-->

20 de janeiro de 2017

Temer pode indicar novo ministro somente após Cármen Lúcia redefinir relatoria da Lava Jato

Manobra preservaria o peemedebista da suspeita de tentar atrapalhar andamento das investigações e preservaria indicado.


O presidente Michel Temer (PMDB) afirmou a auxiliares, segundo o jornal Estadão, que o cenário ideal para o Palácio do Planalto seria indicar o substituto do ministro so Supremo Tribunal Federal Teori Zavascki, morto em acidente aérea na quinta-feira (19), após a presidente da Corte, ministra Cármen Lúcia, definir novo relator para os processos da operação Lava Jato.

Com a escolha de um novo relator entre os atuais ministros do STF, a indicação de Temer ocorreria longe dos holofotes da Lava Jato, deixando o presidente mais "confortável" na definição do nome. Desta forma, o indicado também seria preservado de eventuais suspeitas de interferência de Temer no andamento das investigações e, sobretudo, da homologação da delação da Odebrecht.

Fonte Ceara News