-->

23 de novembro de 2014

Cruzeiro vence, confirma título e alcança o bicampeonato seguido!


O Cruzeiro que terminou a última temporada com o título do Campeonato Brasileiro não perdeu nenhum titular para 2014. Nenhum. Ainda chegaram jogadores que agregaram qualidade ao já estrelado elenco celeste, como Manoel, Samudio e Marquinhos. Outros, no entanto, como Marlon e Neílton, não justificaram a condição de promessas. A verdade é que o planejamento da Raposa fez toda a diferença. Mais uma vez. Os comandados de Marcelo Oliveira, desde o dia 3 dezembro de 2012 à frente do time, só dependiam das próprias forças para alcançar o justo bicampeonato brasileiro consecutivo com duas rodadas de antecedência. E o feito foi alcançado neste domingo, graças a vitória diante do valente Goiás, por 2 a 1, no Mineirão, em duelo da 36ª rodada da competição. Ricardo Goulart e Everton Ribeiro marcaram para o campeão. Samuel fez o do Esmeraldino.

O Cruzeiro que voltou a sobrar neste ano – é o líder desde a sexta rodada – alcançou 76 pontos em 36 jogos. Caso vença uma das duas partidas que ainda tem pela frente, a Raposa terá para si recorde de pontuação no Campeonato Brasileiro de pontos corridos desde a competição passou a contar com 20 clubes. A atual melhor campanha é a do São Paulo de 2006, que somou 78 pontos. A vitória deste domingo foi a de número 14 do Cruzeiro como mandante. O time de Everton Ribeiro, Marcelo Moreno & Cia. é o de melhor rendimento nesta condição, com aproveitamento de 81,4% dos pontos. Foi, ainda, a 48ª vitória do Cruzeiro em 58 jogos no novo Mineirão.

PRÓXIMOS JOGOS
O campeão Cruzeiro volta a entrar em campo pelo Brasileirão no próximo domingo, quando visitará a Chapecoense, na Arena Condá, a partir das 17h. Antes, a Raposa terá o rival Atlético-MG pela frente, na quarta-feira, pelo jogo de volta da final da Copa do Brasil. O time celeste precisa de uma vitória por três gols de diferença para buscar o tetracampeonato da competição e alcançar a segunda Tríplice Coroa da sua história. Novo 2 a 0, desta vez para a Raposa, leva a decisão para os pênaltis. Já o Goiás, no mesmo dia, mas às 19h30, terá o Atlético-PR como adversário, na Arena da Baixada.

CRUZEIRO SAI NA FRENTE, MAS VALENTE GOIÁS EMPATA
O segundo jogo da final da Copa do Brasil estava, como ainda está, no horizonte cruzeirense. Mesmo com uma verdadeira missão pela frente diante do maior rival, o Cruzeiro entrou em campo com o que tinha de melhor, contando com os retornos de Henrique e Marcelo Moreno, que não enfrentaram o Grêmio. A esperada pressão veio. Troca de passes na tentativa de vencer a eficaz marcação rival e paciência para transpor o bem postado Goiás. Se Marcelo Moreno falhou aos oito minutos, Ricardo Goulart fez justiça ao bom início de jogo do Cruzeiro. Cruzamento de Mayke e cabeçada perfeita do camisa 28, agora artilheiro do Brasileirão ao lado de Henrique, do Palmeiras. Cruzeiro 1 a 0, aos 12 minutos.

Promessa de um passeio do Cruzeiro no pulsante Mineirão? Ledo engano. O Goiás, já sem risco de rebaixamento, não veio a Belo Horizonte apenas para se defender. A opção de Ricardo Drubscky por uma referência na área, com Samuel, se mostrou acertada. David cobrou falta, a zaga cruzeirense falhou e o camisa 9, com extrema liberdade, dominou e finalizou sem qualquer chance para Fábio. O Goiás, de atuação elogiável, não abdicou do direito de atacar e pressionar o futuro campeão. Thiago Mendes pela direita, o veloz Erik e Ramon deram trabalho. Já o Cruzeiro mostrou mais capacidade para concluir – foram 11 finalizações contra quatro do rival –, mas viu o Goiás ir para o intervalo com 52% da posse de bola, segundo os números da parceria LANCE!/FOOTSTATS. A intensidade cruzeirense não teve o efeito esperado diante de um adversário que valorizou cada centímetro do molhado gramado do Mineirão. E por falar em água, a chuva fez a lateral próxima dos bancos de reservas um território impraticável para o futebol.

PACIÊNCIA E VITÓRIA DO CAMPEÃO
Um campeão precisa ter muitas virtudes. Um bicampeão seguido como o Cruzeiro transborda virtudes. Uma delas foi vista nos primeiros minutos de bola rolando na etapa final: paciência. O Cruzeiro precisou de muita paciência para tentar transpor a marcação do Goiás. O Esmeraldino voltou mais recuado, chamando o líder para o seu campo. O time de Marcelo Oliveira girou a bola, buscou espaços e trabalhou para encontrar o tão sonhado espaço. A espera terminou aos 17, quando Willian venceu a marcação e Everton Ribeiro, ignorando a marcação de Saturnino, fez o Mineirão explodir novamente.

O valente Goiás voltou a valorizar a vitória cruzeirense logo após sofrer o gol de Everton Ribeiro. A conquista celeste precisaria vir com certa dose de sofrimento. Não poderia ser com facilidade. Fábio operou verdadeiro milagre após a bola desviar em Bruno Rodrigo. Três minutos mais tarde, ele viu a finalização de Thiago Mendes ir na trave. A sobra foi de Erik que, impedido, não venceu Fábio. O camisa 1, por sinal, voltou a garantir a vitória cruzeirense na parte final do jogo. Sobrou emoção. E também sobrou competência ao campeão Cruzeiro.

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO 2 X 1 GOIÁS

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data-hora: 23/11/2014 – 17h (de Brasília)
Árbitro: Paulo Henrique Godoy Bezerra (SC)
Auxiliares: Carlos Berkenbrock (SC) e Nadine Schramm Câmara Bastos (Fifa-SC)
Renda/Público: Não divulgados.
Cartões amarelos: Henrique (CRU); Tiago Real (GOI)
Cartões vermelhos: Não houve.
Gols: Ricardo Goulart, 12'/1ºT(1-0); Samuel, 22'/1ºT(1-1) e Everton Ribeiro, 17'/2ºT(2-1).

CRUZEIRO: Fábio, Mayke (Eurico, 45'/2ºT), Léo, Bruno Rodrigo, Egídio, Henrique, Lucas Silva (Nilton, 20'/2ºT), Everton Ribeiro, Ricardo Goulart, Willian e Marcelo Moreno (Júlio Baptista, 35'/2ºT) – Técnico: Marcelo Oliveira.

GOIÁS: Renan, Tiago Real, Jackson, Pedro Henrique, Felipe Saturnino (Lima, 20'/2ºT), Amaral, David (Wellington Júnior, 45'/2ºT), Thiago Mendes e Ramon (Esquerdinha, 37'/2ºT); Erik e Samuel – Técnico: Ricardo Drubscky.

Fonte: O Povo







Em assalto a ônibus, mulher é ameaçada, mas bandidos atiram em comparsa

O assalto aos passageiros de um ônibus que fazia a linha Grande Circular  1, na noite deste sábado (22), terminou com um assaltante morto dentro do coletivo, no cruzamento das avenidas Coronel Carvalho e Major Assis, bairro Quintino Cunha. Testemunhas disseram aos policiais que os  comparsas do homem efetuaram o disparo tentando atingir uma passageira  que havia reagido, mas atingiram o colega.
De acordo com o subtenente PM Glauber, da 3ª Companhia do 5º BPM, os  passageiros disseram que três homens entraram no coletivo e anunciaram o roubo. Os assaltantes começaram a recolher os pertences das pessoas que seguiam no ônibus, mas uma mulher teria se negado a entregar o celular.
Conforme a Polícia, vítima e acusado começaram a brigar e os comparsas do bandido que tentava tomar o celular da mulher efetuaram um disparo que atingiu o assaltante. Após ferirem o colega, os outros dois ladrões fugiram.
Nas proximidades, roubaram um veículo Fiat Siena, de um homem que passava na via e fugiram. Segundo o subtenente Glauber, no momento em que os socorristas do Samu ainda verificavam se o homem estava morto, foram encontrados celulares nos bolsos dele que teriam sido recolhidos de outras vítimas que também estavam no coletivo.
Até o fim da noite de sábado (22), os dois acusados não haviam sido localizados pelas equipes.
Fonte:  O Povo


ACIDENTE COM VÍTIMA FATAL EM TABULEIRO DO NORTE



Uma das vitimas do acidente em tabuleiro do norte-ce,conhecida por Valdízia, não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. Aguardem mais detalhes.
FONTE AMIGOS DE PLANTÃO


Lesão corporal à faca em Quixeré



Hoje, dia 23/11/2014 (Domingo), por volta de 02h00min, deu entrada no hospital de Quixeré a pessoa de Alane Sousa Avelino, 27 anos, residente na Rua Ana Rosa de Jesus,  natural de Fortaleza, encontrava-se com 5 perfurações superficiais à faca. A mesma falou aos policiais que teria  acontecido  por motivo de ciúmes, uma vez que a mesma tinha saído e ao retornar seu  cônjuge tentou matá-la, os policiais  fizeram diligências no intuito de prender o mesmo, mas até o momento sem êxito.



Indicado por Camilo, Cartaxo vai assumir o Sebrae



O governador eleito, Camilo Santana, fez sua primeira indicação: o petista Joaquim Cartaxo para a superintendencia do SEBRAE-Ceará. O cargo é uma indicação do governo estadual.
Joaquim Cartaxo presidiu o PT no Ceará, foi secretário de Cidades no primeiro governo Cid Gomes e faz parte da cúpula nacional do PT.
BLOG ROBERTO MOREIRA


Agricultora foi encontrada morta em Jaguaribe



Ontem dia 22/11/2014, por volta de 04h00min, a composição da CP- 1393 foi acionada por transeuntes que passavam pela CE-275 que liga a Cidade de Jaguaribe-CE ao Distrito de Feiticeiro, ainda circunscrição de Jaguaribe-CE, os quais davam conta da existência de uma mulher caída ao solo nas margens da via próximo à ponte do Rio Jaguaribe.

Ao chegar ao local, já se encontrava uma ambulância do SAMU que prestava os primeiros atendimentos, porém, foi constatado o óbito pelos socorristas, logo após, o corpo foi conduzido ao hospital local, onde foi confirmado o óbito da mulher pelo médico plantonista, que por sua vez, afirma existir lesões no crânio da vítima que se encontrava também gestante.

Após todo esse procedimento, o policiamento buscou identificar a vítima colhendo informações de familiares que chegavam ao hospital, logo, foi identificada como sendo: MARIA SUELY DA SILVA AMORIM, brasileira, casada, agricultora, natural de Jaguaribe-CE, 36 anos, residente no Sítio Coqueiro, Zona Rural de Jaguaribe-CE.

O fato foi comunicado ao Delegado Regional de Jaguaribe-CE para que adote as medidas cabíveis ao caso. Até o momento não se sabe ao certo se foi acidente de trânsito com vítima fatal ou provocada por terceiros (homicídio) ficando a cargo da perícia constatar

blog do tom

Apesar de chuva, sistema Cantareira registra nova queda neste domingo


O nível do reservatório do Sistema Cantareira registrou nova queda neste domingo (23), de acordo com a medição da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp). Apesar da chuva de 7,7 milímetros, a queda foi de 0,1% e passou de 9,6% para 9,5%. O atual índice leva em consideração a segunda cota do volume morto do sistema. O volume útil e a primeira cota já foram esgotados.

No Guarapiranga, também houve queda do nível, de 32,6% para 32,3%. Já no sistema Alto Tietê, o nível recuou de 6,2% para 6,1%, mesmo com a chuva de 2,2 mm.

No mês de novembro, a média esperada de chuvas no Cantareira é de 161,2 milímetros na região dos reservatórios. Mas até agora, choveu pouco mais da metade: 91,8 milímetros.

Essa chuva já representa mais que o dobro do que caiu em todo o mês de outubro, quando foi registrado 42,5 milímetros. Porém, mesmo com a precipitação mais forte em novembro, o nível das represas não subiu. Já são mais de 200 dias seguidos de constantes quedas e poucos dias de recuperação.

Juntos, Cantareira, Alto Tietê e Guarapiranga abastecem 15,9 milhões de pessoas na Grande São Paulo.

Outros Sistemas
Os outros três sistemas de abastecimento da Grande São Paulo também registraram chuvas entre sábado (22) e domingo (23), mas apenas dois tiveram queda em seus níveis.

No Alto Cotia, o volume acumulado permaneceu em 28%. No Rio Grande, o nível baixou de 64% para 63,8% e, no Rio Claro, de 32,6% para 31,9%.
Reajuste em dezembro
Na sexta-feira (14), executivos da Sabesp informaram que o reajuste de tarifas pedido pela Sabesp para aplicação em dezembro deve ser maior que os 5,44% acertados no começo do ano, mas suspenso antes das eleições de outubro.
A empresa, controlada pelo governo do Estado de São Paulo, conseguiu o reajuste em meados de abril, mas na época a Arsesp, agência reguladora do setor, autorizou a aplicação do aumento das tarifas em "momento oportuno".

No caso, o momento oportuno foi dezembro, conforme comunicado da empresa na noite de quinta-feira ao mercado.

Na sexta-feira, o diretor financeiro da Sabesp, Rui Afonso, afirmou a analistas em videoconferência que o reajuste pretendido "deverá ser maior que os 5,44%", diante da necessidade de correção monetária. Ele não comentou qual será o índice a ser aplicado.

O processo de revisão tarifária deveria ter sido concluído em agosto de 2013, mas passou por uma série de adiamentos.
Fonte: G1







Marquise e Galvão Engenharia envolvidas em fraudes na Transposição do São Francisco


As empresas Construtora Marquise, Construtora Galvão Engenharia, Construtora Queiroz Galvão e Via Engenharia, que compõem o consórcio Acauã, estão envolvidas em fraudes em trechos das obras complementares à Transposição do Rio São Francisco. O consorcio é responsável por dois dos três lotes da obra e ganhou R$ 690 milhões para executá-los. 

Uma auditoria do Tribunal de Contas da União (TCU) constatou superfaturamento de R$ 27 milhões no segundo lote, o que equivale a 8,5% do orçamento desse trecho e de R$ 11,3 milhões no terceiro, correspondentes a 6% do valor do lote.

As empresas também estão sendo investigadas pela Polícia Federal, na Operação Lava-Jato, e são acusadas de integrar o cartel que, de acordo com a PF, participou do esquema de corrupção na Petrobras.

Nesta semana, o TCU julgou processo que apontou um superfaturamento total de R$ 42 milhões, equivalentes a 4,7% do valor total da construção de um canal de 112,5 quilômetros, cruzando 13 cidades na Paraíba, projeto cujo orçamento atinge o montante de R$ 895 milhões. 

As obras foram financiadas com recursos federais do Ministério da Integração Nacional – comandado pelo cearense Francisco Teixeira – e administrados pelo governo da Paraíba. 

O primeiro lote da obra ficou sob responsabilidade das empresas Carioca Christiani-Nielsen Engenharia, a S/A Paulista de Construções e Comércio e a Serveng-Civilsan, que apresentaram uma proposta de R$ 203 milhões e, segundo o TCU, superfaturaram R$ 4 milhões, o que equivale a 1,2% do orçamento do trecho.
 
Providências


O TCU informou ao governo da Paraíba e ao Ministério da Integração Nacional a identificação de improbidades e deu ao governo do Estado um prazo de 15 dias para adoção de medidas saneadoras de sobrepreços, sugerindo, inclusive, a revisão dos contratos e aditivos já firmados. O tribunal também solicitou o envio da decisão às construtoras responsáveis pelas obras.  

* Com informações da Folha de S.Paulo.





Quando o casamento é só pela pensão


A história é escabrosa, novelesca, mas toda contada a partir de fatos verídicos. É apenas uma das que a Procuradoria Geral do Estado (PGE) está investigando de um golpe recém-detectado. O POVO não dará nomes porque o caso tramita sob segredo de justiça, mas minúcias apuradas ajudam a mostrar o nível de má-fé – e revelam a variação de fraudes que desfalcam os cofres previdenciários no País.
 O idoso (vamos chamá-lo assim, para ajudar a distinguir os personagens) foi ocupante de cargo importante no Judiciário local. Tinha 76 anos quando, portador de Alzheimer em alto grau detectado pelo menos cinco anos antes, casou-se com a nora. Estava apagado de sua consciência pela doença. Ele morreu no ano passado. Ela, hoje aos 40, embolsa aposentadoria generosa – sem nunca ter largado de seu companheiro de fato, o filho do idoso.

O casório entre o idoso e a nora – agora “viúva” do próprio sogro - foi firmado em cartório, em agosto de 2012. O filho dispunha de uma procuração pública. O pai morreu no mesmo mês de 2013, exatamente um ano depois. Estava com alto grau de diabetes, teve falência de órgãos, estava degenerado pelo Alzheimer. As duas filhas dele choraram a perda do pai desavisadas. Desconheciam a trama até então. 
 
O filho, porém, sabia, por indícios e provas já juntados no processo – conforme O POVO apurou. Ajudou a montar a fraude previdenciária. E a pensão por morte, silenciosamente, caiu para a conta bancária da “viúva”. 

Desde o mês seguinte ao óbito, a mulher passou a receber R$ 11.826,00 mensalmente. Questionado judicialmente, o benefício ainda está em caráter provisório, mas pode passar a definitivo - e aumentar para cerca de R$ 15 mil.
 
O matrimônio fora um golpe caseiro para enganar a Previdência estadual. Já são 14 meses pagos, desde a morte. Ela, dentista, mantém uma união estável de mais de 10 anos com o filho do idoso. Apenas sem papel passado. 

Casara-se com o sogro só pela fraude. Num acerto familiar com as irmãs, o filho era responsável por cuidar do pai. Situação propícia para esconder o embuste.
 
O caso é um dos mais graves numa lista de uniões supostamente enganosas em análise na PGE no Ceará. Que seriam exclusivamente para garantia do benefício pós-morte. No Direito, a situação é apelidada de “casamento previdenciário”. Há quem chame de “casar no leito de morte”.
 
O procurador-chefe da Consultoria Geral da PGE, Rafael Machado Moraes, diz  que o órgão, nos últimos três anos, passou a se deparar com muitos casos semelhantes. “É difícil quantificar. De 100 processos que a gente pegou para analisar com esses indícios, 10 estão (fraudados)”, estima. 
 
Os benefícios de pensões por morte, confirmados como fraude no radar da PGE, envolvem sempre “valores acima de R$ 10 mil”. O procurador admite que existe o processo questionando o casamento do ex-servidor com a dentista, mas não repassa informações detalhadas. Confirmou que há diligências em andamento. 
 
A PGE inclusive mudou procedimentos internos, a partir da repetição de casos com indícios suspeitos de casamento de fachada, e reorientou os servidores para a checagem mais rigorosa do que for duvidoso. “É um golpe caseiro, mas antes de tudo é um golpe contra o Estado”, afirma Machado. Se o recebedor(a) da pensão for muito jovem, e houver fraude, vai se beneficiar do ilícito por anos. Será vitalícia.
 
A dificuldade de se questionar a validade da união, firmada em cartório, é grande. Será a análise mais detalhista, a partir dos indícios de diferença de idade dos cônjuges e pouco tempo entre o casamento e o óbito do segurado, que apontará a suspeição. Como querer tirar o direito de amar no fim da vida? “São sempre casos muito delicados. A gente procura trabalhar com muita cautela”, admite o procurador. 

Números

10 mil reais é o valor médio que a PGE tem encontrado em pensões pós-morte questionadas no Ceará
 
10% dos processos de pensão sob suspeita na PGE têm sido confirmados como “casamento previdenciário”
 
80 bilhões de reais por ano é quanto o governo federal paga atualmente em pensões por morte no Brasil 
Fonte: O Povo



Corpo de Seu Lunga será sepultado na tarde de hoje


A missa de corpo presente e o sepultamento de Joaquim dos Santos Rodrigues, o Seu Lunga, acontecerão na tarde deste domingo, a partir das 15h, no Cemitério do Socorro, emJuazeiro do Norte, próximo à casa onde ele morava. O velório ocorre desde a tarde de ontem, no Centro de Velório Anjo da Guarda.
Seu Lunga faleceu na manhã deste sábado, vítima de parada cardíaca e complicações estomacais. No momento do óbito ele se encontrava no Hospital São Vicente, emBarbalha, onde estava internado desde a última quarta-feira.
Familiares, amigos, curiosos e autoridades locais estiveram presentes no velório, como o prefeito interino de Juazeiro do Norte, Luiz Ivan Bezerra de Menezes, que lamentou o ocorrido e destacou suas homenagens ao conterrâneo cearense, natural da cidade de Caririaçu, mas que há muitas décadas residia em Juazeiro.
secretário da Cultura do CearáPaulo Mamede, por meio de nota, também refletiu sobre a importância de Seu Lunga, lembrando que "ao contrário da imagem de pessoa fechada e de temperamento difícil, nunca se furtou a compartilhar histórias e ideias com os inúmeros jornalistas e estudantes que o procuravam para entrevistas"
Personagem simbólico da cultura popular nordestina, Seu Lunga foi eternizado em folhetos de cordel que lhe deram a fama de o homem mais mal-humorado do mundo, rótulo do qual se incomodava. Comerciante e poeta, Seu Lunga morava com a esposa, Carmelita Rodrigues Camilo, com quem teve 13 filhos.  
*Com informações da repórter Elizângela Santos




Caçadores encontram ossada humana em Aracati


Dois homens que caçavam, encontraram, na manhã de ontem, no município de Aracati, uma ossada humana. Os ossos são compatíveis ao tamanho de uma criança. A Polícia investiga se a ossada pertence ao menino José Lucas Pereira Queiroz, 3, desaparecido há 4 meses
fonte DN