-->

24 de setembro de 2014

Mauro Filho defende que presos exerçam trabalhos dentro e fora de penitenciárias

O candidato ao Senado, Mauro Filho (Pros), disse em entrevistas ao Sistema Verdes Mares na manhã desta quarta-feira (24) que, caso seja eleito, defenderá uma Proposta de Emenda Constituicional (PEC) para que presos exerçam atividades de trabalho dentro e fora das penitenciárias do Brasil enquanto estiverem cumprindo as penas. 

O pleiteante defende que a atividade laboral deve ser exercida como retorno aos gastos que o Estado tem com presidiários. No caso dos trabalhos realizados fora de presídios, Mauro argumenta que existe tecnologia suficiente para monitorá-los e para evitar fugas. O canditato do Pros também propõe que as penas sejam reduzidas de acordo com os dias de atividades laborais exercidas pelos presos. 

O aliado de Camilo Santana, candidato ao Governo pelo PT, também afirma que irá viabilizar a implantação de três novas universidades federais no Ceará, algo que ele alega já está garantido após conversa dele com a presidente e candidata à reeleição, Dilma Rousseff (PT). Uma das instituições iria para região Norte do Estado e a outra para a região da Ibiapaba. A outra ainda segue sem destino definido, de acordo com ele. 

Fonte: Diário do Nordeste