-->

25 de novembro de 2019

Polícia Civil cumpre novo mandado de prisão contra mototaxista suspeito de tramar morte de agente de trânsito em Sobral


Uma investigação da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio da Delegacia Municipal de Sobral, na Área Integrada de Segurança 14 (AIS 14) do Estado, concluiu que o mototaxista Jonathan Mouta (30), vulgo "Bodão", um dos envolvidos no homicídio do agente de trânsito Jackson Bezerra, ocorrido em julho deste ano, também é suspeito de uma tentativa de homicídio contra Vanielson Caetano de Lima, ocorrida no ano de 2016, em Sobral. Diante dos fatos, na sexta-feira (22), foi cumprido um mandado de prisão preventiva contra “Bodão”, que está temporariamente preso e à disposição da Justiça.


Em depoimento à polícia, a vítima Vanielson Caetano de Lima relata que, em março de 2016, o suspeito “Bodão” o confundiu com uma pessoa de alcunha “Isopor”, um desafeto de um grupo de mototaxistas do local, e por esse motivo foi abordado por vários mototaxistas quando estava em um bar, no bairro Alto do Cristo, em Sobral. Apesar de negar ser “Isopor” e ao tentar se defender das ameaças de agressão do grupo, Vanielson foi agredido por quatro homens e “Bodão” efetuou um disparo com arma de fogo, que lesionou a vítima. Em razão desse crime, “Bodão” foi autuado pela tentativa de homicídio. 

Histórico de crimes

No dia 06 deste mês, os policiais civis de Sobral capturaram "Bodão" e seus comparsas, os também mototaxistas, Alexandre Torres do Nascimento (30), vulgo “Peixe”, Carlos Cesar Vasconcelos Moreira Júnior (30) e Henrique Ferreira da Silva (23), todos sem antecedentes criminais. Os suspeitos estão envolvidos no homicídio do agente de trânsito Jackson Marques Bezerra (37), ocorrido na noite do dia 18 de julho deste ano. As investigações seguem no sentido de capturar um dos partícipes da ação criminosa que continua foragido. Trata-se de Marcos Felipe Araújo de Oliveira, vulgo “Chico” ou “Crateus”, que se encontra com mandado de prisão em aberto. 

Denúncias

A população pode contribuir repassando informações através número 181, o Disque Denúncia da SSPDS, e pelo Whatsapp da Delegacia de Sobral (88)99485-9554.

Sobral 24 horas