-->

19 de novembro de 2018

Russas CE - Atualizado as 19;58 min


OCUPAÇÃO

AUXILIAR DE ESCRITÓRIO
CONSULTOR DE VENDAS
INSTRUTOR DE CURSO DE CORTE E COSTURA
PEDREIRO DE ACABAMENTO
SUPERVISOR DE VENDAS
VENDEDOR PORTA A PORTA
VENDEDOR PRACISTA

SINE/IDT de RUSSAS - Av. Cel. Araújo Lima, 1458A Centro.   Atendimento - 07:30 às 14:00 

Blog; Erivando Lima 

Paralisação sistema de abastecimento Russas 20/11/2018 terça feira MARCELO ACELINO DE OLIVEIRA Seg 19/11/2018, 13:42



Em nome da CAGECE no município de Russas venho comunicar que está programado paralisação do abastecimento de água deste município prevista para a data de 20/11/18 (terça-feira) em virtude  de realização de manutenção na adutora de água bruta

Solicito as emissoras de rádio a divulgação deste comunicado no sentido de nos apoiar nos esclarecimentos a população, desde já agradeço a todos pela contribuição.
Att,


Quixadá CE - plantão policial 19 11 2018- Atualizado as 19;20 min


QUIXADÁ CE RECUPERAÇÃO DE MOTOCICLETA COM QUEIXA DE ROUBOU/FURTO. 

Dia 19/11/2018, por volta das 07 h 30 min, a composição da RP 9021, foi informada pelo COPOM, que na Rua Juvêncio Alves, bairro Bôto, Quixadá-CE, havia uma motocicleta abandonada, no local indicado foi localizado uma moto da marca HONDA, modelo CG 125 FAN KS, ano 2011, modelo 2012, da cor preta, que ao ser pesquisado junto ao sistema de informações, foi verificado que com contra a mesma existia uma queixa de ROUBO OU FURTO, o veículo foi encaminhado a Delegacia Regional de Polícia Civil para a adoção das medidas cabíveis.




MORADA NOVA ROUBO A VEÍCULO 

Segunda feira dia 19/11/2018 por volta de 06 h, a equipe da VTR 9113, recebeu uma denúncia via 190 de que houve um roubo a um carro modelo Gol de cor prata no distrito do Aruaru, onde a Viatura fez saturações na área mas não teve nenhuma informação que levasse ao paradeiro dos elementos, somente que eles fugiram sentido Cristais/BR 116, que o veículo é um carro Modelo GOL de cor prata, ano 2006/2007 que a vítima informou que dois elementos armados de revólver, de moto de características não percebidas, de capacetes, chegaram e anunciaram o assalto e levaram o carro do mesmo, a vítima seguiu para a Delegacia para fazer o boletim de ocorrência.




JAGUARETAMA CE PRISÃO POR PORTE ILEGAL DE ARMA DE FOGO 

Segunda feira dia 19/11/2018  por volta de 06 h, a equipe da VTR 9123, recebeu uma denúncia via 190 que um elemento conhecido como ´´BEBE´´ estaria escondido na região da localidade de Sitio Caiçara, Zona Rural de Jaguaretama e que o mesmo participa de organizações criminosas na região denominada PCC e de pronto os policiais tiveram apoio da composição de Jaguaribara para a prisão, que o elemento foi localizado e estava de posse de uma espingarda calibre 12 mm municiada e com uma moto com quixa de roubo, que participou dos dois últimos homicídios de Jaguaribara, a moto do preso Honda Fan de cor preta 150 CC de Aracati, que o elemento confessou a participação nos últimos homicídios, que foi encaminhado para a Delegacia de Jaguaribe.




 BANABUIÚ ACHADO DE CADÁVER  

 Dia 19/11/2018 (Segunda-Feira), por volta de 12 h 20 min a VTR 9351, foi solicitada via 190, que na residência da dona Maria estava exalando um mal cheiro muito forte, e que a mesma morava sozinha e não respondia, e que dona Maria teria sido vista pela última vez sábado à tarde, foi quando parentes da mesma adentraram a residência, e encontraram a idosa morta dentro de uma rede, de pronto a guarnição da polícia militar solicitou a presença do rabecão, pericia, e polícia civil, esteve presente o perito na VTR 7034, e o inspetor da delegacia municipal de Banabuiú, não foi encontrado nenhum indício de violência no local. O corpo de dona Maria foi conduzido ao IML de Quixeramobim para submeter-se aos procedimentos cabíveis.


Acusado de liderar esquema criminoso que desviou R$ 430 milhões do Estado é preso


Foragido da Justiça, o empresário do setor têxtil cearense foi detido em uma fazenda, em Alagoas

O empresário Jovilson Coutinho Carvalho, acusado de liderar um esquema de sonegação no setor têxtil cearense, foi preso pela Delegacia de Crimes Contra a Administração e Finanças Públicas, da Polícia Civil do Ceará (PCCE), no Estado de Alagoas, na última quinta-feira (15). A organização criminosa teria desviado R$ 430 milhões do Estado do Ceará.

De acordo com os autos do processo que Jovilson responde por crimes contra a ordem tributária, o foragido da Justiça foi encontrado em uma fazenda, no Município de São José da Laje (AL), por volta de 15h, e não ofereceu resistência à prisão. Ele foi levado ao 119º DP, em Santana do Acaraú (AL) e deve ser transferido ao Ceará nas próximas horas

O empresário foi denunciado pelo Ministério Público do Ceará (MPCE) por crimes contra a ordem tributária, lavagem de dinheiro e organização criminosa, junto de mais 18 acusados de participar de um esquema criminoso que teria causado um  prejuízo de R$ 430 milhões aos cofres públicos do Estado do Ceará e realizado movimentações financeiras de um valor que ultrapassa R$ 1 bilhão.

A quadrilha, acusada de cometer os crimes por mais de dez anos, foi alvo da Operação Dissimulare, deflagrada em setembro de 2017. De acordo com o MPCE, Jovilson constituía empresas de fachada, compostas por sócios-laranjas e, através delas, comprava tecidos em outros Estados, repassando-os a outras empresas beneficiadas. Assim, o grupo burlava o recolhimento de ICMS, e possibilitava a revenda por um preço bem mais baixo, causando prejuízo aos cofres públicos estaduais. Na investigação, a Polícia Civil detectou a existência de 27 empresas de fachada.

A defesa do preso não foi localizada. Um advogado que defendia Jovilson Carvalho e consta em alguns processos como representante do mesmo informou que não atende mais ao empresário. Um amigo de Jovilson disse que ele não constituiu advogado, no momento.

Red; DN 

Quixadá CE - plantão policial 18 11 2018


QUIXADÁ CE TENTATIVA DE HOMICÍDIO A BALA 

Dia 18/11/2018, por volta das 18 h 40 min, o COPOM foi informado de disparos de arma de fogo na Rua 3, Quadra C, Residencial Raquel de Queiroz. Foi acionado a composição da CP 9093, que foi ao local constatou a veracidade da informação, populares disseram que um indivíduo de blusa azul chegou atirando em uma pessoa conhecido como M., mas acertou no Sr. E. M.B 30 anos, casado, pedreiro, natural de Quixadá, residente na Travessa Paraguai, Bairro São João em Quixadá-CE, que estava próximo ao atentado, foi atingido com um tiro na cabeça. Quando a composição policial chegou a vítima já havia sido socorrida para UPA, em seguida a citada composição foi para UPA, onde foi informado que a vítima seria transferido para o IJF em Fortaleza. Populares informaram que já é a terceira vez que tentam contra a vida do M.




 QUIXERAMOBIM  CE LESÃO CORPORAL À GARGALO DE GARRAFA 

Dia 18/11/2018 (Domingo) por volta das 19 h 10 min o Copom recebeu uma ligação via 190 dando conta que havia dado  entrada no Hospital Regional Dr. Pontes Neto de Quixeramobim-Ce, 02 (dois) indivíduos lesionados a gargalo de garrafa. A composição da VTR 9331, foi acionada para o local donde ao chegar comprovou a veracidade da informação. As vítimas foram identificadas como sendo o agricultor A. B. DA S., brasileiro, divorciado, residente na Travessa Luciano Coutinho, Bairro Conjunto Esperança, Quixeramobim-Ce, foi lesionado com um golpe de gargalo de garrafa na cabeça e F. T. F. DA S., residente na Travessa Luciano Coutinho, Bairro Conjunto Esperança, Quixeramobim-Ce, foi lesionado com um golpe de garrafa na boca. Segundo as vítimas estavam bebendo quando se desentenderam com um companheiro de farra que quebrou um litro e os agrediu. Segundo as vítimas os mesmos não sabem o nome de seu agressor que fugiu tomando  rumo ignorado. OBS. A composição da VTR realizou diligências em toda a área onde se deu o fato, porém o autor não foi identificado nem localizado.



BANABUIÚ CE ACHADO DE CADÁVER 

 Morte Natural dia 18/11/2018 (Domingo), Por volta de 17 h 50 min, a composição VTR 9351, foi solicitada por um  Sr. para que fossemos na residência de seu irmão pois o mesmo teria sido encontrado morto no quintal. Dirigiu-se também o Inspetor na VTR 6491, da Delegacia Regional de Quixadá. Tratava-se do Sr. F. J. L. S. 39 anos, solteiro, servente de pedreiro, residente na Rua Francisco Calixto, em Banabuiú-CE. Não foi encontrado nenhum indício de violência, e que o mesmo tinha problema de alcoolismo e já havia tido três paradas cardíacas, segundo relato dos familiares. Diante dos Fatos o mesmo foi conduzido ao hospital municipal de Banabuiú para procedimentos cabíveis.




 PEDRA BRANCA HOMICÍDIO À FACA e Prisão do Autor 

Domingo dia 18/11/2018, por volta das 21 h 30 min, a PM, recebeu  uma denúncia anônima via 190, de que um indivíduo havia lesionado à faca, uma pessoa conhecida por “Facão” na Avenida Doca Belo, próximo a Rua Cirilo Simão de Oliveira, bairro Santa Úrsula em Pedra Branca. De pronto, foi acionada  a VTR 9182, que retornava da cidade de Senador Pompeu, por ocasião de um fragrante. Chegando ao local do crime constatou que a vítima era o Sr. N. R. L. 34 anos, natural de Leme-SP, residente na Avenida Sabino Vieira Cavalcante no Bairro Santa Úrsula, o mesmo havia sido socorrido por populares para o Hospital Municipal local, porém segundo informações da equipe médica, o mesmo deu entrada já em estado de choque, causado por uma única perfuração, vindo a óbito logo em seguida. Diante do fato a composição colheu informações ainda no local do crime, que culminou com a prisão em fragrante do autor o Sr. F. F. DE L. 62 anos, natural de Pedra Branca,  residência, Rua Cirilo Simão de Oliveira, Bairro Santa Úrsula, que confessou a autoria do delito e em seguida conduzido para Delegacia Regional de Polícia Civil em Senador Pompeu, para lavratura do procedimento.




SENADOR POMPEU HOMICÍDIO A BALA e prisão de um dos envolvidos 

Domingo dia 18/11/2018, por volta das 17 h 30 min, o COPOM foi informado através do 190, que havia ocorrido um homicídio a bala na Rua São Francisco, Bairro Pavãozinho em Senador Pompeu. De imediato foi acionada a composição da VTR 9172, com os PMs, que em seguida se deslocaram ao local informado e lá constataram a veracidade da informação. A vítima trata-se de uma pessoa conhecida como Feia, a Sra. M. L. L. O. 52 anos, Natural de Senador Pompeu, Residente na Rua 10 de Agosto em Senador Pompeu-CE. A vítima encontrava-se em um velório de um tio de seu esposo, sentada na calçada da residência, vizinho a casa onde estava havendo o velório, quando dois indivíduos, um deles portando um revólver, disparou dois tiros a queima roupa em sua cabeça e em seguida fugiram a pé. Vale salientar também que tivemos o apoio do FT, VTR 9222, diligências foram sendo realizadas, e um individuo foi preso, trata-se de A. F. S. N., Vulgo ‘’Pica’’ o mesmo deu o nome do vulgo Maraponga o elemento que atirou na Vítima, o mesmo está sendo cassado por nossas equipes.




QUIXADÁ PRISÃO POR TRÁFICO DE DROGAS 

Dia 18/11/2018, por volta das 20 h 30 min, a composição do RAIO 02, com o apoio da composição da VTRA 015, pertencentes ao 3°Pel/3°Cia do BP RAIO de Quixadá ao realizar saturação no Bairro Monte Alegre, Quixadá-CE, visualizaram um FIAT Palio estacionado em atitude suspeita em frente à base do SAMU, foi realizado a abordagem, onde desceram quatro indivíduos, após a revista nos indivíduos, foi constatado que tratava-se de A. A. DE S. H. 22 ANOS, solteiro, desocupado, natural de Quixadá,  residente na Rua Santa Isabel, Bairro Putiú, Quixadá-CE; T. M. D. S. 26 anos, solteiro, estudante, natural de Quixadá, residente na Rua Reginado Lopes, Bairro Campo Novo, Quixadá-CE; R. A. S. H., solteiro, mototaxista, natural de Quixadá, residente na Rua Santa Isabel, Bairro Putiú, Quixadá-CE; e M. F. H. B., 20 anos solteiro, estudante, natural de Quixadá,  residente na Avenida Presidente Vargas,  Bairro Campo Novo, Quixadá-CE. Ao ser feita a busca no veículo, foi encontrado em baixo do banco dianteiro direito 37 (trinta e sete) gramas de cocaína e 15 (quinze) gramas de maconha, foi dada voz de prisão aos indivíduos e conduzidos para Delegacia Regional de Polícia Civil de Quixadá, onde foram autuados em flagrante delito por Trafico Ilícito de Drogas, conforme Artigo 33, da Lei 1343, Lei de Entorpecentes. E T. M. D. S., e M. F. H. B., foram registrados como testemunhas.



JAGUARETAMA TENTATIVA DE HOMICÍDIO 

Dia 18/11/2018 (domingo), por volta de 15 h 30 min, a equipe da VTR 9123, recebeu uma denúncia via 190 de que um homem havia sofrido uma tentativa de homicídio próximo ao triângulo de Jaguaribara-CE, no Sítio Caiçara, Zona Rural de Jaguaretama-CE. A equipe, de imediato, se deslocou até a localidade, porém a vítima, identificada como J. L. M. 20 anos, natural de Morada Nova-CE, residente no Sítio Caiçara, em Jaguaretama-CE, já havia sido socorrida para o Hospital de Jaguaribara-CE. Segundo informações de populares, por volta das 16 h, um carro, sem identificação exata de cor e placa, teria parado ao lado de um Bar , localizado no Triângulo de Jaguaribara, e 02 (dois) homens encapuzados desceram desferindo vários tiros contra a vítima. Segundo informações colhidas no Hospital de Jaguaribara, a vítima foi atingida por 06 (seis) disparos, foi medicada e, em seguida, encaminhada para o Hospital de Limoeiro do Norte-CE. Os policiais fizeram diligências na localidade, porém não encontraram nenhuma outra informação nem ninguém suspeito.




QUIXERAMOBIM CE POSSE IRREGULAR DE ARMA DE FOGO DE USO PERMITIDO 

Dia 18/11/2018 (Domingo) por volta das 17 h 30 min, a equipe do Raio 01, se encontravam realizando o patrulhamento no Jardim Norte II, Bairro Pompeia, neste município, quando visualizou um indivíduo em atitude suspeita; A referida composição efetuou a abordagem ao referido indivíduo e o mesmo foi identificado pelo nome de R. M. S. 32 anos, vulgo “Beiço”,  solteiro, desempregado, natural de Quixeramobim-CE, residente na Rua das Oliveiras, Bairro Pompéia, Quixeramobim-CE;  durante a abordagem, o referido indivíduo informou que possuía 01 (uma) arma de fogo e que a mesma se encontrava em sua residência; A composição do Raio 01 se deslocou até o endereço do suspeito, onde foi encontrado 01 (um) revólver de marca Tauros, capacidade para 06 (seis) munições,  municiado com 06 (seis) munições intactas;  Foi dado voz de prisão ao referido indivíduo e em seguida o mesmo foi conduzido a Delegacia Regional de Polícia Civil de Quixadá, onde juntamente com o material apreendido, foi entregue Autoridade Policial de Plantão, para que os procedimentos cabíveis ao caso fossem lavrados.


RUSSAS-CE MOTOCICLETA ABANDONADA COM QUEIXA DE ROUBO/FURTO


Dia 18/11/2018 (Domingo), por volta das 10 H, na localidade de Macapá, zona rural de Russas-CE, populares informaram via 190, que havia uma motocicleta abandonada, próximo a um viveiro de camarão. Os PPMM na VTR Força Tática, atenderam a ocorrência, que ao chegar ao local, onde se encontrava a motocicleta HONDA/POP 100, cor amarelo, ano 2007, placa MYK 8055, com queixa de roubo/furto, em nome de FRANCISCA SOUZA CAMPOS,  sendo conduzida para a DRPC local, para que sejam tomadas as medidas cabíveis.


RUSSAS-CE ROUBO A PESSOA


RUSSAS-CE ROUBO A PESSOA

Dia 18/11/2018 (Domingo), por volta das 04 h 50 min, no Sítio Parelhas, zona rural de Russas-CE, foi vítima de roubo FRANCISCO MARTINS DE SOUSA, natural de Russas-CE, solteiro, quando chegava em sua residência, foi surpreendido por dois indivíduos em uma motocicleta de cor preta, que subtraíram sua carteira contendo documentos e valores, e logo em seguida fugiram tomando rumo ignorado. Os PPMM , na VTR 1761 POG, atenderam a ocorrência.


Empresários e gerente da Caixa são condenados a 50 anos de prisão


Trio é acusado de vários crimes e teria se utilizado de empréstimos fraudulentos para levar uma vida luxuosa em Fortaleza. A investigação identificou que o banco cedeu R$ 15 milhões às empresas ligadas aos réus

Dois irmãos empresários e um gerente da Caixa Econômica Federal (CEF) se juntaram ao rol de condenados da Operação Fidúcia, ao serem sentenciados pela Justiça Federal a 50 anos de prisão, com as penas somadas. O grupo foi indiciado pela Polícia Federal (PF) e acusado pelo Ministério Público Federal (MPF) de cometer um golpe milionário contra o banco, entre 2012 e 2013, através de empréstimos e financiamentos fraudulentos.

O empresário Ricardo Alves Carneiro foi sentenciado a 29 anos e sete meses de reclusão, pela prática dos crimes de estelionato, obtenção fraudulenta de financiamento, falsidade ideológica, uso de documento falso, corrupção ativa, lavagem de dinheiro, evasão de divisas e formação de quadrilha ou bando. Ele ainda foi absolvido por falsificação de documento público e organização criminosa.

O irmão de Ricardo, o também empresário Diego Pinheiro Carneiro, foi sentenciado a oito anos de reclusão, pelos crimes de estelionato majorado, obtenção fraudulenta de financiamento, corrupção ativa e formação de quadrilha. Ele foi absolvido pelas denúncias de falsificação de documento público, uso de documento falso e organização criminosa.

Já o gerente da Caixa, Israel Batista Ribeiro Junior, foi condenado a 12 anos e seis meses de reclusão, devido às acusações de corrupção passiva, gestão fraudulenta e formação de quadrilha. Ele foi absolvido pelo crime de organização criminosa.

A sentença foi proferida pelo juiz federal Francisco Luis Rios Alves, no último dia 5 de novembro, mas o MPF e a Caixa Econômica foram notificados apenas na última quinta-feira (15). Apesar de determinar o cumprimento das penas dos três réus condenados em regime fechado, o magistrado concedeu aos mesmos o direito de recorrer em liberdade, com a manutenção do cumprimento de medidas cautelares que substituem a prisão.

Atuação

Conforme a sentença, Ricardo Carneiro "seria responsável por organizar, planejar e executar as fraudes cometidas pelo grupo criminoso, atuando no aliciamento dos sócios 'laranjas' para constituir empresas de fachada, bem como aliciar empregados públicos da CEF, no intuito de obter financiamentos/empréstimos fraudulentos. Além disso, é sócio de várias das empresas beneficiadas com as operações financeiras obtidas mediante fraude".

O empresário é conhecido na elite cearense e, para ludibriar os órgãos de fiscalização, chegou a utilizar uma cédula de identidade falsa, no nome de Ricardo Carneiro Filho, segundo a Justiça.

Diego Carneiro atuava junto com o irmão, figurando como sócio de empresas que receberam crédito fraudulento da Caixa, de acordo com as investigações. E Israel Júnior, na condição de gerente do banco, teria concedido 17 empréstimos ou financiamentos fraudulentos às empresas investigadas no processo e ligadas aos irmãos, totalizando o valor de R$ 15,8 milhões, que não foram pagos à instituição financeira.

A reportagem não conseguiu entrar em contato com as defesas dos réus. Durante o processo, conforme a sentença, os advogados que representam os irmãos Ricardo e Diego Carneiro alegaram inépcia da denúncia e negaram a prática de qualquer conduta dos clientes que possa ligá-los às fraudes praticadas. Já a defesa de Israel Batista Júnior afirmou que o servidor público jamais ultrapassou o limite de suas atribuições funcionais visando enriquecer e garantiu que os empréstimos foram cedidos dentro dos parâmetros formais exigidos pela instituição financeira.

Bens luxuosos

Além das condenações, a Justiça Federal decretou a perda de bens luxuosos pertencentes aos réus, que foram apreendidos ou sequestrados durante a Operação Fidúcia.

Ricardo Carneiro perdeu quatro veículos: uma Toyota Hilux, um Porsche 911, uma BMW M5 e uma BMW X6M; a fração de 12,5% de um condomínio localizado na área nobre de Fortaleza, na Rua José Vilar, no bairro Aldeota; um terreno no bairro Antônio Bezerra, também na Capital; R$ 207 mil encontrados em contas bancárias e uma aeronave de pequeno porte.

Diego Carneiro perdeu um sítio, localizado no Porto das Dunas, em Aquiraz, Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), e R$ 88 mil encontrados em contas bancárias. Já Israel Junior teve o perdimento decretado de 25 relógios - alguns suíços.

Desmembramento

O empresário José Hybernon Cysne Neto também respondia ao processo analisado pela Justiça, mas teve a ação penal desmembrada, a qual se encontra suspensa em decorrência de comprometimento da saúde mental do acusado, segundo a sentença judicial.

Ele foi denunciado pelo MPF por uso de documento falso, falsificação de documento público, corrupção ativa, obtenção fraudulenta de financiamento, organização criminosa e lavagem de dinheiro.

Red; DN