-->

18 de março de 2014

Precarização de transporte público revolta população de Juazeiro


Muitas são as reclamações dos juazeirenses quando se fala em transporte público. Entre as mais frequentes estão os atrasos, a condição precária dos ônibus e a superlotação, que ocorre independente de os coletivos estarem circulando no horário de pico ou em fluxo normal. 
A situação revolta os passageiros, que se dizem prejudicados principalmente pela necessidade dos ônibus para se deslocar até o trabalho. A atendente de farmácia, Cleide Soares, conta que, mesmo acordando muito cedo, sempre chega atrasada no emprego. 
Ela reside no bairro Novo Juazeiro, em que apenas empresa Lobo é detentora da rota. Segundo a passageira, o ônibus demora a chegar ao seu ponto e quando vem está lotado ou superlota rapidamente. “Com tanta gente para subir e descer, eu sempre chego atrasada no trabalho, que fica no centro da cidade”, relata.  Créditos ao blog Ceará News.