-->

20 de setembro de 2015

Presos iniciam motim em delegacia "sem porta"

Detentos do 34º Distrito Policial (DP), no Centro, iniciaram um motim na manhã deste domingo, 20, na unidade. A confusão durou cerca de meia hora e teve início por volta das 9h.

De acordo com um dos funcionários da delegacia, que não quis ser identificado, o local está servindo como “presídio”, “sem ter estrutura física para isso”. Conforme o servidor contou ao O POVO Online, a delegacia está atualmente com 44 internos e funcionando, inclusive, "sem porta".

Os presos teriam iniciado o motim, batendo e ameaçando derrubar as grades, por conta da falta d’água (para banho) na unidade, explicou o policial.

Uma equipe da Unidade Tático Operacional (UTO) e do Comando Tático Motorizado (Cotam) estiveram no local para conter a confusão. Ainda segundo o funcionário, o problema técnico que causou a falta de água já foi resolvido e o abastecimento deve normalizar.

O policial lamenta a situação e a segurança dos que trabalham no local e explica que durante o plantão de 24 horas seis policiais, entre escrivães, delegados e inspetores, permanecem na unidade.

Fuga frustrada

Um detento de 25 anos tentou fugir do 2º Distrito Policial (DP), no bairro Aldeota, na noite deste sábado, 19. O preso serrou as grades, mas foi visto pelo policial através das câmeras de segurança da delegacia.

Outra tentativa de fuga foi frustada na noite do sábado, 19, dessa vez na Delegacia de Maranguape. De acordo com um inspetor que estava de plantão, e não quis se identificar, um detento foi flagrado enquanto serrava a grade com um objeto feito com parte de uma escova e uma chave.

Conforme o servidor, a grade já foi consertada e o preso continua na unidade. 

O POVO Online