-->

12 de outubro de 2015

Polícia evita incêndio criminoso em ônibus no bairro Bela Vista


Homens não identificados pararam um ônibus e tentaram incendiar o veículo, enquanto ele cumpria rota na rua Espírito Santo, no bairro Bela Vista, em Fortaleza, por volta das 15h30min deste domingo, 11. A ação foi frustrada por uma viatura do Batalhão de Choque. Bilhete no coletivo indicava retaliação.

De acordo com o coronel Andrade de Mendonça, relações públicas da Polícia Militar, gasolina chegou a ser jogada no veículo, mas o incêndio não foi consumado porque uma viatura do Comando Tático Motorizado (Cotam), do Batalhão de Choque, passou na rua no momento. Embora a ação no ônibus tenha sido frustrada, os criminosos teriam ateado fogo em um terreno baldio próximo ao local. A fumaça tomou contas das ruas do bairro, incomodando os moradores do Bela Vista.

Viaturas do Corpo de Bombeiros estiveram no terreno e debelaram as chamas. A Polícia também está no local, mas a situação está "sob controle", afirma Andrade de Mendonça. A perícia vistoria o ônibus atacado.

Represália
Os responsáveis pelo ataque fugiram e, até o momento, não foram encontrados pela polícia. No coletivo, foi encontrado um bilhete afirmando que a ação foi uma represália a uma operação da Coordenadoria de Inteligência da Polícia Militar do Ceará (Coin), ocorrida na quinta-feira, 8, onde Wesley Sabino Gomes, de 16 anos, foi baleado e morto.

Conforme a PM, agentes da Coin verificavam uma denúncia, em viatura descaracterizada, quando sofreram uma tentativa de assalto e reagiram, trocando tiros com os criminosos. A Controladoria Geral de Disciplina (CGD) apura as circunstâncias da morte do adolescente.

Na sexta-feira, 9, moradores do bairro protestaram pela morte, bloqueando ruas com geladeiras, fogões velhos e troncos de árvores.

O POVO Online