-->

9 de outubro de 2014

Sequestradores batem carro e vítima morre em porta-malas


Uma vítima de sequestro relâmpago morreu em um acidente após uma perseguição policial, na zona oeste de São Paulo, na noite de quarta-feira (8). Três criminosos ficaram feridos.

Policiais militares em patrulhamento pela região da favela do Ceasa desconfiaram de três ocupantes de um Ford Focus e deram ordem de parar.

A Polícia Militar disse que o motorista do carro acelerou e teve início uma perseguição pelas marginais Pinheiros e Tietê, onde os suspeitos bateram em ao menos quatro carros.

No km 14 da rodovia Anhanguera, o motorista perdeu o controle da direção e bateu o carro contra um poste.

Segundo a PM, os três suspeitos -um homem e dois adolescentes- desceram do carro atirando contra os militares, que revidaram. Uma adolescente de 15 anos foi atingida de raspão na barriga.

Durante a vistoria ao carro, os policiais encontraram o maquinista da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) Edcarlos Santana inconsciente no porta-malas. Segundo a major da PM, Dulcinéia Lopes de Oliveira, o resgate do Corpo de Bombeiros foi acionado, mas ele não resistiu aos ferimentos e morreu.

Os três suspeitos tiveram ferimentos leves e foram levados pelos bombeiros ao Hospital da Cachoeirinha. Eles disseram à polícia que o sequestro relâmpago começou em Osasco (Grande SP). A PM apreendeu com os suspeitos um revólver calibre 38 que foi levado ao 33º DP (Pirituba), onde o caso foi registrado.

Fonte: Folha de São Paulo