-->

3 de setembro de 2016

Suspeitos de pedofilia são presos durante operação da Polícia Federal na Capital

Uma operação de combate à pornografia infantil foi deflagrada pela Polícia Federal (PF), na manhã desta sexta-feira (2), em Fortaleza e em Caucaia. De acordo com informações da PF, a ofensiva tinha quatro alvos sob suspeita de estarem compartilhando imagens na internet envolvendo crianças e adolescentes.

Conforme a delegada Juliana Pacheco, titular da Delegacia de Defesa Institucional da PF, a operação visava cumprir quatro mandados de busca e apreensão e um de prisão preventiva. O homem detido também era alvo de mandado de busca e apreensão. "Já havia um mandado de prisão para este homem porque tínhamos ciência que ele abusou sexualmente de uma criança de 11 anos. Foi preso por este crime e os peritos recolheram material na casa dele para que seja analisado se compartilhava ou não pornografia na internet", explicou a delegada.

Outro alvo acabou sendo preso em flagrante, porque a Polícia encontrou na casa dele material que ensejou a detenção. "Geralmente um perito acompanha nossas operações. Ele faz uma busca em computadores e nas mídias que são encontradas no local. Se neste momento já encontrar material o suspeito é preso em flagrante", explicou.

Nos casos dos outros dois suspeitos, que não foram presos, Juliana Pacheco declarou que não foi achado material pornográfico na primeira análise. "Nos dois casos foram apreendidos computadores, pen drives e outras mídias que serão minuciosamente analisados por nossos peritos. Muitos dos suspeitos apagam as imagens achando que não dá para recuperar, mas dá. Em 90% dos casos nós encontramos alguma coisa, durante a perícia", afirmou Juliana Pacheco.

Um dos presos ficou calado durante o depoimento e o outro confessou a posse dos objetos apreendidos. Os suspeitos responderão pelo crime de armazenamento e divulgação de imagens e vídeos de pornografia infantil, de acordo com a participação de cada um dos envolvidos.

Inquéritos

Segundo informações da Delegacia de Defesa Institucional, o Ceará é o quarto Estado em número de inquéritos que apuram crimes de abuso sexual de crianças e adolescentes. Somente São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais estão na frente. "Temos feito um trabalho muito intenso para combater este crime bárbaro aqui no Ceará. Muitas investigações estão em andamento", declarou Juliana Pacheco.

Diário do Nordeste

Bandidos explodem caixas eletrônicos em Barreira (CE)

Bandidos invadiram uma agência do banco Bradesco e explodiram caixas eletrônicos por volta de 1h20 da madrugada desta sexta-feira (2), no município de Barreira, a cerca de 70Km de Fortaleza. Conforme moradores, o bando conseguiu levar o dinheiro, mas a informação não foi confirmada pela Polícia.

Segundo o sargento PM Gilvan Cavalcante, o grupo era formado por oito a dez homens, divididos em vários veículos, sendo um identificado como um Toyota Corolla, e três motos. O bando estava portando armamento pesado, pois projéteis de fuzil 5.56 e 7.62 e de pistolas Ponto 40 e 380 foram encontrados na repartição, localizada na Rua Lúcio Torres, no Centro.

A ação demorou cerca de 15 minutos. A Delegacia de Barreira conta com um escrivão e três inspetores, que estavam rondando a cidade em uma viatura durante o ataque aos caixas eletrônicos. De onde estavam, os policiais ouviram vários disparos e três explosões e receberam várias ligações da população, desesperada com o ação barulhenta dos bandidos. Entretanto, a Polícia não se deslocou para o local por causa da inferioridade numérica em relação ao bando.

Os policiais chegaram ao banco quando o barulho encerrou e os assaltantes já haviam fugido. Na manhã desta sexta, a Polícia descobriu que a quadrilha armada fugiu por uma estrada em direção ao município de Ocara, a cerca de 35 km de distância. A Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) se deslocou para Barreira e será responsável pela investigação do crime.

Em discussão

Com a ação em Barreira, o número de ataques a bancos e carros-fortes chegou a 49 apenas em pouco mais de oito meses do ano de 2016, no Ceará. O número de ataques a bancos é uma preocupação das secretarias de Segurança do Nordeste.

Em reunião realizada na última quinta-feira (1º), na sede da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS-CE), secretários dos estados nordestinos decidiram restaurar o Conselho de Segurança Pública do Nordeste (Consene). Alguns dos presentes no encontro eram representantes da DRF, da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) e de empresas de transportes de valores, assinalando que o combate a esse tipo de crime é uma das prioridades.

Diário do Nordeste

Acidente na BR 116 deixa seis feridos em estado grave

Um acidente envolvendo um veículo do modelo Ford EcoSport e uma carreta, ocorrido na manhã deste sábado (3), deixou seis pessoas feridas em Horizonte, Região Metropolitana de Fortaleza. Entre as vítimas estão dois policiais militares do Ronda do Quarteirão de Horizonte, Raimundo Cláudio Lopes de Paula, 28 anos - que se encontra em estado grave - e Francisco Edilson Torres Filho, 27 anos.

As outras vítimas são Carol Moreira Soares, 21 anos; Elinaria Aula Maciel da Silva, 20 anos; Tais Pereira Almeida, 20 anos; e Maria Eugênia da Silva, 67 anos. Todos se encontram em atendimento médico e nenhuma morte foi confirmada até o momento.

A colisão aconteceu no km 37 da BR 116, por volta das 6h30 da manhã, quando o carro de passeio colidiu violentamente com a traseira da carreta, que estava vazia, e ficou destruído. Partes da lataria, combustível, objetos pessoais dos passageiros e rastros de sangue ficaram pela pista.

O veículo chegou a pegar fogo, mas moradores controlaram as chamas. Eles denunciam que acidentes são comuns no local e reivindicam um redutor de velocidade. Polícia Rodoviária Federal, Samu e Corpo de Bombeiros foram acionados para socorrer as vítimas.

Em estado mais grave, o soldado Raimundo Cláudio Lopes de Paula precisou ser encaminhado primeiro para a UPA de Horizonte, por ter sofrido traumatismo crânio-encefálico. Os outros passageiros foram levados ao IJF pelo Samu.

Diário do Nordeste

Fiscal da propaganda eleitoral de Icó tem casa alvejada por disparos

O fiscal da propaganda eleitoral da 15° zona (Icó), Carlos Alberto dos Santos, 56, o 'Carlão', teve sua casa alvejada por disparos no início da noite de ontem (2). De acordo com a polícia, um desconhecido usando capacete, em uma moto de cor preta cuja placa não foi anotada, parou em frente a residência do fiscal por volta das 18h45 e efetuou pelo menos 6 tiros na fachada do local.

Carlos Alberto estava com seus familiares no interior da casa no momento da ação e, por pouco, ninguém foi atingido. O crime aconteceu a aproximadamente 400 metros do quartel da Polícia Militar (PM), na rua Cruzeiro, e, após o ato, o atirador fugiu em direção ao centro da cidade. Pouco tempo depois, a polícia esteve no local fazendo os primeiros levantamentos de praxe.

'Carlão' é conhecido por ser muito atuante em sua atividade, fiscalizando todos os partidos da campanha política de Icó. Ele já havia sido agredido moralmente e fisicamente por uma militante, quando fotografava uma carreata na cidade, e o fato já teria sido comunicado às autoridades responsáveis.

Segurança reforçada

O promotor de Justiça Renato Melo entrou em contato com o comando da PM do interior para trazer reforço policial para o município. Na manhã deste sábado (3), ele disse que o procurador regional eleitoral terá ciência dos fatos para apoiar o Ministério Público (MP) neste sentido.

Renato Melo acrescentou que será necessária uma rigorosa investigação policial para descobrir autores e mandantes da ação, assegurando que dará total apoio ao fiscal e seus familiares. O capitão Segisnaldo Medeiros, comandante do quartel da PM de Icó, colocará, a partir de hoje, mais viaturas e motopatrulhas nas ruas da cidade, visando inibir outras ações criminosas.

Diário do Nordeste

Assalto a mão armada é registrado na tarde dessa sexta (2) em Russas

Na tarde dessa sexta-feira (2), criminosos em uma moto, um deles armado, usando blusas pretas, trafegando em uma moto Honda Titan 150, cor vinho, surpreenderam um homem de 24 anos, próximo a fazenda agrícola, no Tabuleiro de Russas, zona rural da cidade, do qual tomaram de assalto um celular de marca LG, de cor branca, capacete de cor preta, e uma quantia aproximadamente de R$ 108,00 reais em espécie, em seguida fugiram tomando rumo ignorado.

De imediato o F.T.A. foi acionado, compareceu no local , no intuito de identificar e prender os elementos, mais contudo sem êxito.

Com Informações do 1ºBPM

Congresso legaliza pedaladas que usou como pretexto para derrubar Dilma. “Não tiveram nem o pudor de disfarçar”, diz professor

Fora Temer 1 de setembro





Foi sancionada e publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira (2) a Lei 13.332/2016, que flexibiliza as regras para abertura de créditos suplementares sem necessidade de autorização do Congresso. Crédito suplementar é um reforço a uma despesa já prevista na lei orçamentária.

A lei tem origem no Projeto do Congresso Nacional (PLN) 3/16, aprovado no Congresso em 23 de agosto.

O texto autoriza o governo a reforçar, por decreto, até 20% do valor de uma despesa (subtítulo, no jargão orçamentário) prevista no orçamento de 2016, mediante o cancelamento de 20% do valor de outra despesa.

Atualmente, o remanejamento entre subtítulos é restrito a 10% do valor da despesa cancelada, de acordo com a lei orçamentária (Lei 13.266/2016). O governo alega que a mudança torna a gestão orçamentária mais flexível, podendo priorizar com recursos ações mais adiantadas. Poderá haver, inclusive, o remanejamento de despesas com o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) – trecho que havia sido excluído na apreciação do projeto na Comissão Mista de Orçamento (CMO).

Outra mudança na lei orçamentária aprovada é a possibilidade de o governo cancelar recursos incluídos por emendas coletivas do Congresso Nacional, exceto as de execução obrigatória previstas na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), e direcionar os recursos para outras áreas de seu interesse.

“Não tiveram nem o pudor de disfarçar”, diz Ricardo Lodi, professor de Direito da UERJ

Em sua conta no Facebook, Ricardo Lodi, professor de Direito da UERJ que integrou a defesa da presidente Dilma Rousseff no processo de impeachment, chamou atenção para a rapidez com que o Congresso tornou lícito o mesmo procedimento responsável por destituir a petista do cargo de Presidente da República.

“O fundamento da acusação no processo de impeachment, adotada pela Câmara e pelo Senado, era que a abertura de créditos suplementares com base no superávit financeiro dos exercícios anteriores constituía automaticamente a violação da meta primária, o que foi refutado pela defesa, o que foi considerado um atentado à Constituição.

Este foi um dos principais fundamentos da condenação da Presidente Dilma. Agora, a Lei n. 13.332/16, publicado hoje, que altera o inciso XXXII do art. 4. da lei de orçamento, legitima expressamente essa prática.

Ou seja, o Congresso Nacional, que nunca considerou as condutas supostamente praticadas pela Presidente Dilma como ilícitas, encerrado o processo de impeachment, passa a considerar tal conduta como absolutamente legitimada.

Ou seja, até ontem consideravam crime, hoje é uma conduta admitida. Isso confirma o que eu disse no sábado no Senado. A conduta não era ilícita antes e nem seria depois. Só foi considerada crime para a aprovação do impeachment. Não tiveram nem o pudor de disfarçar”, comentou Ricardo Lodi.

Jornal do Brasil

Dois senadores pró-impeachment admitem: não houve crime de Dilma


Acir Gurgacz (PDT/RO) e Telmário Mota (PDT-RR), sugerido por Franco Atirador

Bandidos roubam moto e abandonam outra no local do crime em Russas


A Polícia Militar registrou o roubo de uma motocicleta na tarde desta sexta-feira (2), na entrada da comunidade de João Teixeira, Tabuleiro de Russas, zona rural da cidade.

A vítima, um jovem de 19 anos, informou a PM que dois indivíduos desconhecidos, armados de revólveres, se aproximaram e anunciaram o assalto, levando sua moto Bros NXR ESD 160, de placa PDH -6763, Cabrobó/PE, ano/mod 2015, cor preta, e um celular de marca LG de cor branca.

Após a ação, os criminosos fugiram tomando destino da comunidade de Jardim São José, zona rural de Russas/CE, mas no local acabaram abandonando uma Bros NXR 150 ES, de cor preta , ano/mod 2011, placa OCS 4850, também fruto de roubo.

A motocicleta abandonada foi encaminhada para a Delegacia de Polícia Civil de Russas, para serem feitos os devidos procedimentos cabíveis.

Com Informações do 1ºBPM