-->

8 de setembro de 2015

Cobrando renúncia, dupla ameaça matar presidente do Icasa

O presidente do Icasa, Francisco Paes de Lira, éameaçado de morte por dois homens encapuzados em um vídeo que circula nas redes sociais. “A fita foi dada: 38 horas pra tu renunciar (sic) ao cargo. Se não, vai ser bala”, diz um deles. Veja o vídeo com as ameaças, repassado pelo Site Miséria.

O presidente do clube diz já ter tomado conhecimento das ameaças. Segundo ele, o vídeo não foi encaminhado diretamente a ele, mas sim a um grupo de torcedores. “É uma ameaça muito forte. O torcedor não pode decretar pena de morte de um presidente. Esses torcedores têm que repensar suas atitudes”, disse Francisco Paes de Lira.

Ele ainda afirma que estuda junto ao departamento jurídico do clube o registro de um boletim de ocorrência sobre o caso.

Renúncia

Visto a “difícil situação”, o presidente do clube diz “conversar” sobre a renúncia junto à diretoria e ao conselho deliberativo do clube. Uma decisão deve ser tomada ainda nessa terça-feira, 8, afirma Francisco Paes de Lira.

No vídeo, os ameaçadores acusam Francisco Paes de Lira de ter “afundado” o Icasa. Na Série C deste ano, o Icasa é o último colocado do grupo A, com apenas sete pontos conquistados em 15 jogos, campanha que, momentaneamente, rebaixa o time à Série D do Campeonato Brasileiro. A três rodadas do término da primeira fase da competição, o Icasa está a oito pontos de distância do Cuiabá, primeiro time fora da zona do rebaixamento. Caso o Cuiabá vença a sua próxima partida, o Icasa estará matematicamente rebaixado para a Quarta Divisão.

Nesse domingo, 6, o Verdão do Cariri foi derrotado por 4x1, em pleno estádio Romeirão, pelo Botafogo-PB. O próximo jogo do time na Série C é contra o Águia de Marabá, em Marabá, às 16 horas do domingo, 13.

O POVO Online