-->

20 de agosto de 2015

Adolescente flagrado com drogas debocha da própria apreensão. Ele já foi detido nove vezes pela Polícia

Ele riu, debochou da sua própria apreensão e mandou recadinhos para os comparsas. Este foi o comportamento de um adolescente de 16 anos ao ser apreendido - pela nova vez - pela Polícia Militar sob a acusação de tráfico de drogas. Na casa dele, na periferia de Fortaleza, policiais do Comando Tático Motorizado (Cotam) do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque), encontraram vários tijolos de maconha prensada, enterrados no quintal.

O adolescente foi apreendido pela nona vez. Estava solto há apenas duas semanas, depois de ser apreendido por comandar um assalto a ônibus em Fortaleza.  Com um “rosário”  de entradas na Delegacia da Criança e do Adolescente, o garoto disse aos PMs que não mais se importa em ser “preso ou estar solto.

A mais recente detenção do menor infrator foi diferente. Ao invés de ser apanhado no cometimento de crimes nas ruas, ele foi apreendido dentro de casa, na Rua Bulgária, no bairro Vila Manuel Sátiro. 

Agentes do Serviço de Inteligência do BPChoque haviam realizado uma investigação sigilosa sobre o tráfico de drogas no bairro e descobriram que o menor escondia o carregamento de maconha prensada - cerca de três quilos da droga - dentro da residência. A mãe dele disse que não sabia de nada e acreditada que, após oito vezes apreendido, ele iria se recuperar.

Retornar
Ao entrar na residência os policiais do Cotam, patrulha CT-4029, comandada pelo cabo Lima, e composta ainda pelos soldados Zimmermann, Costa e Gadelha,  encontraram o adolescente no quintal, onde ele tinha acabado de enterrar o carregamento de maconha prensada.

Sem nenhuma cerimônia, o garoto contou para os policiais que tinha passado 45 dias “preso” por assaltar  um ônibus com seus comparsas.  Saiu do centro educacional há 15 dias e agora vai voltar por conta do tráfico. 

Blog do Fernando Ribeiro