-->

1 de junho de 2014



Após uma trégua de três semanas, um novo homicídio foi registrado em Crato se constituindo no terceiro do mês de maio e o 16º do ano naquele município. Por volta das 19 horas desta sexta-feira, no Loteamento Conviver (Bairro Vila Lobo) em Crato, o adolescente Robson André Bezerra da Silva, de 17 anos, foi assassinado com seis tiros de revólver, sendo três no tórax e outros três no abdômen em um terreno baldio perto de sua casa.

Ele morava na Rua 03, número 51 (Conjunto Novo Horizonte) daquele bairro e, meia hora antes, equipes da FTA (Força Tática de Apoio) e do Ronda do Quarteirão já tinham intensificado diligências na área diante de denúncias sobre estampidos de arma de fogo, mas nada foi localizado. Depois, vieram as informações sobre um homicídio quando os Soldados Flávio Ribeiro, Ismael e Isac do Ronda retornaram ao local.

Segundo familiares da vítima, Robson vinha sofrendo ameaças de morte mas estes não mencionaram os motivos e nem os autores. Disseram apenas que o rapaz pouco estava saindo de casa por conta da situação. Momentos antes do crime, ele tinha recebido uma ligação telefônica e foi até o terreno baldio no Loteamento Conviver, onde terminou sendo executado. Já a polícia informou sobre o registro de dois procedimentos em nome da vítima como testemunha de homicídio e de um estupro.

O último assassinato em Crato aconteceu no dia 8 de maio quando Damião Ferreira dos Santos, de 38 anos, chegava em sua casa na Rua 1, número 248 do mesmo conjunto onde Robson morava, e foi surpreendido pelos disparos que partiram do interior de um carro. Ele tombou morto em frente à sua residência, enquanto os algozes fugiram em alta velocidade no veículo após efetuarem oito tiros que culminaram com a morte de Damião.

Miséria