o Plano Plurianual, que estabelece as prioridades de investimento para os próximos quatro anos. O projeto foi encaminhado nesta segunda-feira (31) pelo governo para o Congresso junto à proposta da lei orçamentária para 2016.

Por lei, o reajuste do salário mínimo tem que ser feito com base na inflação apurada no ano anterior e na variação do PIB (Produto Interno Bruto) de dois anos antes.


ORÇAMENTO DE 2016

O governo entregou ao presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), nesta segunda-feira (31), a proposta de Orçamento da União de 2016 com a previsão de deficit primário de R$ 30,5 bilhões, o que representa 0,5% do PIB (Produto Interno Bruto).

A peça foi apresentada pelos ministros Joaquim Levy (Fazenda) e Nelson Barbosa (Planejamento).

"Devido ao cenário de receitas e, mesmo após o nosso esforço de contenção do crescimento de gastos tanto obrigatórios quanto discricionários, ainda assim, não será possível cumprir a nossa meta anterior de resultado primário que era de R$ 34 bilhões. Diante do novo cenário de receitas e despesas, nós teremos nossa previsão, para o próximo ano, de um déficit primário de R$ 30,5 bilhões", anunciou Barbosa.

Fonte: Folhapress

Secretária da Educação e empresários são presos suspeitos de fraude na merenda escolar


O Ministério Público do Estado do Ceará (MP-CE) deflagrou, nesta quarta-feira (2), a operação “Hora do Lanche”, que cumpriu mandados de prisão e de busca e apreensão em Russas, Caucaia e Fortaleza. Foram efetivadas três prisões temporárias e uma  condução coercitiva, envolvendo agentes públicos e proprietários de empresas fornecedoras de merenda escolar para a rede municipal de ensino da cidade de Russas.

Durante as diligências, foram presos a secretária municipal de Educação, Morlânia de Holanda Chaves; a cunhada dela e coordenadora do setor responsável pela merenda escolar, Cheria Cristina Costa Monteiro; e o proprietário da N.R. de Lima, Natanael Rodrigues de Lima. Eles sao acusados de vários crimes, incluindo fraude em licitações, falsificação de documentos, superfaturamentos de preços e falsidade ideológica.

A operação é resultado de articulação conjunta entre os promotores de Justiça do Núcleo de Tutela Coletiva (NUTEC) da 4ª Unidade Regional do MPCE, com sede no Município, em parceria ainda com o Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (GAECO) e equipes da Polícia Civil.
                                                                              
As empresaa envolvidas nas fraudes (Bruna Alves Castro de Sousa-ME) e N.R. de Lima-ME, pertencem ao mesmo grupo. Os mandados de busca e apreensão foram cumpridos na Prefeitura de Russas, nas residências dos investigados e nas sedes das referidas empresas.

De acordo com as investigações, de 2014 a 2015, a Prefeitura realizou licitações para o fornecimento de merenda escolar. No entanto, os itens eram fornecidos por vendedores   locais.                     

A apuração mostrou que as empresas envolvidas têm movimentação financeira paralela, mostrando a ocorrência de um conluio para fraudar licitações. Além disso, os preços da contratação foram superfaturados, denotando o desvio de verbas públicas.

Diário do Nordeste

Governo quer impedir desvio de água no Rio Jaguaribe


Governo do Ceará decidiu adotar providências severas contra a ação de proprietários rurais de municípios do Baixo Jaguaribe, que estão a desviar água do rio de mesmo nome para atividades ilegais de cultivo de arroz, cana de açúcar, feijão, milho e frutas e até de carcinicultura (criação de camarão).

Há um político importante da região envolvido nas denúncias.

As atividades são ilegais porque os proprietários rurais denunciados não têm outorga da Cogerh para o uso da água do Jaguaribe.

O momento é de crise hídrica, razão pela qual todo cuidado com o uso da água, neste momento, é pouco.

Para mostrar que agirá contundentemente, o governo estadual acaba de criar uma força-tarefa de fiscais da Secretaria de Recursos Hídricos, da Cogerh, da Semace e do Ministério Público, que, com o apoio de escolta policial, “invadirá” as propriedades para apreender as moto-bombas utilizadas no desvio da água.

Essa força-tarefa também entrará na Justiça com processo contra os “desviadores” de água.

Foi apurado que um político, com grande influência em um dos municípios do Vale do Jaguaribe, seria um dos proprietários rurais que, sem outorga da Cogerh, desviam água do rio São Jaguaribe para viveiros de criação de tilápia.

Na semana passada, o secretário de Recursos Hídricos, engenheiro Francisco José Teixeira Coelho, ex-ministro da Integração Nacional, disse a um grupo de empresários da indústria e da agropecuária que “é crítica a situação da oferta de água” no Ceará.

Há poucos dias, uma equipe de técnicos da SRH, Cogerh, Semace e do Ministério Púbico sobrevoou de helicóptero o Baixo Jaguaribe e observou que há, realmente, desvios de água do Jaguaribe feitos por pessoas físicas e jurídicas que não têm outorga. Suas terras localizam-se às margens do rio.

Diário do Nordeste

Mistério em Fortaleza: cadáver é "desovado" no lixo


Um crime misterioso foi registrado na manhã desta terça-feira (1º) na zona Oeste de Fortaleza. Um corpo humano, do sexo masculino, foi encontrado abandonado em um monte de lixo em plena via pública. O caso de “desova” será investigado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e pela Perícia Forense do Ceará (Pefoce).

Passavam poucos minutos  das 9 horas, quando um pedestre passou pelo local, na Rua General Mário Hermes, no bairro Álvaro Weyne,  e ficou curioso diante do intenso mau-cheiro que era exalado do monturo. Ele, então, se aproximou dali e viu um grande volume em um saco plástico.

Curioso, o homem – que seria um vigilante residente nas proximidades  – se aproximou ainda mais e acabou descobrindo que se tratava de um corpo humano. Imediatamente, ele chamou a Polícia através do telefone 190. Uma patrulha do Ronda do Quarteirão foi a primeira a chegar no local da denúncia e confirmou a informação recebida pela Ciops (Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança).

Rígido
Com a chegada ao local da equipe da DHPP e da Perícia Forense, o saco foi aberto e a suspeita confirmada. Ali estava o cadáver de um homem que aparentava  aproximadamente 20 a 25 anos de idade, pele morena, cerca de 1,65 metro de altura, e que estava vestido apenas com uma bermuda azul. O cadáver apresentava sinais de violência. A vítima pode ter sido morta através de espancamento com um instrumento contundente.

O perito criminal Rômulo Lima informou às equipe de Reportagem que cobriram a ocorrência que o cadáver, apesar do mau-cheiro, não estava, ainda, em estado de completa putrefação, mas muito rígido. Ele estima que o homem  provavelmente pode ter sido morto em torno de 20 horas antes.

Apesar da presença de muitas pessoas no local, ninguém reconheceu a vítima.  O cadáver, então, foi recolhido pela equipe do rabecão da Pefoce e encaminhado ao necrotério da Coordenadoria de Medicina Legal (Comel), onde será  necropsiado e colocado na geladeira onde ficará por até 20 dias – prazo para que seja feito o reconhecimento.  

Caso nenhum parente compareça para reclamar o cadáver, este será sepultado como indigente, depois de fotografado e retiradas amostras de sangue para exame de DNA.
Este foi o primeiro caso de assassinato registrado pela Polícia na Capital no mês de setembro.  O local da “desova” pertence à Área Integrada de Segurança Um (AIS-1). 

Blog do Fernando Ribeiro

Ceará é o terceiro do Brasil onde jovens não estudam nem trabalham


O Ceará é o terceiro estado brasileiro com o maior número de jovens (entre 15 e 24 anos) que não estudam, não trabalham e possuem renda familiar per capita menor ou igual a um salário mínimo (R$ 788). Ele aparece ainda como o quinto do País com maior taxa de analfabetismo na população de 15 ou mais anos de idade.

A informação, do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), integra a nova edição do Atlas da Vulnerabilidade Social nos Municípios Brasileiros. A pesquisa considera a ausência e a insuficiência de recursos ou estruturas, como fluxo de renda, condições adequadas de moradia, acesso a serviços de educação, entre outros.

Apesar da desigualdade, e repetindo a média nacional, o Estado conseguiu reduzir em 27% o seu Índice de Vulnerabilidade Social (IVS), saindo de 0,530, nos anos 2000, para 0,385, em 2010. Com a posição, o Ceará fica na frente de Tocantins (0,521), Pará (0,488), Acre (0,469), Rio Grande do Norte (0,461), Amazonas (0,443), Paraíba (0,414), Pernambuco (0,404), Piauí (0,403), Roraima (0,403) e Rondônia (0,393).

Para a professora Neyara Araújo, do Departamento de Ciências Sociais da Universidade Federal do Ceará (UFC), a redução pode ser explicada pelo aumento do poder de consumo do brasileiro. No entanto, a pesquisadora acredita que ainda não é por esse caminho que o País deve conseguir melhorias mais expressivas. “Ao mesmo tempo em que se segura uma crise e se gera emprego, cria-se uma mentalidade muito apressada no sentido da riqueza. Não quebra a vulnerabilidade”, considera Neyara.

Vulnerabilidade

Entre os municípios com maior número de jovens que não estudam e nem trabalham, estão Palmácia, Catarina, Umari, Ibicuitinga e Umirim. Fortaleza, nesse contexto, passou por uma redução de 28% entre os anos 2000 e 2010, e se encontra, atualmente, como o município do Estado com menos jovens com essa característica. 

Apesar de ter reduzido em 22% suas taxas de analfabetismo, Salitre continua, assim como nos anos 2000, no topo das cidades cearenses que mais concentram pessoas que não sabem ler nem escrever. Fortaleza, pelo mesmo aspecto, sofreu uma redução de 38% e se apresenta como a cidade com menor índice de analfabetos.

Saiba mais

Cenário nacional

Em dez anos, o Brasil reduziu em 27% o Índice de Vulnerabilidade Social (IVS). Com a redução, o número de municípios com alta ou muito alta vulnerabilidade caiu de 3.610 para 1.981. No mesmo período, o número de municípios com baixa ou muito baixa vulnerabilidade social subiu de 638 para 2.326. As maiores disparidades foram encontradas nas regiões Norte e Nordeste.

Indicadores

Com indicadores categorizados em Infraestrutura, Capital Humano e Renda e Trabalho, a pesquisa trata saneamento básico, mortalidade infantil, educação, trabalho e mulheres que têm filho na adolescência.

O povo Online