-->

24 de março de 2015

Fraude em contratos da Caixa no Ceará pode chegar a R$ 100 milhões

A Polícia Federal (PF) desarticulou hoje (24) um esquema milionário de fraudes, aplicado em quatro agências bancárias da Caixa Econômica Federal, em Fortaleza. Uma organização criminosa fraudava contratos de financiamentos e empréstimos usando documentos falsos e empresas de fachada. A princípio, o prejuízo causado pela quadrilha está calculado em R$ 20 milhões, mas há estimativas de que o rombo nos cofres da Caixa possa chegar a R$ 100 milhões. A operação conta com 150 policiais, que cumprem 56 mandados judiciais contra 31 acusados, entre empresários e servidores do banco.

As investigações constataram que o grupo criminoso começava as fraudes a partir da abertura de empresas de fachada, que eram beneficiadas com empréstimos bancários. Depois, falsificavam documentos para conseguir financiamentos. Aliado a isso, segundo o superintendente regional da PF no Ceará, Renato Casarini, os servidores envolvidos deixavam de verificar a documentação necessária para conceder as cartas de crédito, uma das instruções básicas de segurança da Caixa. 

“Eles ignoravam as regras de segurança e aprovavam a concessão do financiamento sem a apresentação das garantias legais. Algumas fraudes eram bem visíveis, e já haviam sido constatadas em auditoria da Caixa, e aí nós fomos chamados”, explicou.

(Com Agência Brasil).

Fonte: Ceará News