-->

1 de julho de 2014

Liminar que permitiu candidatura de Ilário Marques é derrubada e ex-prefeito volta ao rol de fichas-sujas



O ex-prefeito de Quixadá, Ilário Marques, continua tendo que enfrentar as decisões da Justiça. Em 2012, o político teve seu registro de candidatura indeferido pelo Juiz da 6ª Zona Eleitoral, Dr. Fabiano Damasceno Maia.
Conforme decisão do magistrado, expedida naquele ano, “o candidato José Ilário Gonçalves Marques incidiu na cláusula de inelegibilidade, quando teve suas contas de gestão rejeitadas por irregularidades insanáveis configuradoras do ato doloso de improbidade administrativa.” A Lei da Ficha Limpa impedia, dessa forma, que Ilário concorresse no pleito eleitoral de 2012.
Os advogados do petista questionaram a decisão e uma liminar foi concedida a Ilário pelo STF, a partir do gabinete do Ministro Celso de Mello, suspendendo os efeitos da impugnação à sua candidatura aplicada pela 6ª Zona Eleitoral. A liminar permitiu que Ilário Marques continuasse com sua campanha, mas de nada adiantou. O então candidatoJoão Hudson Bezerra foi vitorioso nas urnas.
fonte Monólitos Post.