-->

30 de maio de 2019

Título do Fortaleza na Copa do Nordeste coroa década vitoriosa do futebol cearense

Carente de títulos, Estado do Ceará garante boas campanhas e ressurge no cenário nacional como protagonista


Wellington Paulista marcou o gol do Fortaleza nas duas partidas diante do Botafogo/PB

O título inédito do Fortaleza na Copa do Nordeste conquistado sobre o Botafogo/PB, nesta quarta-feira (29), é apenas o segundo de um clube cearense no torneio - o primeiro foi do Ceará, em 2015. A representatividade do Estado na galeria de troféus é pequena se comparada com os feitos de Pernambuco e Bahia, mas serve para coroar uma última década vitoriosa do futebol local no cenário nacional.

>Fortaleza vence Botafogo/PB e conquista título inédito da Copa do Nordeste
>Título do Fortaleza na Copa do Nordeste coroa década vitoriosa do futebol cearense
>Opinião: Fortaleza é campeão com justiça, e Ceni é o maior técnico da história do clube
>Relembre momentos marcantes do título do Fortaleza na Copa do Nordeste
>Torcedores do Fortaleza são atingidos por bomba e se envolvem em confusão na Paraíba
>Torcida do Fortaleza invade João Pessoa na decisão do Nordestão
>Veja como foi a vitória leonina lance a lance
>Gabriel Diniz é homenageado na final da Copa do Nordeste

Reconhecidos pela paixão do torcedor nas arquibancadas e grandes esquadrões que revelaram jogadores como Clodoaldo, Mota, Mozart, Sérgio Alves, entre tantos ídolos, o Ceará carece de mais títulos para se aproximar dos vizinhos da região. No entanto, a disparidade e o protagonismo têm mudado de contexto nos últimos 10 anos.

O primeiro título nacional cearense veio do Interior, com o Guarany de Sobral. Campeão da Série D do Brasileiro em 2010, o Bugre escreveu o nome na história como pioneiro ao vencer o América/AM na decisão. Durante a campanha, eliminou Santa Cruz e Sampaio Corrêa no mata-mata.

Red; DN