-->

24 de outubro de 2019

Brasil aciona Venezuela na OEA para explicar sobre o Óleo que atinge o Nordeste


O Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, fez um pronunciamento na noite de hoje (23) em rede de televisão e rádio no qual afirmou que o governo vem monitorando o litoral desde que as primeiras manchas de óleo surgiram da costa. Segundo o ministro o óleo coletado foi analisado e a conclusão é que não foi extraído do território nacional; a origem é venezuelana. E o presidente determinou que fosse encaminhada solicitação formal à Organização dos Estados Americanos (OEA) para que a Venezuela se manifeste sobre o material coletado, informa a EBC.


“Esse processo investigativo tem como principal objetivo determinar as causas e origens desse óleo e, com isso, não apenas fazer cessar o seu aparecimento no litoral brasileiro, mas também obter informações que nos permitam responsabilizar aqueles que tenham contribuído para esse desastre ambiental”, disse o ministro no pronunciamento.

Salles afirmou ainda que o Grupo de Acompanhamento e Avaliação, composto pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustível (ANP) e Marinha está com ações para a retirada do óleo encontrado nas praias em 2 mil quilômetros de costa entre Maranhão e da Bahia. Há salas de controle de comando e controle, nas cidades de Salvador e Recife, que contam com a participação dos órgãos federais e de órgãos estaduais e municipais.

Foram criadas ainda barreiras físicas e utilizados produtos bioquímicos, mas que segundo o governo não obtiveram os resultados pretendidos. Por isso, o efetivo utilizado nas ações foi ampliado em 1.500 pessoas, num total de 5 mil profissionais. As causas e origens do incidente estão sendo investigadas pela Marinha, Guardas Costeiras estrangeiras e Polícia Federal.”

(R.Curitiba)


BOMBA: Professor estupra garoto de 9 anos na sala de aula em Sobral

Acompanhe o relato de uma avó que teve seu neto, de nove anos, estuprado dentro de uma sala de aula e está desamparada. O garoto precisa passar por uma operação, pois perdeu o controle do esfíncter após o abuso sexual, que se deu de forma contínua. A família, que mora num bairro pobre de Sobral, não tem recursos para bancar a cirurgia.
Depois do caso de estupro de uma criança de três anos em uma creche de Sobral, na semana passada, outro caso chocante também ocorreu no ambiente escolar. Desta vez, o criminoso era o próprio professor. Um garoto de nove anos foi seguidamente estuprado dentro de uma sala de aula no bairro Sumaré. O agressor usava da força física e de ameaças para submeter a criança aos seus desejos sexuais.

Segundo relato de Isabel Teles, avó que detém a guarda do neto, o garoto contou que o estuprador usava um revólver e um brasão do Conselho Tutelar. A carteira era usada para ameaçar tirar o menino da guarda da avó.

O caso ocorreu em junho, na Escola José Parente Prado, no Sumaré. A avó tomou conhecimento do caso quando a criança começou a defecar nas calças. Ao investigar, garoto contou o caso. Além do trauma psicológico, a criança perdeu o controle do esfíncter, e com frequência suja a roupa com os excrementos. “Ele passou a comer menos, pois sabe que não controla os intestinos”, disse a avó.

Sobral 24 horas
Blog;  Erivando Lima

Energia: cobrar imposto do sol é pecado mortal

Os técnicos da Aneel consideram que a minoria autogeradora é subsidiada pela maioria que consome a energia das distribuidoras.

No próximo dia 7 de novembro, em Brasília, a Agência Nacional de Energia (Aneel) promoverá audiência pública para ouvir queixas e sugestões sobre sua proposta de taxar a autogeração de energia solar de pessoas físicas e jurídicas.  

O Sindicato da Indústria de Energia do Ceará (Sindenergia), presidido pelo empresário Benildo Aguiar, está elaborando uma argumentação técnica que se oporá aos números já apresentados pela Aneel, segundo os quais, até 2035, a autogeração causará um prejuízo de R$ 30 bilhões às distribuidoras de energia de todo o País, incluindo a Enel no Ceará. 

Segundo a Aneel, esse prejuízo será causado pelas pessoas físicas e jurídicas que geram sua própria energia e usam o excedente (a geração distribuída) como compensação. 

Os técnicos da Aneel consideram que a minoria autogeradora é subsidiada pela maioria que consome a energia das distribuidoras..   

O engenheiro Adão Linhares, secretário-adjunto da Secretaria de Infraestrutura do Governo do Ceará, está contra a pretensão da Aneel.

“Esse cálculo e essa conta feitos pela Aneel não existem, pois não tem como mostra-los racionalmente”, afirma Linhares, percorrendo a mesma trilha de raciocínio da Associação Brasileira de Energia Solar (Absolar), radicalmente contra a ideia da Aneel. 

Na prática, a Aneel quer cobrar imposto do sol, uma criação de Deus para gratuito usufruto da humanidade. O que quer fazer a Aneel é  pecado mortal. 

Obs; Erivando Lima; O que falta acontecer mais nesse pais. E como se o cidadão fosse obrigado a usar a usar a energia produzida por essa empresa ENEL, E uma falta de respeito muito grande com o co sumidor. 


Red; DN

Blog; Erivando Lima;


Russas CE plantão policial


FORTIM ACIDENTE DE TRÂNSITO

CE-123 em Fortim, ocorreu um acidente de trânsito, JOSÉ ARTHUR DA COSTA, conduzia uma Moto Biz preta, tendo como garupeiro, JOSÉ ELIÉSIO PACHECO, quando colidiu com uma caminhonete Frontier prata, conduzida por JOSÉ RINALDO DOS SANTOS. Devido ao acidente o condutor e passageiro da motocicleta sofreram várias lesões pelo corpo, sendo socorridos para o hospital local.


ARACATI TCO POR POSSE DE DROGAS

Na Comunidade de Pontal do Cajuí em Aracati, JOÃO CARLOS DA COSTA RODRIGUES, foi abordado pela polícia, onde foi flagrado com 03 (três) cigarros de maconha. Diante das circunstâncias foi conduzido a Delegacia de Aracati, para os procedimentos legais.


QUIXERÉ DESCUMPRIMENTO DE MEDIDA PROTETIVA

No centro da cidade de Quixeré, JOSÉ DE ARIMATÉIA GUIMARÃES, foi conduzido para DPC em Russas, por descumprir medida protetiva oriunda da comarca de Quixeré. O mesmo estava se aproximando e perturbando uma senhora de 46 anos seu trabalho, onde foi estabelecido em medida protetiva que o acusado teria que estabelecer 300 metros de distância dela e seus familiares, vindo a descumprir essa determinação.

Blog; Erivando Lima