-->

14 de março de 2019

Serra do viera quanto mais mexe pior fica e alunos ficam prejudicados


A imagem pode conter: montanha, céu, atividades ao ar livre, natureza e água

Moradores da serra viera estão se sentindo prejudicados com um serviço que estar sendo feito na entrada da comunidade, onde mandaram passar a maquina para tentar consertar a estrada da comunidade. Só que com as chuvas que vem caindo na quela região deixa o local bastante brejado e cada vez que a maquina passa pior fica. Hoje 14 o ônibus que foi buscar os alunos não conseguiu passar e ficou atolado, sendo assim os  alunos ficaram sem  poder  assistir aula. Os alunos da comunidade da Serra do Viera se desloca, até a comunidade de Melancias a 11 KM, para estudar. Os moradores até agradece a empresa que estar querendo ajudar, mais com as chuvas que cai não é possível.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé, céu, montanha, atividades ao ar livre e natureza


Quixadá CE 9º BPM




PEDRA BRANCA ACHADO DE CADÁVER

Dia 14/03/2019, por volta das 08h26min, o Copom foi informado por familiares da vítima que, no Sítio Vertente, zona rural de Pedra Branca, teria encontrado o copo de um senhor ao solo já sem vida, não sabendo explicar como se deu a morte, de pronto, a composição de serviço, juntamente com a Polícia Civil, fizeram deslocamento para o local do fato, constatando o óbito, porém, foi constatado também que havia lesões na região do abdômen, lesões estas provavelmente de arma de fogo artesanal, tipo socadeira. Segundo informação da esposa da vítima, seu esposo saiu a pé, por voltas das 17h, na noite do dia 13/03/2019, para um local circunvizinho, realizar uma ligação telefônica para sua filha que mora em Pedra Branca, e que voltaria por volta das 20h, sendo que não voltou mais, e só pela manhã de hoje, que a esposa da vítima ficou sabendo do ocorrido, ao que tudo indica, o fato ocorreu na noite anterior, logo após a vítima ter realizado sua última ligação pelo celular, onde o acusado teria esperado a vítima passar em um trecho do caminho e cometer o sinistro, diligências estão sendo realizadas pelas forças de segurança (PM e PC), para encontrar o paradeiro do acusado, que até o presente momento, encontra-se foragido.



SENADOR POMPEU PRISÃO DE HOMICIDA

Dia 14 de Março de 2019, por volta das 10h57min, após ligação ao 190, que na Av. Franco Magalhães 159, Centro, na Cidade de Senador Pompeu, em uma Loja, informando que se encontrava um suspeito do homicídio que acontecera no dia 05/03/2019 no Sítio Valentim na zona Rural da Cidade de Milhã. De imediato a composição da VTR R4 deslocaram até o local e prenderam o suspeito. Na Delegacia Regional de Polícia Civil na Cidade de Senador Pompeu-CE, confessou o crime contra o seu genitor. As composições das Viaturas PM de Milhã e a composição da Viatura PM de Senador Pompeu ficaram em diligências para prendê-lo.


MORADA NOVA ROUBO A VEÍCULO (MOTOCICLETA)

Dia 14/03/2019 (Quinta feira), por volta de 17h40min, via 190 COPOM, foi repassada uma denúncia de que na localidade do CH2, Setor 12, uma pessoa encontrava-se em sua residência quando dois indivíduos em uma motocicleta POP 100 vermelha, pararam e anunciaram o assalto, levando sua motocicleta modelo Honda Titan CG 125 de cor vermelha, placa HXA-4002. A vítima não soube informar a placa do veículo que foi utilizado para efetuar o roubo, mas disse que saíram sentido Limoeiro do Norte. As viaturas da área estão a fazer diligência pelas localidades.

Carro com queixa de roubo foi encontrado incendiado em Russas CE

Um carro tipo saveiro de cor branca foi encontrado totalmente destruído pelo fogo na CE 356, próximo a ponte da ilhota. A saveiro de placa OSA 9821 de Jaguaribe, veiculo tem queixa de roubo. A policia civil esteve no local  fazendo o levantamento do veiculo sobre a quem pertence.

A imagem pode conter: carro e atividades ao ar livre

Bandidos roubam carro, trocam tiros com a Polícia e morrem após capotamento na Aerolândia



Dois bandidos morreram numa troca de tiros seguida de acidente de trânsito durante uma perseguição policial em Fortaleza, na tarde desta quarta-feira (13). O fato aconteceu logo após a Polícia localizar através de câmeras um veículo roubado e que estava com placas clonadas.

O cerco policial começou na BR-116 e só foi parar no bairro Aerolândia, onde ocorreu o confronto armado seguido de um capotamento do carro ocupado pelos ladrões.

No carro, segundo as autoridades, estavam três ocupantes. O carro passou a ser seguido pelas imagens das câmeras e a localização era repassada às viaturas via rádio da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops). Na fuga, os bandidos dispararam tiros contra as viaturas, havendo o revide. Já na Aerolândia, mais patrulhas participavam na perseguição ao carro roubado.

Mortos

No cruzamento das ruas Tenente Roma e Major Gerardo Mendes, o guiador do veículo foi atingido com um tiro. Ele perdeu o controle da direção e o automóvel capotou com o motorista já morto. Outro suspeito também foi baleado e socorrido ao Instituto Doutor José Frota (IJF-Centro), onde morreu horas depois. Os dois mortos não foram identificados.

Um terceiro suspeito conseguiu fugir do local.

Os corpos dos assaltantes mortos foram encaminhados à Coordenadoria de Medicina Legal (Comel), da Perícia Forense do Ceará (Pefoce).

(Fernando Ribeiro)


Ministério Público e Polícia deflagram mega operação para prender envolvidos com o tráfico de drogas no Ceará



O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco), deflagrou, na manhã desta quinta-feira (14), a Operação Piranji II. Estão sendo cumpridos 36 mandados de prisão preventiva e 43 mandados de busca e apreensão contra membros de uma organização criminosa com atuação na Região Metropolitana de Fortaleza e no Litoral Leste do Estado.

Os mandados estão sendo cumpridos nas cidades de Fortaleza, Pindoretama, Cascavel, Beberibe, Maracanaú; no município de Baraúna, no estado do Rio Grande do Norte; bem como no sistema prisional. Também estão sendo cumpridos mandados de busca, apreensão e prisão preventiva na residência e escritório de uma advogada suspeita de estar ligada à organização criminosa, em Fortaleza. Os nomes dos investigados não podem ser divulgados pelo fato de a investigação ainda estar em sigilo.

Inteligência

No decorrer da investigação realizada pelo Gaeco, em parceria com a Coordenadoria de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS – COIN), foram apreendidos mais de 12 quilos de cocaína, 338 quilos de maconha, 5 quilos de “crack” e mais de R$ 50 mil em espécie, além da prisão de mais de 60 envolvidos com o tráfico de drogas, homicídios e porte ilegal de armas.

Os 53 investigados foram denunciados pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas, integrar organização criminosa armada e lavagem de dinheiro. Os crimes de homicídios cometidos pelo grupo estão sendo apurados na Comarca de Cascavel.

As investigações tiveram início a partir de informações do Comando da 3ª Companhia do 15º Batalhão de Polícia Militar à 2ª Promotoria de Justiça de Cascavel sobre o cometimento de crimes de homicídios em decorrência do tráfico de drogas praticado em municípios do litoral leste do Estado, por um grupo criminoso com características de organização criminosa, na modalidade facção criminosa. 
Os mandados judiciais foram deferidos pela Vara de Delitos de Organizações Criminosas da Comarca de Fortaleza e pela Vara Única da Comarca de Pindoretama, e estão sendo cumpridos com o apoio da Coordenadoria Integrada de Planejamento Operacional da SSPDS (Copol). A Operação também conta com o apoio do Gaeco do Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte, que cumpriu as buscas e prisões em Baraúna (RN).

(Fernando Ribeiro)

Operação do MPCE combate atuação da facção Comando Vermelho; advogada está entre presos

O Ministério Público do Ceará (MPCE), através do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco), deflagrou, nesta quinta-feira (14), a Operação Piranji II, que tem como objetivo combater a atuação da organização criminosa Comando Vermelho (CV) no Litoral Leste do Ceará e na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Uma advogada, suspeita de ligação com a facção, está entre os presos, conforme apurou a reportagem.

A Operação cumpre 36 mandados de prisão preventiva e 43 mandados de busca e apreensão em Fortaleza, Pindoretama, Cascavel, Beberibe e Maracanaú, além do Município de Baraúna, no Rio Grande do Norte. Alguns alvos já se encontram detidos no sistema penitenciário, onde as ordens judiciais também foram cumpridas.


O MPCE não divulgou o nome dos alvos dos mandados judiciais. A advogada foi detida no escritório e residência dela, em Fortaleza, no início do dia.

Investigadores também apreenderam cadernetas de contabilidade da facção criminosa
Foto: Divulgação
A Operação Piranji II é um desdobramento da 'Piranji', deflagrada pelo Gaeco, com apoio da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), em 29 de novembro de 2018. A investigação contra o Comando Vermelho resultou na apreensão de 12 kg de cocaína, 338 kg de maconha, 5 kg de crack e mais de R$ 50 mil em espécie, além da prisão de mais de 60 envolvidos com o tráfico de drogas, homicídios e porte ilegal de armas.

Os 53 investigados foram denunciados pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas, integrar organização criminosa armada e lavagem de dinheiro. Os crimes de homicídios cometidos pelo grupo estão sendo apurados na Comarca de Cascavel, segundo o MPCE.

As investigações tiveram início a partir de informações do Comando da 3ª Companhia do 15º Batalhão de Polícia Militar à 2ª Promotoria de Justiça de Cascavel sobre o cometimento de crimes de homicídios em decorrência do tráfico de drogas praticado em municípios do litoral leste do Estado, por um grupo criminoso com características de organização criminosa, na modalidade facção criminosa.

Os mandados judiciais foram deferidos pela Vara de Delitos de Organizações Criminosas da Comarca de Fortaleza e pela Vara Única da Comarca de Pindoretama, e estão sendo cumpridos com o apoio da Coordenadoria Integrada de Planejamento Operacional da SSPDS (Copol). A Operação também conta com o apoio do Gaeco do Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte, que cumpriu as buscas e prisões em Baraúna (RN).

Líder da organização criminosa está em presídio federal

Alvo da primeira fase da Operação Piranji, o líder do CV no Litoral Leste, Francisco Jales Fernandes da Fonseca, o 'Zag', foi transferido para presídio federal de segurança máxima por envolvimento com a maior série de ataques criminosos da história do Ceará, registrada em janeiro deste ano.

Red; DN