-->

3 de julho de 2018

Guerrero retorna ao Flamengo


atacante Guerrero

O Flamengo se reapresentou no CT do Ninho do Urubu, no Rio de Janeiro, nessa segunda-feira, com novidades e uma ausência. O volante Jonas e o centroavante peruano Guerrero, ambos com futuro indefinido, voltaram aos treinos normalmente com os demais companheiros.

Já o lateral-esquerdo Miguel Trauco, outro jogador do Peru, não apareceu para os trabalhos com o restante dos jogadores e sem sequer justificou a sua ausência.

Miguel Trauco, que, assim como Guerrero, defendeu a seleção de seu país na Copa do Mundo da Rússia - a seleção foi eliminada na primeira fase do torneio - chegou a dizer em uma entrevista durante o Mundial que não estava satisfeito no Rio de Janeiro e gostaria de deixar o clube. O Flamengo irá punir o jogador por sua ausência.

Continuidade

Guerrero veio de Lima à capital fluminense na noite do último domingo. O atacante peruano tem contrato com o time rubro-negro até o dia 10 de agosto e a sua continuidade ainda é incerta. Ele fez apenas três jogos pela equipe rubro-negra neste ano em razão da suspensão por doping.

Nessa segunda-feira, fez trabalhos específicos com o preparador físico Fábio Eiras e correu ao redor do campo ao lado do volante Willian Arão, que se recupera de lesão.

Apesar de o presidente Eduardo Bandeira de Mello manifestar a vontade de manter o atacante peruano no elenco, por enquanto não há um acordo para a prorrogação do vínculo do atleta. Em meio a essa incerteza, a diretoria foi às compras e trouxe o colombiano Fernando Uribe para reforçar a posição, que conta ainda com Henrique Dourado e o jovem Lincoln como opções.

Já Jonas, que aparece ao lado de Guerrero em imagem divulgada pelo clube nas redes sociais, está negociando com o Al-Ittihad, da Arábia Saudita.

Enquanto o Flamengo não receber o dinheiro da transferência do jogador, ele segue a sua rotina normal de treinos.

Red; DN