-->

14 de abril de 2018

Estrada do Peixe: Moradores organizam caravana para pedir agilidade ao governador



O governador Camilo Santana, ao lado do presidente da Assembleia legislativa, Zezinho Albuquerque, esteve no final da tarde desta quinta feira, 12,, no município de Tabuleiro do Norte, onde inaugurou a nova sede da Escola Estadual de Educação Profissional (EEEP) Avelino Magalhães.

Naquele município, o chefe do executivo não pode deixar de perceber a mobilização de dezenas de moradores da região do Distrito do Peixe, com faixas e cartazes, pedindo ao gestor agilidade na construção da estrada ligando a BR 116 a sede do distrito.

Entre as frases estampadas nas faixas, as palavras “Camilo nos acreditamos em você”, “Estrada do Peixe, mais que uma estrada, um sonho” e “Estrada do Peixe Já!’, os manifestantes não deixaram passar em branco a oportunidade e deixaram seu recado.

Camilo, nao se esquivou do apelo e com o microfone em punho, se comprometeu a avançar o procedimento para que a estrada da comunidade vire realidade. O anuncio foi aplaudido por todos.

A caravana foi organizada pelo vereador João Paulo Moreira e pela liderança comunitária Dino Gomes. Foi colocado um onibus a disposição para quem desejou participar da mobilização. Representantes das comunidades do Peixe, Lagoa dos Cavalos e Cipó, não perderam a oportunidade de pedir pessoalmente a Camilo Santana mais empenho para a realização do que eles consideram um sonho.

No retorno para casa, a sensação do dever cumprido e a certeza de que o exercício da cidadania deve ser sempre uma rotina, para aqueles que desejam uma sociedade melhor.

Blog Erivando Lima / imprensa do vale


General que planejou intervenção federal na segurança do RJ filia-se ao PSDB do Ceará



O General de Exército Guilherme Teophilo filiou-se ao PSDB do Ceará. Integrante do comando que planejou a intervenção federal na segurança do Rio de Janeiro, neste ano, ele ocupou os mais altos cargos no Exército Brasileiro, como o Comando Militar da Amazônia, o Comando Geral de Logística e o comando da 12ª Região Militar, como também a função de observador militar da ONU para a América Central.

Além da formação militar, Guilherme Theophilo tem graduação e pós-graduação na área de processamento de dados e engenharia de sistemas, tendo cursado MBA pela Fundação Getúlio Vargas, o que o credenciou a atuar em diversos setores e missões, como a segurança da Rio ECO 92, obras de transposição do Rio São Francisco, planejamento para a Copa 2014 e Olimpíadas 2016, e a administração de Pessoal do Exército, entre outros.

Blog Erivando Lima/ Roberto Moreira


Deputado Adail Carneiro entrega dessalinizador a comunidade de Jardim de São José em Russas CE


A imagem pode conter: 13 pessoas, incluindo Amarilio Ribeiro, pessoas sorrindo, pessoas em pé e noite

O deputado federal Adail Carneiro, esteve hoje sábado 14 de Abril, entregando  e inaugurando um novo dessalinizador na comunidade de Jardim de São José, o equipamento estava  quebrado a 1 ano, e, somente agora o problema foi resolvido através de um pedido feito ao deputado Adail Carneiro, que esteve na comunidade no dia 17 de Março e prometeu que até o final de Abril um  dessalinizador novo seria entregue fato esse que aconteceu bem antes do prazo prometido.
O deputado ainda anuciou que o dessalinizador que foi retirado do local estar sendo recuperado e será colocado na comunidade de poço redondo. estiveram presentes no evento 6 vereadores.
A imagem pode conter: 1 pessoa, árvore, casa, motocicleta, céu e atividades ao ar livre
Blog Erivando Lima


Colisão frontal entre motos deixa duas vítimas em Ipu; radialista voltava de missa


Amaury Taumaturgo

Amaury Taumaturgo era ex-colaborador do Diário do Nordeste; outro homem faleceu no acidente.

  Um acidente envolvendo duas motocicletas na CE-239, no bairro Pereiros, em Ipu, na Serra da Ibiapaba, deixou duas pessoas mortas e uma gravemente ferida, na noite da última sexta-feira (13). A colisão frontal entre os veículos vitimou o radialista Amaury Taumaturgo, de 54 anos, ex-colaborador do Diário do Nordeste.

Segundo colegas da Rádio Regional AM de Ipu, onde Amaury trabalhava atualmente apresentando o programa “Noite Total”, ele e a esposa voltavam de uma missa quando se envolveram no acidente. A segunda vítima foi um homem identificado como Saturnino, que pilotava a outra moto. 

A mulher do radialista, que estava na garupa, ficou gravemente ferida. Neise Campos foi socorrida para o Hospital Municipal de Ipu, e, em seguida, transferida para a Santa Casa de Misericórdia de Sobral. Conforme Markim Taumaturgo, primo de Amaury, ela já acordou e está consciente, mas segue realizando exames médicos, como tomografia, porque bateu a cabeça no asfalto e sangrou bastante.

Amaury será velado em Pires Ferreira, cidade vizinha a Ipu, na tarde deste sábado (14). Haverá uma missa na igreja Matriz e, em seguida, passagem pela Câmara Municipal da cidade. Depois, será sepultado em Ipu, onde nasceu.

O radialista também auxiliava Neise numa loja de produtos importados e num negócio de venda de bolos. "Ele era uma pessoa muito querida tanto pela família quanto pelo povo da cidade", resume Markim Taumaturgo. Nos programas matinais da rádio de Ipu e em redes sociais, amigos e ouvintes lamentam a perda do locutor. 

Red; DN


QUIXERÉ/CE PRISÃO EM FLAGRANTE - RECEPTAÇÃO


Dia 13/04/2018  por volta das 11 h 15 min, a equipe de policiais, em patrulhamento ostensivo pela Lagoinha/Quixeré, abordaram dois indivíduos em atitude suspeita em uma moto tipo Honda FAN 125, de placa NNZ-1546, a qual era pilotada por IRANILDO DO CARMO DE SOUZA, e na garupa estava o irmão deste, CARMO DE SOUZA SANTOS, onde quando foi feita a consulta de dados, a motocicleta tinha queixa de roubo. A composição supracitada conduziu os indivíduos presos para a Delegacia Regional de Russas, apresentando-o a Autoridade Policial, o Delegado Dr. Jose Bruno Oliveira Sampaio, que após a apresentação do material e a constatação da prática de ilícito penal, lavrou o Auto de Prisão em Flagrante pelo crime de receptação, previsto no art. 180, §1°, do Código Penal Brasileiro

Blog Erivando Lima



RUSSAS - CE APREENSÃO DE SOM POR PERTUBAÇÃO DO SOSSEGO ALHEIO –


Por volta de 03 h 10 min do dia 14 de Abril de 2018, fomos informados através de varias ligações de populares, dando conta de que no Terminal Rodoviário de Russas, havia um individuo causando perturbações e tirando o sossego da comunidade através de um som veicular. A equipe FTA  se deslocou ao local e constatou a veracidade do fato onde foi apreendido e conduzido a DRPC de Russas, um som tipo reboque, composto por 2 alto falantes graves, 2 alto falantes médios, 4 cornetas, 4 tuitas, 3 módulos, 2 baterias de caminhão, uma mesa de controle, e um toca Cd, de propriedade ANTONIO GEAN GALDINO,Profissão: motorista, residente na Rua Projetada, bairro Tabuleiro do Catavento Russas, Próximo ao Caic, para os procedimentos cabíveis. Foi conduzida para DRPC uma testemunha do fato.

Blog Erivando Lima



RUSSAS - CE ROUBO DE VEICULO


Ontem por volta de 02 h do dia 14 de Abril de 2018, na Travessa Gonçalves, foi vitima de roubo a pessoa de Ana Vitoria  solteira, natural de Sobral, residente na Ingá, zona rural de Russas. A vitima informa que estava trafegando no veiculo HONDA/CG150 FAN  Placa: PMX 2969, 2014, Cor: VERMELHA, quando foi abordada por um individuo a pé, trajando camisa preta, boné preto, short listrado, alto, forte, armado a revolver, e tomou a citada motocicleta, logo após tomando rumo ignorado. A CP2776está em diligencias.  

Blog Erivando Lima


– RUSSAS - CE MANDADO DE PRISÃO REALIZADO


Ontem por volta de 17 h do dia 13 de Abril de 2018, foi cumprido um mandado de prisão em desfavor de GERMANIO HERBERTH MARTINS FERREIRA 33 anos, natural de Russas, Civil: Solteiro, Profissão: Servente De Pedreiro, residente na Rua Joaquim Castro Meireles, bairro: Nossa Senhora De Fátima Russas,  a  equipe FTA realizou a abordagem ao mesmo na Rua Padre Raul Vieira, Russas, em frente a Farmácia Galeno, e conduziu o acusado para a DRPC de Russas para os procedimentos cabíveis.  

Blog Erivando Lima


75% do eleitorado do CE votarão com biometria


arte

TRE-CE pretendia bater a meta até o próximo dia 9 de maio, mas cadastrou 4,72 milhões de eleitores nesta sexta
Ainda falta quase um mês para o fechamento do cadastro eleitoral para quem pretende votar nas eleições deste ano, cujo prazo final é 9 de maio, mas o Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) alcançou, nesta sexta-feira (13), a meta de 75% do eleitorado do Estado apto a ir às urnas em outubro próximo com identificação biométrica.

O percentual, comemorado pela Justiça Eleitoral que, nos últimos meses, tem intensificado o atendimento ao eleitor em alguns municípios, corresponde a pouco mais de 4,72 milhões de cearenses, dentre 6,29 milhões de eleitores em todo o Ceará. Nas 129 cidades onde o voto biométrico já será obrigatório em 2018, porém, quem ainda não regularizou a situação junto ao TRE-CE tem até o dia 9 de maio para fazer o cadastramento.

Nos 55 municípios restantes - dos 184 do Estado -, incluindo Fortaleza, a biometria só será obrigatória em 2020. Até o fechamento do cadastro eleitoral deste ano, estão incluídos no processo revisional obrigatório 67 municípios, dentre eles Caucaia, segundo maior colégio eleitoral do Ceará, onde a Justiça Eleitoral também bateu a meta pretendida e contabiliza, atualmente, cerca de 85% do eleitorado com cadastro biométrico.

Antes dos municípios incluídos no ciclo revisional 2017-2018, o TRE-CE já havia registrado, após o fechamento do cadastro eleitoral das últimas eleições municipais, em maio de 2016, aproximadamente 2,19 milhões de eleitores biometrizados, o que correspondia a quase 35% do eleitorado do Estado. Com o atual ciclo, a cobertura mais que dobrou.

Lorena Belo, coordenadora de Administração do Cadastro Eleitoral do TRE-CE, informa que a Justiça Eleitoral pretendia atingir 75% do eleitorado do Estado com cadastramento biométrico até o dia 9 de maio, mas o alcance da meta, ainda ontem, foi motivo de comemoração no Tribunal.

Ela explica que, em processos de revisão do eleitorado como o que está em curso, é "impossível" não falar em redução do número de eleitores, mas faz avaliação positiva da meta alcançada. Segundo ela, em muitos municípios cearenses, o TRE-CE conseguiu ultrapassar 80% de cobertura do eleitorado com o cadastro biométrico.

Redução

"É impossível se falar em um processo de revisão do eleitorado sem que haja uma redução do eleitorado apto, mas a gente já trabalha com essa perspectiva", detalha. No montante de eleitores que não buscam a Justiça Eleitoral para fazer o cadastramento biométrico, estão incluídos, de acordo com Lorena Belo, aqueles que já não residem no município que têm como domicílio eleitoral, eleitores já falecidos que ainda têm cadastro no TRE-CE e, também, pessoas que, por abstenções nos últimos pleitos, demonstram desinteresse em participar do processo eleitoral. "Ao final desse processo, que a gente tem revisões de municípios que ainda vão ser homologadas, Caucaia é uma delas, vamos perceber uma diminuição do eleitorado", constata.

O ciclo 2017-2018 de biometria começou no dia 6 de fevereiro de 2017 e, ontem, a cobertura chegou a 75% do eleitorado do Ceará. A coordenadora da Administração do Cadastro Eleitoral do TRE-CE, contudo, explica que o percentual inclui não apenas os municípios onde o voto biométrico já é obrigatório neste ano, mas também aqueles que só devem estar incluídos no próximo ciclo revisional. Ela menciona que na Capital, por exemplo, embora o cadastramento biométrico não seja obrigatório neste ano, 45% do eleitorado já compareceram aos postos de atendimento do Tribunal para votar com biometria.

"Esses 75% se referem aos 129 municípios que já vão fazer as eleições com 100% de biometria, mas também à parcela do eleitorado dos outros municípios onde a biometria não é obrigatória e os eleitores já se anteciparam", ressalta. Em Caucaia, que teve de ter o prazo de cadastramento estendido para que a meta do TRE-CE no município fosse alcançada, já que lá a biometria é obrigatória para o pleito deste ano, Lorena Belo destaca que a cobertura ultrapassou 85% do eleitorado.

Cobertura

"Caucaia é o segundo maior eleitorado do Estado, tem uma média de 230 mil eleitores, e a gente não queria que o eleitorado de Caucaia ficasse abaixo dos 200 mil, que é a condição para que haja segundo turno nas eleições", afirmou. Mesmo que a Justiça Eleitoral tenha ultrapassado a marca de 200 mil pessoas cadastradas com biometria no município, segundo ela, quase 30 mil eleitores ainda não compareceram aos postos de atendimento para fazer o cadastramento biométrico. Os prazos estipulados pelo TRE-CE para o ciclo 2017-2018 já encerraram, mas, conforme salienta Lorena Belo, os eleitores ainda podem regularizar a situação até o próximo dia 9 de maio.

De acordo com o calendário eleitoral, definido pelo TSE, é este o último dia para o cidadão buscar serviços relacionados ao título eleitoral, como fazer o documento pela primeira vez, solicitar transferência de domicílio eleitoral, alterar dados, identificar pessoas com deficiência e, no caso de quem perdeu o prazo da biometria, regularizar a situação. Depois disso, nos municípios cearenses onde o voto biométrico será obrigatório neste ano, os eleitores que não comparecerem aos postos de atendimento até o fechamento do cadastro eleitoral terão os títulos de eleitor cancelados. "Esse cancelamento pode ser revertido após as eleições", pondera.

Os 55 municípios cearenses onde o voto biométrico ainda não será obrigatório neste ano, de acordo com a coordenadora da Administração do Cadastro Eleitoral do TRE-CE, devem ser incluídos em um novo ciclo revisional, a ser iniciado em fevereiro de 2019. A expectativa da Justiça Eleitoral é de que os prazos da revisão biométrica nas cidades restantes sejam encerrados em novembro do ano que vem. "A reabertura do cadastro acontece em novembro, a gente retoma o atendimento, e o ciclo normal de revisões a gente gosta de começar por volta de fevereiro (do ano seguinte às eleições)", detalha Lorena Belo.

Próximo ciclo

De acordo com o TRE-CE, o cadastramento biométrico no Ceará teve início em 2009 no Eusébio, quando 21.746 eleitores daquele município - o correspondente a apenas 0,47% do eleitorado cearense - passaram pela revisão. Já em 2013, também participaram do processo revisional por biometria os eleitores de Aquiraz, Sobral, Alcântaras, Forquilha, Juazeiro do Norte, Crateús e Ipaporanga. Juntos, perfizeram o total de 426.309 eleitores recadastrados, número que correspondia, àquela altura, a 6,80% do eleitorado do Ceará.

Ainda segundo a Justiça Eleitoral, após as eleições de 2014, diversos municípios iniciaram a coleta de dados biométricos. Tal cadastramento ocorreu em regime ordinário em algumas cidades, ou seja, o eleitor não tinha prazo para comparecer de forma obrigatória a uma unidade da Justiça Eleitoral, ou dentro de um processo de revisão de eleitorado. Neste último caso, o eleitor era obrigado a comparecer e a ausência causava cancelamento do título. No fechamento do cadastro eleitoral em 2016, a cobertura da biometria chegava a 35% dos eleitores cearenses.

Ao tratar dos critérios que determinaram quais municípios comporiam cada um dos ciclos revisionais realizados até agora, Lorena Belo esclarece que o TRE-CE buscou, ao longo do processo, regionalizar o cadastro. "Se você perceber no mapa do Estado, vai ver que a Região do Cariri, a Região Sul do Estado, já está toda finalizada. A gente leva em consideração também a estrutura dos municípios e o porte do eleitorado. Os municípios que estão ficando para o último ciclo apresentam, alguns deles, maior precariedade de estrutura", observa. Estes foram deixados para o ciclo final, justifica ela, para que a experiência adquirida pela Justiça Eleitoral desde o início do cadastramento motive um aperfeiçoamento do processo revisional "naqueles municípios que representam desafios".

Fique por dentro

12 locais de atendimento em Fortaleza

Em Fortaleza, embora o voto biométrico não seja obrigatório neste ano, o TRE-CE mantém 12 locais de atendimento ao eleitor até o fechamento do cadastro eleitoral. Quem ainda quer fazer o cadastramento biométrico pode agendar atendimento pelo telefone 148 e no site do Tribunal (www.Tre-ce.Jus.Br), ou mesmo já comparecer a um dos postos.

Além da Central de Atendimento ao Eleitor, na Praia de Iracema, e da Unidade Móvel do TRE-CE, na Cidade das Crianças, no Centro, é possível fazer o cadastro nos Vapt Vupts de Messejana e do Antônio Bezerra e no Centro de Cidadania e Direitos Humanos do Conjunto Ceará. Há, ainda, postos de atendimento nos shoppings Benfica, RioMar Fortaleza, RioMar Kennedy, Del Paseo, North Shopping Jóquei, Parangaba e Iguatemi.

Red;DN


Acordo entre Camilo e Eunício enfrenta resistência de aliados


a

O pedetista Ciro Gomes, presidenciável da sigla, diz que não aparecerá na fotografia de chapa de Camilo com Eunício
   Ciro Gomes (PDT), na quinta-feira, antes de falar para empresários cearenses, reportou-se ao episódio da União Pelo Ceará, de 1962, quando Virgílio Távora foi eleito governador do Estado pela primeira vez, para ressaltar suas reservas quanto a uma aliança, como se prenuncia, com o MDB do senador Eunício Oliveira, ainda adversário e desafeto dele, desde a eleição de 2014 vencida por Camilo Santana contra o próprio Eunício.

No início da década de 1960, os políticos que mais se digladiavam na política nacional, e consequentemente em todos os estados da federação, representando a UDN (União Democrática Nacional) e o PSD (Partido Social Democrático), se uniram no Ceará, aparentando ser, a coligação resultante do acordo deles, uma força invencível. E realmente não foi, pois teve uma baixa na disputa por vagas no Senado. Carlos Jereissati (PTB), como adversário, foi eleito senador, juntamente com o pessedista Wilson Gonçalves.

Para o presidenciável do PDT, ainda está muito recente a troca de insultos entre eles, por conta da eleição do governador Camilo Santana (PT), e da reeleição do prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT). Ele admite que o eleitorado pode repugnar a união dessas forças.

"No momento em que lhe falo, assentado em pesquisas, ainda não há naturalidade da percepção popular para isso". Na entrevista concedida ao repórter Miguel Martins, deste Diário do Nordeste, registrada na página seguinte desta edição, em outras palavras ele afirma que não será fotografado ao lado dos candidatos da chapa do petista Camilo com o emedebista Eunício.

Esdrúxulas

Não há a figura do impossível na política nacional. A irresignação de hoje do pedetista pode dar lugar, pelas conveniências do momento oportuno, ao consentimento aparente, e todos se confraternizarão nos palanques como se nada houvesse acontecido entre eles, embora, intimamente, todos tenham ressalvas a fazer sobre o comportamento futuro do outro, sem esquecerem do grande juiz que é o eleitor, o competente para dizer se quer ou não continuar experimentando situações esdrúxulas do tipo, sem que qualquer deles faça um mea culpa, pedindo perdão pelas trocas de aleivosias, ao longo de quase três anos, tempo do rompimento, quando o ex-governador Cid Gomes coordenava sua substituição e negou apoio para a postulação de Eunício.

No último sábado, neste espaço, nos reportamos aos muitos comentários e especulações a serem registrados até o período de realização das convenções partidárias, quando, oficialmente, serão efetivadas as coligações e candidaturas.

A chapa do governador Camilo Santana, com ou sem inclusão do senador Eunício Oliveira, por óbvias razões, será a maior geradora de fatos. Ciro, pelo exercício da sua liderança e da condição de candidato a presidente da República, terá poder de veto na formação da chapa majoritária da situação, acrescentando-se a essa sua condição o fato de não interessar ao seu grupo político, fortalecer Eunício para vir a ser, como no passado recente, potencial adversário após o próximo pleito eleitoral.

Musculatura

Foi no curso do seu mandato de senador, eleito com o apoio do grupo político dos irmãos Ciro e Cid Gomes, que Eunício adquiriu musculatura para enfrentá-los, tanto na campanha estadual seguinte à sua eleição de 2010, no caso em 2014, quanto na disputa pela Prefeitura de Fortaleza, em 2016, quando os dois irmãos empenharam todas as suas forças em favor da reeleição de Roberto Cláudio. A possibilidade de Eunício estar fortalecido em 2020 e 2022, as duas próximas disputas, municipais e estadual, também é um complicador para ser fechada a coligação entre o PDT, PT e MDB para a disputa deste ano.

Ainda lembrando eleições passadas, vale citar a de 1970, quando o governador César Cals, no exercício do cargo, indicou o à época deputado federal Edilson Távora para disputar a vaga de senador, na chapa com Adauto Bezerra, designado pela Revolução de 1964 para o Governo do Estado. Um dos três Coronéis que comandavam a política do Ceará, Virgílio Távora, discordou. Ausentou-se da campanha e Mauro Benevides, do original MDB, a única agremiação de oposição da época, muito pequeno realmente, conquistou o seu primeiro mandato de senador.

Participação

Os adversários do governador Camilo Santana e dos irmãos Ciro e Cid Gomes estão admitindo a reedição da eleição de 1970, embora, na verdade, ainda esteja longe de formatar a sua chapa majoritária deste ano.

Mesmo lançando os dois candidatos ao Senado, a oposição, pelos questionamentos que continuarão a ser feitos quanto à participação de Eunício na relação de candidatos governistas, pode optar por concentrar toda a sua mobilização para um só nome ao Senado, na tentativa de fragilizá-lo, posto a ser o motivo da frustração oposicionista por ter se afastado do grupo e se aliado ao Governo estadual.

O senador fez e continua fazendo um trabalho de sensibilização de antigos aliados, convictos adversários de todo o esquema governista no Estado, para continuar votando nele. Chegou a ter a garantia de apoio, mas a retomada de posição, com a articulação do senador Tasso Jereissati (PSDB), já se tem notícia de reversão do quadro, sob o argumento de que oposicionista não vota em candidato governista.

Último momento

Tanto oposição quanto Governo só tornarão públicas as suas chapas nos momentos antecedentes à realização das convenções, em julho. São estilos parecidos de tucanos e pedetistas, hoje representados por Ciro e Cid Gomes, de não anteciparem as indicações de candidatos. No último pleito estadual, os nomes de Camilo e de Mauro Filho, candidatos ao Governo e ao Senado, só foram conhecidos no último momento, ou seja, instantes antes da realização da convenção que homologou os nomes deles e dos candidatos proporcionais.

A surpresa da indicação do nome de Camilo, para disputar o Governo do Estado, inclusive, chegou a motivar insatisfações no grupo político de Cid, a partir de Zezinho Albuquerque, hoje presidente da Assembleia, e de Mauro Filho, ambos pretensos candidatos ao cargo. Eles chegaram até a recusar a oferta de disputarem a vaga de senador e de vice-governador, problema solucionado posteriormente.

Neste ano, a dúvida que persistirá no meio situacionista, até a realização da convenção, será a oficialização ou não da coligação com o MDB, hoje, apesar de todas as demonstrações de proximidade entre Camilo e Eunício, é motivo de inúmeros questionamentos nos ambientes mais reservados de governistas.

Red; DN


Aos 105 anos, Diva é a memória viva de Cariús



No último dia 8 de abril, foi comemorado o aniversário de 105 anos da professora Diva Targino
Cariús. Aos 105 anos, a professora primária Diva Targino Cavalcante é a memória viva dos acontecimentos que marcaram a história desta cidade, na região Centro-Sul cearense. Lúcida, sempre alegre e cheia de vida, encanta e cativa a todos. As histórias das secas, a formação de um dos maiores campos de concentração do Ceará, em 1932, o projeto de construção do Açude Poço dos Paus e o ramal ferroviário para Iguatu estão presentes na lembrança da docente. A narrativa desses fatos flui facilmente.

Nesta semana, houve a comemoração do aniversário de 105 anos de Diva Targino, no dia 8, com missa na Igreja Matriz de Nossa Senhora Auxiliadora e depois festa em família. "Dona Diva é uma pessoa muito querida e admirada pela simpatia, alegria, espontaneidade, um jeito meigo, e não apenas pela idade", frisou o padre, Iranildo Reis. "Sempre mostrou amor à vida, otimismo, a vontade de viver".

Diva Targino agradeceu os votos de felicitações dos moradores e a Deus, pelo dom da vida. "Estou muito feliz, que alegria", expressou. "Muito obrigada, meu Deus". E qual o segredo da longevidade? "Não casei, não tenho preocupação. Como de tudo e vivo o presente, não me prendo ao passado", afirmou. Após uma rápida gargalhada, ponderou. "Na verdade, não sei".

A sobrinha, Carmen Cavalcante, disse que a tia-avó não fica presa ao passado, mas vive o hoje. "Ela é atual e esse é o segredo de sua longevidade", frisou. Outra sobrinha, Viviane Ventura, destacou o espírito jovem da tia-avó. "Ela tem muito apreço pela vida, tem muita luz e irradia muita alegria", observou. "Quer continuar aqui com a gente por muito mais tempo".

As pessoas abraçam, beijam o rosto, a cabeça da professora. O jeito simples e alegre de ser é cativante. Crianças, adolescentes e idosos mostram admiração. "Fiz uma pesquisa com ela para a escola sobre o trem e a seca", disse o estudante Lucas Oliveira, 15. "A professora Diva é nosso patrimônio, é referência para a nossa história", pontuou o ex-prefeito, Jourdan Alencar.

Moradora de uma casa simples, na esquina da Praça da República, com Rua 1º de Maio, ao lado da Igreja Matriz, Diva Targino recebe visitas de alunos, amigos e amigas, universitários do Ceará e até de outros estados para entrevistas e pesquisas acadêmicas sobre os acontecimentos históricos que marcaram o século passado. Diva Targino foi pioneira em várias coisas: professora da Escola Reunida de Cariús (hoje Escola Adahil Barreto), primeira secretária da paróquia de Nossa Senhora Auxiliadora, madrinha do grupo de escoteiros mirins, idealizadora da gruta da Imaculada Conceição ao lado da igreja, incentivadora da arte e cultura, promotora de grupos de canto coral, canto orfeônico, teatro, dança e recitais poéticos.

Recentemente, ela enfrentou sérios problemas de saúde. Venceu uma pneumonia aguda, após ficar em estado muito grave. "Foi uma vitória da nossa guerreira", disse a médica Francineide Beserra Landim, ex-aluna da professora Diva. "Agora ela está bem". A médica mora em Crato, mas, por telefone, acompanha a recuperação da paciente-amiga. "Ela foi quem alfabetizou muitas crianças aqui em Cariús, era uma professora muito querida, admirada por todos".

Paciente e com talento ímpar de ensinar, Diva lecionou Português, História, Matemática (na época era Aritmética), Arte e Religião por mais de quatro décadas para as crianças da cidade. "É a nossa referência e incentiva as atividades artísticas", recorda a aposentada e ex-aluna, Francisca Roque. "Ainda me lembro dos ditados, da advertência, antes de 'p' e 'b' não se escreve 'n'".

Biografia

Diva Targino nasceu em Capistrano de Abreu (antigo Riachão) traz lembranças da infância e da adolescência que ficaram indeléveis. Em 1925, aos 12 anos, ela chegou a Cariús, na companhia do pai, Joaquim Targino Cavalcante, que foi atraído pelas notícias da construção de um grande açude no sertão cearense e instalou uma loja de tecidos. "Tinha um bom comércio e logo o lugar cresceu", contou. "Vieram muitas pessoas atraídas pela promessa de trabalho e foram construídos prédios, casas e aos sábados havia uma feira intensa".

Após a morte rápida do pai, Diva Targino, aos 12 anos, viveu em casa de parentes e de amigos da família, estudou e logo passou a ensinar particular e mais tarde ingressou como professora diplomada, lecionando por décadas. Vários de seus ex-alunos são formados, profissionais liberais e empresários. Um deles, Siqueira Campos, foi governador de Tocantins, e quase todos os anos faz questão de visitar a ex-professora. Na parede da sala, há diversas fotos com ex-alunos que a visitam com regularidade.

A professora aposentada costuma receber com simpatia as visitas em um alpendre, onde está instalada a cozinha da casa, na parte detrás. Há uma mesa sempre disposta com café, bolo e biscoitos. O pequeno quintal, com algumas fruteiras e roseiras, dá à residência um aspecto peculiar das cidades interioranas. O espaço é convidativo para uma boa conversa.

Ela morou um tempo no Sítio Timbaúba, zona rural de Assaré, localidade onde nasceu o pai e retornou a Cariús para ser a educadora dedicada, respeitada e admirada pelos moradores.

Centenário

Em abril de 2013, houve a comemoração do centenário da professora Diva Targino. O então governador de Tocantins, Siqueira Campos, fez a instalação provisória do governo em uma sessão realizada na Câmara Municipal de Cariús, em homenagem à professora. Ex-alunos e o governador na época do Ceará, Cid Gomes, participaram do evento.

Siqueira Campos é cearense de Cariús, exerceu quatro mandatos, como governador daquele Estado e, na infância, foi aluno da professora Diva Targino. "É uma admirável mulher, que estava à frente de seu tempo e com a força do amor e da dedicação, educou e transmitiu conhecimentos a muitas crianças e adolescentes", disse. Em homenagem à ex-professora, o governador outorgou a comenda Honra ao Mérito Tocantins.
O então governador Siqueira Campos trouxe um banner que destacava: "A namorada que sonhei". Indagado sobre o porquê da frase, recordou: "Era uma criança de dez, onze anos, e todo menino acaba se apaixonando pela professora. Tenho muitas boas lembranças da minha infância nesta cidade".

O então governador Cid Gomes lembrou que Diva tem origem no termo divina, forma sincopada. "É uma pessoa iluminada, cheia de energia positiva e que no primeiro olhar, no primeiro minuto, contagia", expressou. "A sua vida foi dedicada a transmitir o saber". Ele surpreendeu a todos ao anunciar o presente que daria à aniversariante e ao povo de Cariús. "Vou mandar construir a estrada que liga Cariús à CE-060, na localidade de Umarizeira. Fazer cem anos, merece uma celebração", disse à época. A rodovia é uma reivindicação antiga da comunidade e a obra está prestes a ser concluída. "O padre me chama para eu ir olhar, mas não fui, só quero ir quando terminar".

O diretor do Banco Mundial (Bird), Antônio Gomes Pereira, que mora em Washington, nos Estados Unidos, ex-aluno, observou: "Era uma professora completa, que se aproximava dos alunos, entendia as suas dificuldades e ensinava com amor".

Fique por dentro

Fatos lembrados pela professora centenária
Diva Targino recorda com precisão da formação do centro urbano, os seus principais acontecimentos. A expectativa era de um futuro de desenvolvimento, mas tudo mudou após o governo federal, em 1923, abandonar o projeto de construção do Açude Poço dos Paus, que teria a função de combater a seca, reduzir a fome e a mortalidade do sertanejo.

O crescimento do antigo Distrito Cariús está associado ao projeto do então presidente Epitácio Pessoa em construir o reservatório. Na época, foi instalado um ramal da ferrovia que havia chegado à cidade de Iguatu e partia em direção ao Sul do Ceará (Cariri). A Estrada de Ferro, inicialmente, impulsionou o progresso. Facilitou o transporte de material, máquinas importadas da Inglaterra e dos Estados Unidos, e de operários, que chegaram de várias cidades do Ceará e até de outros Estados.

Em 1915, houve intensa seca que resultou na morte de milhares de agricultores cearenses. "Em meio a essa tragédia, veio o projeto do açude para Cariús", observa a professora. A empresa inglesa Dwight P Robinson & Cia foi contratada pelo governo federal para executar as obras de barragem Poço dos Paus.

Em 1932, Cariús foi sede de um dos seis campos de concentração que barraram a ida de flagelados, retirantes da seca, para Fortaleza. "Eram tempos de muita fome, de muitas dificuldades", conta Diva Targino. "As pessoas queriam partir em busca de trabalho e comida e muitos morreram no caminho. Veio gente do Piauí, da Paraíba e de cidades do Ceará".

A cidade cresceu com a instalação de uma usina de beneficiamento de algodão e foi favorecida pela permanência do ramal ferroviário que continuava transportando carga e pessoas até a cidade de Iguatu. "Era simpático e agradável morar aqui. As casas construídas para os engenheiros eram altas, tinham alpendres, jardins e nas janelas, havia telas para não entrar mosquitos", lembra Diva.

Red; DN


Fortaleza: estreia que dá moral



Fortaleza tem largada positiva na Arena Castelão, ao vencer Guarani, com gol de falta do atacante Gustavo

   O cartão de visita do Fortaleza para o primeiro visitante na Série B do Campeonato Brasileiro foi devidamente apresentado, na noite de ontem na Arena Castelão, contra o Guarani/SP.

Com um gol de Gustavo, a um minuto do apito final, o Leão estreou com vitória na competição, pela qual lutou para participar durante oito longos anos. Os 2a1 sobre o Bugre Campineiro fizeram a torcida esquecer um pouco a perda do título estadual e focar em outro grande objetivo do ano, na Segunda Divisão.
A vitória no primeiro jogo da Série B serviu para o Leão viajar com o moral elevado para enfrentar o Boa Esporte, na próxima terça-feira (17), no Estádio Dilzon Melo, em Varginha (MG), pela segunda rodada.

A torcida tricolor e o time sentiram de perto como será difícil essa Série B, pelo nível de disputa. Não, propriamente, pela qualidade apresentava pelo Guarani, mas pelo aplicação tática do adversário, que veio para jogar todo atrás da linha da bola, esperando apenas um cochilo dos leoninos para conseguir um gol.


Red; Diário



Russas CE


AUXILIAR DE COZINHA
GERENTE COMERCIAL
VENDEDOR PORTA A PORTA
VENDEDOR PRACISTA
TÉC. EM MANUTENÇÃO DE ELETRODOMÉSTICOS

SINE/IDT de Russas  localizado à Av. Cel. Araújo Lima, 1458-A – Centro.   Atendimento - 08:00 às 14:00

Blog Erivando Lima