-->

13 de julho de 2016

Mulher é presa após agredir assistente social com “cadeirada” dentro de hospital


Quixeramobim. Uma mulher que trabalha como doméstica foi presa depois de agredir com uma “cadeirada” uma assistente social. A agressão aconteceu em meio a uma discussão dentro do Hospital Regional Doutor Pontes Neto. A Polícia foi acionada ao local e a agressora foi presa.

O fato aconteceu na tarde da última terça-feira (12). Francisca Odília da Silva Tavares, de 48 anos, teria jogado uma cadeira contra uma assistente social sete anos mais velha do que ela. A vítima chegou a ser ferida na mão.

De acordo com informações de populares que entraram em contato com o blog através do WhatsApp, a agressora aguardava atendimento quando uma discussão se iniciou.

Francisca Odília foi levada para a Delegacia Regional de Polícia Civil (DRPC) de Quixadá. A vítima da agressão passa bem.

Outro
Nas últimas 24 horas, o plantão policial em Quixeramobim registrou também um assalto contra uma loja de artigos tecnológicos, que funciona como correspondente autorizado do Banco Bradesco.

De acordo com as informações da Polícia, dois homens armados invadiram a loja, que fica na rua Monsenhor Salviano Pinto, e anunciaram o roubo. A proprietária da loja informou aos policiais que os homens chegaram em uma moto.

A quantia levada não foi divulgada.

Diário do Nordeste

450 celulares são apreendidos dentro de presídio durante vistoria


Uma vistoria realizada pela Secretaria de Justiça e Cidadania do Estado (Sejus) apreendeu 450 celulares na unidade prisional Agente Luciano Andrade Lima (CPPL 1), em Itaitinga. Além dos aparelhos de comunicação, foram apreendidos três quilos de droga e carregadores de celular.

O trabalho de varredura no complexo prisional é feito desde a segunda-feira (11) pelos agentes penitenciários, com apoio da Polícia Militar. O total de objetos apreendidos deve ser maior do que já sinalizado pela Sejus, pois a vistoria continua nesta terça-feira (12).

Há um mês, o Tribuna do Ceará denunciou o uso de aparelhos celulares dentro de unidades prisionais do Ceará. Um vídeo compartilhados nas redes sociais mostrava presidiários da Unidade Prisional Desembargador Adalberto de Oliveira Barros Leal, conhecida como “Carrapicho”, no município de Caucaia, fazendo festa e tirando “selfies” dentro de celas do presídio.

Dois dias depois, um novo vídeo foi divulgado, mostrando presidiários usando álcool e drogas e dançando ao som da música “Camarote” do cantor de forró Wesley Safadão. Também já houve denúncias sobre golpes aplicados por telefone a partir de ligações dentro dos presídios.

Legislação

Conforme a legislação, auxiliar ou facilitar a entrada de aparelho telefônico em unidades prisionais é crime, sujeito a pena que varia entre três meses e um ano de detenção. Mesmo sendo contra as normas, é constante o uso de celulares.

Lei dos bloqueadores

No Ceará, um projeto de lei de autoria do Governador Camilo Santana (PT) tenta evitar a entrada desses dispositivos em presídios através do bloqueio de sinal. Apesar disso, a lei ainda não está em vigor e aguarda uma regulamentação, que já está sendo feita pela Secretaria de Justiça do Ceará (Sejus). A medida tenta impedir que criminosos dentro de presídios continuem realizando crimes e ordenando ações criminosas por meio de telefones celulares dentro das unidades.

Em resposta a um possível bloqueio de sinal, diversos ataques e ameaças foram feitas por criminosos. Após a aprovação do projeto de lei, várias delegacias de Fortaleza foram atacadas.

Crise

Desde 21 de maio, o sistema penitenciário no Ceará passa por crise intensa desde que os agentes penitenciários entraram em greve por menos de 24 horas. A série de rebeliões já resultou em dezenas de mortes. O governador Camilo Santana pediu reforço da Força Nacional, mas a tropa deixou o Estado dias antes da previsão, 15 de julho, após ser convocada para o treinamento das Olimpíadas 2016.

Tribuna do Ceará

Casal é atropelado ao tentar fugir de assaltantes


Um casal foi atropelado por uma motocicleta ao tentar fugir de um assalto no Bairro Parque Manibura, em Fortaleza. A ação, que ocorreu na tarde de quarta-feira (6), foi registrada por câmeras de segurança de um condomínio na Avenida José Leon.

Nas imagens que foram enviadas ao G1 é possível ver dois suspeitos em uma moto abordando o casal que seguia pela calçada. O homem tentou fugir puxando a mulher, mas os dois acabam sendo atropelados por uma motocicleta que seguia na avenida.

O motociclista cai e outros carros que seguiam pela via também param por conta do atropelamento. Após o acidente, os dois criminosos fogem sem conseguir levar nada.

Moradores da região reclamam que são constantes os assaltos no bairro. As pessoas pedem um reforço no policiamento da área.
Policiamento

A Polícia Militar (PM) informou que o policiamento no bairro é realizado por viaturas do Ronda do Quarteirão e Policiamento Ostensivo Geral (POG). A PM acrescentou que vai intensificar as abordagens na região para tentar inibir as ações criminosas.


A polícia orientou também que as vítimas de assaltos devem registrar boletins de ocorrências para que os pontos mais perigosos sejam mapeados na cidade.

G1/CE

Publicado edital do concurso com 4.200 vagas para a Polícia Militar do Ceará


O edital do concurso público para a Polícia Militar foi publicado, nesta terça-feira (12), no Diário Oficial do Estado. O certame oferta 4.200 vagas, sendo 3.990 para homens e 210 para mulheres. Os aprovados devem ser convocados até o fim de 2018. A remuneração inicial para o posto é de R$ 3.134,58.

As inscrições poderão ser efetuadas no site do Instituto AOCP, organizador do certame, ou de forma presencial, para aqueles que não têm acesso a internet. No site, as inscrições estarão abertas no próximo dia 22 e seguem até 22 de agosto. A presencial poderá ser realizada na Rua Barão do Rio Branco, nº1071, Sala 923 – Ed. Lobrás, das 8h às 12h e das 13h às 17h, de segunda a sexta-feira, exceto feriados, do dia 22 de julho ao dia 23 de agosto.

>Veja o edital

A taxa de inscrição custa R$ 100. Já a data prevista para realização da primeira fase do certame é o dia 25 de setembro. O concurso terá validade de dois anos a partir da homologação do resultado. Conforme o edital, serão convocados até 1.400 aprovados em 2016, até 1.400 em 2017 e até 1.400 em 2018. 

A primeira etapa do certame consiste de prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório. A segunda fase constará de exames médico-odontológico, biométrico e toxicológico (inspeção de saúde), de caráter eliminatório. Já a terceira será o Curso de Formação Profissional, de caráter classificatório e eliminatório, que terá avaliação psicológica, de capacidade física, investigação social e avaliação de verificação de aprendizagem.

Para concorrer é necessário possuir ensino médio concluído, idade de 18 a 30 anos e altura mínima de 1,62m para homens e 1,57 para mulheres. A remuneração inicial para o posto é de R$ 3.134,58. Os 4,2 mil novos soldados representam acréscimo de 26,08% ao efetivo atual da PM.

O governador Camilo Santana prometeu, no último sábado (9), que o edital seria lançado nesta terça. Ao lançar a 2ª Unidade Integrada de Segurança 2 (Uniseg2), o chefe do executivo estadual disse: "estou lançando no dia 12 novo concurso da Polícia Militar com mais 4.200 homens. Estou chamando a primeira turma da Polícia Civil agora em agosto. São 750 homens que nós vamos chamar até janeiro de 2017. Isso para exatamente poder criar delegacias 24h, portanto preciso de mais efetivos, de mais equipamentos e de um planejamento e um cronograma de investimentos que estamos fazendo na Capital".

Serviço

Inscrições pela internet: site do Instituto AOCP, entre 22 de julho e 22 de agosto
Incrições presencial:  Rua Barão do Rio Branco, nº1071, Sala 923 – Ed. Lobrás, das 8h às 12h e das 13h às 17h, de segunda a sexta-feira, exceto feriados, do dia 22/07/2016 ao dia 23/08/2016
Taxa de inscrição: R$ 100
Data da primeira fase: 25 de setembro
Número de vagas: 4.200 

Validade do concurso:  2 anos

Diário do Nordeste